Daft Punk | 10 músicas para conhecer melhor o duo
in

Daft Punk | 10 músicas para conhecer melhor o duo

Apesar de ser um apaixonado por música, poucos artistas me atraem ao ponto de eu dar uma chance de consumir sua discografia por completo. Dentre eles, um dos meus favoritos é o Daft Punk. Digo, o duo francês não só é uma grande referência no cenário da música eletrônica/techno, como em criatividade e inovação musical.

Por causa da grande influência que a dupla tem na minha vida musical, decidi listar dez músicas para você conhecê-los melhor. Lembrando que o intuito dessa listagem não é o de escolher as “dez melhores músicas” deles, mas sim a de listar músicas que eu indicaria a alguém que queira conhecer mais da sonoridade do Daft Punk.

SUPERHEROES

Uma das minhas favoritas, “Superheroes” tem uma atmosfera leve e nostálgica que reforça o melhor das aventuras heróicas entre suas batidas fortes e acordes melódicos.

ROBOT ROCK

Apesar de arranjos não tão complexos, “Robot Rock” continua sendo uma dessas faixas que une o melhor do rock’n’roll e da música eletrônica de forma única.

TECHNOLOGIC

Em um combo envolvente entre instrumental e vocal, “Technologic” aborda a essência da tecnologia da forma mais simplificada e dedutiva possível. Digo, é onde os robôs narram os comandos básicos por trás de toda tecnologia existente até então.

DA FUNK

Outra das minhas favoritas, “Da Funk” simplesmente parece dar vida a eletricidade enquanto flui entre os aparelhos ao seu redor. E com bases conceituais do hip-hop, essa faixa é simplesmente única e inesquecível.

GET LUCKY (feat. Pharrell Williams e Nile Rodgers)

Abrindo mão de parte dos sintetizadores para saudar a nostalgia do soul, “Get Lucky” esbanja de arranjos graciosos e charme vocal sem igual numa composição moderna do pop.

Leia mais: 5 Centímetros por Segundo (2007) | As incertezas e decepções do amor

INSTANT CRUSH (feat. Julian Casablancas)

Outra das minhas favoritas, “Instant Crush” soa incrível ante a atmosfera graciosa e de puro romance que tem. Sem contar que o solo de guitarra no meio da faixa é show demais.

ONE MORE TIME

A frente do seu tempo, “One More Time” dá vida ao brilhantismo de celebrar  com as pessoas importantes para você. E isso graças a envolvente composição good vibes da qual a faixa esbanja.

LOSE YOURSELF TO DANCE (feat. Pharrell Williams)

Também saudando a nostalgia do soul, “Lose Yourself To Dance” traz uma dinâmica vocal ainda mais interessante e charmosa sobre os arranjos bases que tem. E sério, é muito legal acompanhar a execução sonora das vozes robóticas aqui.

HARDER, BETTER, FASTER, STRONGER

Sinceramente, acho que “Harder, Better, Faster, Stronger” é uma das composições musicais mais incríveis que já tive o prazer de ouvir. Digo, a forma como o instrumental da faixa vai se autoconstruindo sem perder a sincronia com os vocais robóticos, soa bem demais bicho.

Leia mais: Daft Punk: Unchained (2015) | A história de dois artistas intransigentes

END TITLES

De forma simples mas envolvente, “End Titles” dá vida a uma atmosfera épica e de puro deus ex-machina ao unificar elementos de orquestra e música eletrônica. E sinceramente, esse é o tipo de faixa que você põe pra ouvir, relaxa e simplesmente contempla o momento.

E aí, curtiu?

Escrito por Isaias Setúbal

All I hear is doom and gloom. And all is darkness in my room. Through the night your face I see. Baby, come on. Baby, won't you dance with me?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0
As trilhas marcantes do compositor Ennio Morricone

As trilhas marcantes do compositor Ennio Morricone

Rick e Morty | Uma viagem escrachada de humor ácido

Rick e Morty | Uma viagem escrachada de humor ácido