Rick e Morty | Uma viagem escrachada de humor ácido
in ,

Rick e Morty | Uma viagem escrachada de humor ácido

Apesar de “South Park” ser um belo exemplo do humor ácido e escrachado da atualidade com seu visual em recortes, piadas “americanizadas” e um conteúdo sem nenhuma forma de pudor para o grande público. “Rick e Morty” carrega tudo isso, porém com equilíbrio, sutileza e cheio de sacadas inteligentes. 

Criado pelos roteiristas Justin Roiland e Dan Harmon (Community), “Rick e Morty” proporciona em suas quatro temporadas (ainda por enquanto) uma viagem por diversos planetas, realidades alternativas, distorção temporal e outras muitas maluquices movido a questionamentos existenciais, piadas infames e muita irreverência.

Leia mais: Rick e Morty | 10 melhores episódios da série animada

Rick e Morty | Uma viagem escrachada de humor ácido

Morty é apenas um garoto de 14 anos, enquanto seu avô Rick é um cientista, gênio, inventor, egocêntrico e alcoólatra, cujo principal argumento é o niilismo. Eles se envolvem em diversas enrascadas enquanto exploram o universo através de portais criados por Rick em muito de suas peripécias. 

Os personagens da série parecem monótonos e poucos atrativos com seus dramas pessoais em sua primeira instância, mas suas discussões e inseguranças rendem diversos desastres cômicos e até mesmo profundos durante as temporadas, principalmente os pais de Morty, Jerry e Beth, que vivem em constante desarmonia, fora Summer, sua desequilibrada irmã.

Leia mais: Space Force | Comédia pé no chão para assistir rapidamente

Rick e Morty | Uma viagem escrachada de humor ácido

Rick, cuja empatia é quase nula, passa a maior parte do tempo criando aparelhos tecnológicos para usar em suas viagens com Morty, na qual o pobre garoto sempre acredita que nunca seja uma boa ideia em tons de medo e desconfiança. O maior atrativo do desenho são suas inúmeras sacadas de humor ácido em aventuras para lá de doidas, entretanto, caminhando com muitas referências da cultura pop, como filmes e séries. E  sobra até umas cutucadas na nossa atual geração imediatista, ignorante e egocêntrica.

Não pense que “Rick e Morty” é apenas humor, o desenho apresenta uma qualidade técnica inquestionável, com uma animação bela e fluída. A dublagem nacional é excepcional e não deixa desejar em nada as vozes originais do próprio Justin Roiland.

Seja por esses motivos que “Rick e Morty” é e continua sendo uma das maiores surpresas de desenhos adultos que fomos agraciados nesses últimos anos, com uma legião de fãs que apenas aumenta, as aventuras megalomaníacas parecem estar longe de acabar.

“Rick e Morty” está disponível na Netflix.

E aí, curtiu?

Escrito por Rafael Tanaka

Publicitário, amante de cinema, quadrinhos, filmes e séries. Sempre existe coisas para se descobrir nesse mundo da cultura pop.

Comentários

Deixe uma resposta

    One Ping

    1. Pingback:

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Loading…

    Loading…

    0
    Daft Punk | 10 músicas para conhecer melhor o duo

    Daft Punk | 10 músicas para conhecer melhor o duo

    Superman Final Cut (2020) | Uma homenagem de fã para fãs