O que podemos esperar de "The Last of Us Parte 2"
in

O que podemos esperar de “The Last of Us Parte 2”

“The Last of Us” foi um grande sucesso em 2013 após seu lançamento para Playstation 3 sendo um dos exclusivos da Sony. Sua história inovadora e personagens que apresentavam um sentimento diferenciado tocou o coração dos amantes de games, sendo um dos melhores naquele ano. O game então sofreu um remaster para a geração do PS4 deixando todos felizes para acompanhar Joel e Ellie em uma resolução ainda melhor – e olha que na época do PS3 ele já era lindo.

O game serviu de inspiração para Uncharted 4, tanto em visual como na parte mecânica, dando ainda mais utilidade e peso, em questão física, para os personagens. Agora em 2020 teremos finalmente o segundo game, titulado como “The Last of Us Parte 2”. Nele veremos a passagem de cinco anos na história de Ellie, em que veremos seu crescimento e desenvolvimento de habilidades. E também Joel, que levo fé estará ainda mais sábio e passando pelo processo de estar mais velho e provavelmente cansado, já que vive aquele apocalipse já faz um bom tempo.

Durante a campanha do game tivemos cenas de jogabilidade e mecânica do game, tanto de movimento como de ataque; modificação das armas na mesa de edição e um pouco da história. Tudo aparece como sempre editado, então as especulações se formam para todos os lados. Hoje, 06 de maio de 2020, tivemos mais um trailer revelado, mostrando algumas cenas que já tinham sido liberadas em formato de imagem pela Naughty Dog dos personagens e ambientes. Alguns spoilers andaram rolando pela internet essas últimas duas semanas, mas já aviso que fugi de todos então não sei de nada do que anda circulando por aí, e tudo que será dito aqui é apenas ao analisar trailers, cenas liberadas pela empresa e lembrando do jogo passado.

Leia mais: Cyberpunk 2077 e os games mais esperados de 2020

A continuação já era esperada, isso ninguém tinha dúvida, o único mistério seria realmente quando. O avanço de cinco anos e as mudanças de Ellie foram as mais legais de serem vistas, e não só isso como Joel que foi nosso personagem jogável por toda a campanha – mesmo que tenhamos a possibilidade de jogar com Ellie em momentos específicos, mesmo que poucos. Pelos diálogos e imagens vemos uma Ellie mais madura e ainda com seu humor irônico. Teremos momentos bem mais tensos e pesados que o anterior, mas ainda sim contaremos com o alívio momentâneo que era presente no anterior, seja em um momento em um lugar abandonado calmo ou até mesmo encontrando animais de um zoológico.

Não só temos ambos os protagonistas retornando como já temos a ideia de que Tommy deve estar nessa mesma vila de sobreviventes e novos personagens serão introduzidos na história que terão grande impacto na vida de Ellie. Uma delas é Dina, que talvez seja o motivo de vingança de Ellie durante a campanha mas ainda não podemos afirmar com certeza, já que o trailer pode estar apenas nos enganando. Dina pode se tornar uma especia de flashback na vida de nossa protagonista, em que muitos momentos chaves ela será lembrada e viveremos aquela cena para criar uma conexão e se formar um casal f#[email protected] durante o apocalipse. Finalmente posso sofrer por um casal maravilhoso que será esse. Temos também um grupo meio desconhecido ainda nessa história que pode ser de grande ajuda para Ellie e seu grupo. Mas não só eles como a vilã do rolê todo, Abby que com seu bando não quer saber de dividir o mundo e deseja acabar com a galera toda no formato de tortura bizarra, contando com a ajuda de cachorros ainda.

Outro ponto importante é analisarmos as mecânicas – na forma de andar, atirar e se esconder – mas também a de aperfeiçoamento de armas e a inteligência artificial que parece estar ainda mais inteligente, e que no primeiro game já era bem impressionante. Agora a melhoria foi feita na hora que estamos fazendo a customização das armas, que antes já existia, mas a aparência ficou ainda mais real e você acompanha todos os detalhes com perfeição. O comando para recolher objetos do mapa continua o mesmo, algo que sempre gostei muito da perfeição que era apresentada. 

Leia mais: Os melhores games da década e o fim de um ciclo de alegria

Detalhes de design dos personagens se encontram diferentes agora, não só de envelhecimento, mas graficamente falando. Marcas de sangue, luta e definições de músculo são um destaque importante que fazem uma grande diferença, pelo menos para mim, em como os gráficos mudaram e ficaram reais de uma forma absurda. The Last of Us foi um grande avanço com seu primeiro, melhoraram isso ainda mais em Uncharted 4 e vão mandar muito novamente agora em sua sequência. Sabemos que mesmo com o anúncio de que está tudo finalizado, um projeto desse pode acabar guardando algumas atualizações para melhorar alguns pontos que podem sair da linha e pequenos erros que podem surgir. Mas nada que vá estragar a experiência do jogador, como foi no caso de Days Gone na época de seu lançamento com bugs que acabavam comprometendo a jogabilidade em certos momentos. 

O que podemos esperar de "The Last of Us Parte 2"
Montar sua arma nunca foi tão bom!

Se tem dois pontos que podem me empolgar bastante nessa sequência, para não me estender demais e acharem que vou dar spoilers já que ninguém merece isso, é a inteligência artificial e a forma que poderemos escolher para jogar. Sabemos que cães serão algo muito presente durante a campanha, e segundo o diretor Neil Druckmann afirmou que teremos a opção de matar os cães ou apenas desviar deles, tornando tudo ainda mais interessante. Acredito que não terei coragem nenhuma de matar os cães, só se muito necessário. Também foi comentado que ao matar os donos dos cães eles ficaram sofrendo ao encontrar o dono, o que vai partir meu coração em mil pedaços, mas isso são detalhes. E isso também faz parte do modelo de escolha de game que me chama muita atenção, seja indo na porradaria ou escondido matando todos na surdina, contando com o desafio de não ser farejado.

“The Last of Us Parte 2” é uma promessa que demorou mas finalmente está chegando. O game chegaria em fevereiro, teve sua mudança para maio e logo depois foi adiado por conta da pandemia global que estamos passando. Mas após ocorrerem vazamentos, a Sony viu que já estava na hora de lançar e não esperar mais tempo, aquecendo nossos corações com a data de 16 de junho. 

Quer comprar jogos com um belo descontão e ainda por cima ajudar o Proibido Ler? Selecionamos ótimas dicas de games na Amazon e a maioria com frete grátis para clientes prime. Clique aqui e pegue aquele game que está faltando na sua coleção. E venha nos conhecer em nosso canal da Twitch.

E aí, curtiu?

Escrito por Guta Cundari

Do cinema para o jornalismo. Amante de filmes e games, fã filmes de terror trash e joguitos que duram meses. As Premiações pelo mundo todo que me aguardem e os noobs que sofram.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Final Fantasy VII Remake | Dicas para platinar o clássico inovado

Black Lagoon | A ação hollywoodiana encontra o estilo japonês

Black Lagoon | A ação hollywoodiana encontra o estilo japonês