Space Force | Comédia pé no chão para assistir rapidamente
in

Space Force | Comédia pé no chão para assistir rapidamente

“Space Force” é uma série de comédia criada por Greg Daniels e Steve Carrell que estreou em maio deste ano pela Netflix . Sua premissa é retratar uma trama em torno das pessoas encarregadas de criar o sexto ramo dos serviços armados dos Estados Unidos: a Força Espacial.

É interessante destacar a premissa na qual “Space Force” se propõe desenvolver seus pilares. Não só em termos de ideia, que soa essencialmente cômico, como também na execução naturalmente de suas cenas e um humor mais simples.

Leia mais: Michael Cera | Ele fica engraçado em qualquer foto

A série conta com uma galeria de personagens bastante diversificada, retratando os olhares que vão de políticos a militares, de cientistas a assessores de imprensa, de pais a filhos, dentre outros. Não o bastante, tais personagens são transpostos a vida por meio do elenco forte, talentoso e que se apresenta de forma fluída.

Não apenas individualmente como de forma coletiva, em “Space Force” o esforço de acompanhar o desenvolvimento dos personagens e de suas relações são bem recompensados com picos atenciosos ao envolvimento de sua audiência.

Leia mais: HQ do Dia | Não tá Fácil pra Ninguém

Em um primeiro momento, “Space Force” expõem um humor mais “pé no chão”. Digo, tudo bem que ela não abraça a galhofa e o ridículo logo de cara, mas de todo modo, a série consegue trazer momentos cômicos sutis e de sacadas interessantes.

Porém, a série seria muito mais engraçada se não vivêssemos uma realidade cotidiana regida por ataques à ciência e decisões políticas questionáveis.

Com episódios de 30 minutos, “Space Force” é uma ótima pedida para quem busca algo rápido, mas sem abrir mão de um desenvolvimento consistente da narrativa. Isto é, apesar dos contratempos, com altos e baixos no decorrer da temporada, a série até que trabalha bem o objetivo de contar uma boa história.

A primeira temporada de “Space Force” está disponível na Netflix.

E aí, curtiu?

Escrito por Isaias Setúbal

All I hear is doom and gloom. And all is darkness in my room. Through the night your face I see. Baby, come on. Baby, won't you dance with me?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Mais uma temporada de ‘Cobra Kai’ vem aí

O protagonismo e a sexualização feminina nos games