Lovesick – 1° Temporada

Uma série de humor e amor

Criada e roteirizada por Tom Borda, uma das novas séries a fazer parte do catalogo da Netflix intitulada Lovesick, estreou neste mês de agosto e traz a meta de “explorar as paixões nutridas secretamente”, explorando tanto as perspectivas masculinas quanto femininas, bem como os relacionamentos casuais, através dos personagens protagonistas Dylan, Evie e Luke, que são interpretados por Johnny Flynn, Antonia Thomas e Daniel Ings, respectivamente.

A primeira temporada de Lovesick tem cerca de seis episódios de apenas meia hora cada. Isso quer dizer que é possível terminá-la num único período do dia ou, assistir boa parte da série em algumas horas. De todo modo, Lovesick é o tipo de seriado que tem uma proposta simples e divertida, com um potencial de atrativo proporcional. Ou seja, é o tipo de série que chama a atenção não só de pessoas que procuram algo aleatório para assistir, mas como aquelas que tem um tipo específico de gênero em mente.

Lovesick - 1° Temporada | Uma série de humor e amor

O seriado acompanha a vida e perspectiva de Dylan (em quase toda sua totalidade), Evie e Luke. No entanto, a primeira temporada se inicia quando Dylan é diagnosticado com Clamídia (uma DST) e decide entrar em contato com todas as mulheres com quem teve relações sexuais anteriormente, de modo a informa-las de seu estado atual. A maioria dos episódios são contados através de um flashback, mostrando os encontros de Dylan com as mulheres que acabaram tendo relações sexuais com ele.

Por sua vez, Evie e Luke são os melhores amigos de Dylan. Evie é a melhor amiga de Dylan, sendo o tipo de amiga sarcástica, geralmente única e que nutre sentimentos subjacentes por Dylan (embora ambos pareçam estarem sempre confusos quanto a relação deles). Luke, colega de quarto de Dylan, é o tipo de amigo irresponsável e popularmente conhecido como “porra loka”. Devido a isso, ambos os amigos compartilham muitos dos momentos apresentados pelos flashbacks e, consequentemente, pela perspectiva de Dylan.

Lovesick - 1° Temporada | Uma série de humor e amor

De fato, Lovesick é o tipo de série que pode ser classificada como comédia romântica. Entretanto, Lovesick apresenta uma proposta simples e entretida, que explora o lado complicado de “alimentar secretamente alguns sentimentos” por alguém e foge muito dos padrões já estabelecidos para séries do gênero, principalmente pela indústria estadunidense.

Com o estilo de diálogos rápidos, de certa profundidade e quantidades consideráveis de ironia e/ou acidez no texto, Lovesick foge de ficar reverenciando comédias românticas tradicionais e trabalha em seus personagens uma das maiores dificuldades enfrentadas atualmente pelas pessoas (ao menos romanticamente falando): sendo esta a capacidade de expressar os próprios sentimentos. Portanto, a sua temática é cercada por muitas sacadas que abordam a maneira como lidamos com o amor e, como por muitas das vezes temos a dificuldade de expressar os próprios sentimentos. Ou seja, inevitavelmente em algum momento da série, você se indicificará com o contexto da situação e dos personagens.

Lovesick - 1° Temporada | Uma série de humor e amor

Com um roteiro simples, despretensioso e um atrativo proporcional, bem como contando com personagens consistentes e divertidos as suas maneiras, Lovesick é uma comédia romântica que não só destaca uma temática interessante e que certamente traz situações ao quais o telespectador facilmente pode se identificar, mas também apresenta uma formidável sintonia entre o contraste de bom humor para com os momentos de picos emotivos. Tudo isso, sem precisar transformar algo em uma tragédia pessoal ou coisas do tipo. Apenas retratando a complexidade de algo aparentemente simples.

Assistir Lovesick é assistir uma série que moderniza e inova o esteriótipo da comédia romântica, sem ter a necessidade de entrar no âmbito dos besteirois americanos ou abusar de artifícios muito usados em comédias pastelonas, apresentado-se verdadeiramente como uma série de humor e amor. Ou seja, é uma série cuja maratona no final de semana pode ser uma boa pedida.

Para quem já teve a oportunidade de assistir a temporada e anseia por mais episódios, já existe a promessa de uma segunda temporada que contará com o total de 10 episódios. A nova leva de episódios pode estrear em novembro de 2016 na Netflix.

Gostou? Tem mais:


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.