in

HQ do Dia | Heimat – Pontapés de uma alemã sobre sua terra e história

Um relato incisivo, perturbador e sem igual no universo dos quadrinhos

Quantas vezes você precisou se perguntar se pertencia a um determinado lugar, grupo ou até mesmo sua casa? Quantas vezes você foi capaz de ter a sensação de familiaridade com seu estado e país sem precisar saber de onde veio?

O significado de “heimat” pode responder parte dessas perguntas. Por aqui, ele não é um termo conhecido. Se eu chegar e falar pra alguém que minha “heimat” está na zona leste da capital paulista, vão me perguntar o que significa “heimat” para poder entender por qual motivo ela está no lugar onde falei.

“Uma paisagem ou localidade real, imaginária ou construída, à qual uma pessoa associa uma sensação imediata de familiaridade.” Esse é o significado da palavra alemã “heimat”, que neste quadrinho publicado pelo selo Quadrinhos na Cia da editora Companhia das Letras, se combina a uma pergunta-chave: “Como saber quem você é sem entender de onde você veio?”.

HQ do Dia | Heimat – Pontapés de uma alemã sobre sua terra e história

A autobiografia de Nora Krug vai mostrar como o fantasma de guerra pode passar por gerações e afetar suas vidas de formas inimagináveis. Krug nasceu décadas após a queda do regime nazista, mas a sombra da Segunda Guerra Mundial parecia sempre à espreita durante sua juventude. Ela, no entanto, sabia pouco sobre o envolvimento de sua família na guerra, seus pais e avós nunca falavam sobre isso. Depois de doze anos vivendo nos Estados Unidos, decidiu que precisava olhar para trás e, principalmente, fazer as perguntas que nunca tinha feito. De volta à Alemanha, Krug visitou arquivos, realizou pesquisas e entrevistou familiares, descobrindo histórias como a de seu avô materno, que foi mecânico e motorista durante a guerra, e a do irmão de seu pai, Franz-Karl, que morreu ainda adolescente quando era soldado da SS.

O relato de Krug é incisivo e perturbador. É foda você perceber como alguém que nem viveu os horrores da guerra tem que se polir para não sofrer preconceito nem mesmo fortalecer bordões, e práticas do nazismo que ficaram enraizadas nos alemães desde o fim da Segunda Guerra Mundial. De ter que falar inglês sem sotaque a dizer que nasceu na Holanda, por exemplo, a deixar de frequentar lugares e até mesmo de levantar o braço direito a certa altura para não parecer uma reverência a Hitler.

HQ do Dia | Heimat – Pontapés de uma alemã sobre sua terra e história

“Heimat” faz você entender os esforços de alguém que deseja viver uma vida sem a sombra da culpa. Além de dar aula de jornalismo em quadrinhos, a autora mostra um poder narrativo sem igual. Você vai perceber que até mesmo o formato usado por ela nas páginas de sua autobiografia difere de obras consagradas e que têm a guerra como pano de fundo. Apesar de quadrinhos fenomenais como “Maus” e “Persépolis”, “Heimat” parece mais um diário de memórias da autora que mistura literatura, colagens, depoimentos e, claro, quadrinhos. Todos esses elementos juntos tornam a experiência com a história imersiva e completa.

Ao ler você vai lembrar bastante dos quadrinhos que citei, do filme “Jojo Rabbit” (2019) dirigido por Taika Waititi e de grandes obras do jornalismo investigativo.

HQ do Dia | Heimat – Pontapés de uma alemã sobre sua terra e história

Best-seller na Alemanha e vencedor do National Book Critics Circle na categoria autobiografia, “Heimat” vai te mostrar que o esforço que a gente faz para pertencer é necessário. Saber de onde viemos e pra onde vamos é primordial pra vida fluir. Pertencer é muito mais que fazer parte, é estar, é sentir, é ser o “lugar” pro teu mundo.

Se você ficou interessado, “Heimat – Pontapés de uma alemã sobre sua terra e história” está à venda nas melhores livrarias, por um excelente preço e você pode ajudar o Proibido Ler comprando seu exemplar clicando aqui.

E aí, curtiu?

Escrito por Bruno Fonseca

Jornalista, apaixonado por quadrinhos, filmes, séries e retrogames. Espero que você alcance o sétimo sentido em todos os âmbitos da vida.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0
11 melhores filmes de Jean Claude Van Damme

11 melhores filmes de Jean Claude Van Damme

Modo fotográfico nos games: você já viveu esta experiência?