Angry Birds – O Filme

O grande salto da Rovio Entertainment

Em dezembro de 2009 uma pequena parcela de pessoas no mundo – apenas os detentores de gadgets com Apple iOS – conheciam o jogo dos pássaros raivosos para smartphone. De lá para cá, passaram quase sete anos e Angry Birds atingiu o status de multiplataforma, sendo disponível para smartphones com Android, Symbian e Windows Phone e também a versão de console e PC. Com todo sucesso que o jogo obteve durante todos esses anos, a Rovio expandiu a marca “Angry Birds” e com isso os pássaros que não são adeptos da “good vibes”, ganharam uma série de produtos licenciados, além de um desenho animado e, agora, um longa metragem de animação.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment6

Angry Birds – O Filme conta história de Red, um pássaro que tem pavio curto e pode se irritar facilmente, que vive numa comunidade ao melhor estilo “vamos aplaudir o sol” e “vamos viver eternamente nas boas vibrações”. Red é um pássaro espontâneo, que independente do lugar onde vive, é 100% ele em toda as situações. O longa começa com Red aparecendo de bicão em uma festa infantil, ele chega atrasado e por causa disso e também de não ter sido convidado, Red acaba brigando com o pai da “criança” e sem querer ele acidentalmente quebra um ovo da família. Em consequência disso, o pássaro acaba nascendo de forma prematura. Mas o problema não para por aí, por causa desses atos, Red passa por um julgamento que determina como penitência dos atos que cometeu, a ida para o centro de terapia contra raiva do pássaro Matilda. Neste lugar ele encontra outros pássaros que são bem conhecidos no jogo, como o veloz Chuck, o explosivo Bomba e o misterioso Terrence.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment2

A comunidade onde Red vive não gosta muito da sua presença, por isso ele mora um pouco afastado do conglomerado da ilha. Certo dia, um navio de porcos verdes atraca na ilha dos pássaros e o protagonista desta história é o único que acha suspeito a chegada destes seres estranhos. Os porcos com um carisma canastrão acabam conquistando todos os pássaros da ilha fazendo shows, contando história e promovendo festas. Tudo isso para por em pratica um grande plano de roubar todos os ovos da cidade e fugir para o lugar de onde veio. Enquanto a ilha da good vibes está em perigo, Red e seus amigos vão fazer o possível para alertar os pássaros da do perigo que estão correndo, resgatar os ovos roubados e expulsar os porcos verdes de lá. Tudo isso regado a muita diversão, aventura e, claro, RAIVA!

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment9

Angry Birds – O Filme é uma animação que ganha o espectador pelos momentos divertidos que consegue proporcionar. Cada personagem tem um humor característico e isso deixa a animação leve e descontraída que agrada os grandões e os pequenos. Em vários momentos você vai pegar alguma referência ou outra de filmes,desenhos, séries ou situações do cotidiano. Isso foi um grande ponto dos diretores Clay Kaytis e Fergal Reilly.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment4

A maior dificuldade nesse tipo de animação é conseguir adaptar um jogo para as telonas com um enredo que seja interessante. Nós já vimos uma porção de adaptações oriunda dos games que fracassaram no cinema. Mas Angry Birds conseguiu fugir dessa regra – sim ainda é regra um filme adaptado dos games fracassar – talvez pelo fato da marca já ter uma série em desenho animado, ficou mais fácil criar um roteiro que pudesse dialogar com todas as idades, que tivesse um clima alegre e descontraído num ritmo que não cansasse o espectador.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment

A dublagem também ajudou muito, o elenco de vozes traz Marcelo Adnet, Fábio Porchat, Mauro Ramos e Dani Calabreza nas vozes de Red, Chuck, Bomba e Matilda. O filme também conta com a participação dos Irmãos Piologo e Pathy dos Reis. Já na versão original, temos Jason Sudeikis dublando Red, Josh Gad ficou com Chuck e Danny McBride faz a voz do Bomba. Bill Hader dubla um dos porcos e Peter Dinklage dubla o lendário Mighty Eagle.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment5

O que amarra bem uma animação é o potencial de sua dublagem. Por esse motivo, eu não suporto ver filmes de animação legendado e o último que eu vi nem a resenha eu publiquei, pois a minha experiência com o filme foi por água abaixo por causa disso. A dublagem é um fator determinante para dar a animação um dos ingredientes necessários que ela precisa para ser bem sucedida.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment3

É importante dizer, que se você nunca jogou Angry Birds na sua vida, não terá que se preocupar quando for assistir ao filme. As únicas referências ao jogo estão quando alguns pássaros são lançados por um estilingue e acabam mostrando os seus poderes. Fora isso, pode ir livre e desimpedido de qualquer amarra, pois o filme vai te divertir bastante. Sem esquecer também da ótima trilha sonora com Limp Bizkit, Rick Astley e muito outros artistas que dão um “charme” a mais na animação.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment8

Mas a grande questão e exatamente não foge em relação ao que escrevemos no título, é o grande salto que Rovio Entertainment deu na introdução dos pássaros irritadiços nos cinemas. Era um dos pontos que faltavam ser explorados pela desenvolvedora e que bom que deu certo. Agora é esperar por novas aventuras de Red, Chuck e Bomba.

angry-birds-o-filme-o-grande-salto-da-rovio-entertainment10

Ah… antes de mais nada, pode levar a criançada no cinema e assistir junto que a diversão é garantida.

Angry Birds – O Filme estreia nos cinemas dia 12 de maio de 2016.


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.