Logan Noir | A versão em preto e branco deixa o filme ainda mais doloroso

5 meses atrás ( 27/05/2017 )

Depois das primeiras imagens do longa serem lançadas em preto e branco, claro que após a grandiosa estreia e tudo que Logan conquistou enquanto esteve em exibição nos cinemas, viria “Noir edition” (como eles estão chamando lá fora a versão em preto e branco). Os fãs do mutuna mais querido da Marvel pediram isso, James Mangold e a Fox tinham só que matar a bola no peito e chutar pro gol, pois seria um golaço dos bons. E foi!

Caso você ainda não tenha assistido ao filme e por isso queira entender um pouco da sinopse e/ou tudo que nós achamos sobre Logan, oriento que leia Logan (2017) | Já era tempo, Wolverine. No mais, vamos em frente, pois essa versão Noir foi mais um tiro daqueles que deixa um buracão no peito.

 Todo aquela sensação de melancolia que você tem ao assistir Logan é potencializada com essa versão. A Fox Home Entertainment confirmou que ela estará no Blu-Ray, além de mais de 90 minutos de conteúdo extra que vai deixar qualquer fã do mutante piradão. Lá em 2016 e, enquanto o filme não estreava, a web foi invadida por um ensaio totalmente em preto breco de Hugh Jackman na pele de Logan. Era nítido que o filme combinava muito mais com essa versão do que com a colorida. Mas a gente sabia que aquilo era só um ensaio e que a black edition viria se dois fatores fossem positivos: critica e público. E finalmente foram! Eu conferi essa versão recentemente e tudo aquilo que me ocorreu na primeira vez que assisti ao filme – retornou ainda mais forte. Pode até não parecer, mas eu só assisti Logan uma vez. Algo bem estranho, pois eu sempre vejo filmes de super-heróis mais de uma vez. A primeira é pra sentir a emoção e a segunda para pegar todos os detalhes. Com Logan eu não queria tirar do meu peito todas as emoções que guardei naquele fatídico domingo 19 de fevereiro de 2017.

Todo o trabalho de pós produção e de retrabalho em transformar um filme colorido em preto e branco ficou sensacional. Não basta só por um filtro como a gente faz com o Instagram que fica tudo certo, é necessário ajustar sombra e luz, trabalhar a computação gráfica de algumas cenas, e alinhar a ausência de cor para que tudo permaneça em harmonia.

Nos primeiros momentos você sente o impacto e toda a dramaticidade que essa versão pode causar, mas com o passar dos atos você até esquece que um dia assistiu a versão colorida, pois essa passará a ser a versão principal do filme que você queria ter visto logo de primeira. Laura continua feroz em suas cenas de ação, e todas as cenas dramaticas ganham um peso ainda maior. Logan com aquele olhar de que a vida já passou, e que ele está tentando dar cabo dela aos poucos ainda dói, dói num ponto de você querer chorar tudo de novo. Se foi difícil ver Wolvie naquele estado na versão original, nessa é ainda pior. É ainda mais dolorosa. É de deixar a voz embargada, o nó fica na garganta e olhos… bom, eles provavelmente estarão cheio de lágrimas.

Eu ainda consegui pegar alguns detalhes que não havia lembrado de ter visto na primeira vez como, por exemplo, a Katana que ele usa em Wolverine: Imortal (2013), guardada no lugar onde ele se escondeu com Xavier e Caliban, no deserto próximo a fronteira com o México. Outro ponto foi o discurso de Laura no sepultamento de Logan, nesse momento eu não havia percebido que a X-23 reproduzia os diálogos do filme Os Brutos Também Amam (1953) – western dirigido por George Stevens – que ela viu pela primeira vez enquanto estava com Xavier no hotel em Las Vegas, e guardou todas aquelas palavras que fez tanto sentido pra ela para um momento oportuno.

Enfim, Logan Noir ou Logan Black Edition ou Logan P&B, é uma versão que você precisa assistir e com certeza será a versão que você vai se lembrar para o resto da vida. Não há nada igual ao que você sentirá ao passar mais de 120 minutos diante de uma obra-prima agora totalmente sem cores. Mas isso é o de menos, o importante é que essa é a versão definitiva do último filme em que Hugh Jackman esteve na pele do mutuna mais amado da Marvel.

Logan Noir será exibido no Brasil pela Rede Cinemark dia 29 de maio excepcionalmente às 20h30. O DVD e o Blu-Ray chegam nas lojas em 22 de junho e você pode adquirir ambos na pré-venda. Já a versão digital estará disponível a partir de 01 de junho.

Veja também: HQ do Dia | Wolverine – O Velho Logan”


© 2017 Proibido Ler | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro & Baruch Vitorino