Arrow

Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

As séries baseadas em quadrinhos estão de volta! Primeiro veio Agentes da SHIELD, Flash, iZombie e agora Arrow. A temporada anterior foi considerada decepcionante por muitos espectadores e as promessas de novos rumos, identidades, vilões e equipe fizeram as expectativas dos fãs crescerem.

Veja também: The Flash | Review do episódio 2×01 – “The Man Who Saved Central City”

A nova temporada, assim como em Flash, inicia 6 meses após o final da anterior. Oliver e Felicity estão morando juntos e dividindo uma vida monótona. Starling City foi rebatizada para Star City, uma nova gangue está aterrorizando o lugar e o time Arrow trabalha arduamente para detê-los – ou devíamos chamar de time Diggle?

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Após o afastamento de Oliver, Diggle assumiu o comando e, ao lado de Speedy (nunca vou chamá-la de Ricardita, malz ae) e Canário Negro, luta pela paz da cidade. Se anteriormente vimos a Canário Negro passar por muita dificuldade, agora temos cenas incríveis com ela. Determinada, forte e estrategista, Dinah Laurel Lance ainda tem a mesma postura da 3ª temporada: não aceita nada de cabeça abaixada e vai atrás do que acha certo, mesmo que seu pai e Diggle não concordem. Eu amo essa Laurel decidida e empoderada.

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Thea não fica para trás, mostrando que o treinamento que recebeu de Malcolm Merlyn é de grande valor no papel que desempenha agora. Além disso, o seu manuseio de arco e flecha está imbatível e sua personalidade está divertida. Após passar por tanta tristeza, depressão e sofrimento durante as temporadas anteriores, Thea aprendeu a ser independente e isso é ótimo.

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Diggle ainda guarda mágoas pelo que Oliver fez a sua família anteriormente. Ele incorporou com maestria o papel de líder, adotou uma máscara e confia em suas companheiras de equipe – coisa que Oliver nunca fez. Além disso, quando o encontra, age friamente e responde à altura de sua mágoa.

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Felicity está melhor e eu espero que ela volte a ser a “velha” Felicity, a inteligente, independente e parte fundamental da equipe. Apesar de estar vivendo o “sonho” monótono de Oliver, ela continuou ajudando secretamente seus amigos e quando o namorado resiste ao chamado de Thea e Laurel, ela não pensa duas vezes em voltar. Fico feliz em ver um pouco de sua personalidade antiga se manifestar, bem como vê-la tomando decisões independentemente do que Oliver acha que é melhor para ela. Chega de dependência, lágrimas e paixonite, Felicity está mais feliz, positiva, inteligente e determinada. Espero que continue assim, ou melhor, que evolua ainda mais em seu arco.

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Oliver está mais feliz e tem planos de pedir Felicity em casamento – o que acaba sendo deixado de lado pelo chamado da equipe. Ele tenta se aproximar de Diggle e falha, o que é bom para ele entender que seus atos tem consequências. Ele assume uma postura protetora em relação a Thea, mas descobre que sua irmãzinha não aceitará que ele tome decisões por ela. Eu gosto muito de ver as mulheres de Arrow agindo de forma unida e independente. Oliver Queen sempre quis controlar todos ao seu redor e tomar decisões por eles, mas ele não é mais o líder. Ou ele entende que as pessoas não são obrigadas a obedecê-lo, ou se afasta novamente. Espero que continue assim.

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Por fim, temos a introdução do grande vilão da nova temporada: Damien Darhk. Já sabemos que ele é o líder da C.O.L.M.É.I.A – aliás, é bom saber que a organização será trabalhada e, provavelmente, os mistérios ligados à ela que surgiram em todas as 3 temporadas terão uma resolução. O fato de ser ex-membro da Liga dos Assassinos e maior inimigo de Ra’s al Ghul já mostra que ele não será alguém fácil de derrotar, levando em consideração a dificuldade que toda a equipe (mesmo com ajuda de Katana e Merlyn) teve para derrotar o Ras.

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Além de tudo, Damien apresenta poderes místicos, conseguindo matar uma pessoa apenas tocando-a. As flechas não são nada para ele, tem conexões em todos os pontos da Star City – incluindo a polícia – e está disposto a quebrar tudo. O ator Neal McDonough está espetacular com sua interpretação sombria, imponente e assustadora. Espero que seja um adversário à altura, e pelo que foi apresentado, ele será.

O início da 4ª temporada de Arrow não teve nada de espetacular, mas foi bom. As cenas de luta com a Canário Negro foram particularmente um deleite.

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Arrow | Review do episódio 4×01 – “Green Arrow”

Os produtores se preocuparam em dar as explicações necessárias ao espectador, colocar easter eggs interessantes e apresentar o vilão de forma realmente boa. Para fechar com chave de ouro, Oliver assume, finalmente, a identidade de Arqueiro Verde e um mistério (que vai atormentar os pensamentos dos fãs por um bom tempo) é plantado. Ainda não estou com as expectativas altas, mas gostei dos rumos que os personagens tomaram. Vamos esperar o melhor.


Gostou? Tem mais:

Por Louise


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.