Curiosidades sobre “Os Batutinhas” (1994)

Leia em: 4 minutos

Os anos 90 foi  maravilhoso e a gente não cansa de falar. Ótimos títulos nos cinemas, músicas que são emblemáticas até hoje e nem precisamos falar dos animes e desenhos. Sempre que “Os Batutinhas (1994)” recebia uma chamada empolgantes na “Tela de Sucessos” eu precisava assistir. Até porque naquela época, era difícil encontrar o filme nas locadoras e porque a dublagem do SBT era imensamente superior com a que foi exibida na Globo, com direito até a mudança dos nomes dos personagens. 

Leia mais: Curiosidades sobre O Grande Dragão Branco (1988)

Curiosidades sobre "Os Batutinhas" (1994)

Conheci o filme por indicação de um antigo amigo, ele não parava de exaltar as qualidades e risadas que aquele filme infanto-juvenil tinha para nossa idade naquela época. Claro, eu também após assistir repetidas vezes sempre proporcionava tempo sagradão de sorrisos e alegrias. Puro, alegre e cheio de críticas sociais suaves que apenas passei a enxergar anos mais tarde com meu crescimento. Impossível não esquecer das frases, gestos e personagens que o “Os Batutinhas” entrega em sua imensa qualidade.

Leia mais: Curiosidades sobre Quero Ser Grande (1988)

Curiosidades sobre "Os Batutinhas" (1994)

Em “Os Batutinhas”, o romântico Alfafa (Bug Hall) se apaixona pela simples Darla (Brittany Ashton Holmes). Entretanto, esse amor entra em conflito contra os valores de seu melhor amigo Batatinha (Travis Tedford), líder do Clube dos Homens que Detestam as Mulheres. Para piorar, Alfafa ainda precisa batalhar com Waldo (Blake McIver Ewing), o novo garoto na cidade que também deseja conquistar Darla. 

Com vinte e seis anos de seu lançamento, selecionamos algumas curiosidades sobre a produção, bastidores e surpresas de “Os Batutinhas” (1994).

Leia mais: Modo Avião (2020) | O ‘Show de Truman’ da Larissa Manoela

Quem sabe com isso não seja uma das razões para você rever o grupo de Batatinha e Alfalfa. 

  • Durante as gravações das cenas de ballet, os atores Bug Hall e Travis Tedford queriam aprender a coreografia certinha, mas não puderam. As instruções que eles receberam foram apenas para improvisarem e brincarem.
  • O filme é baseado na série de comédia chamada “Our Gang”, que durou de 1922 a 1944, e inicialmente foi produzida por Hal Roach.
  • Alguns dos atores da versão original de “Os Batutinhas” ficaram chateados, pois não foram convidados para participar do filme.
  • Na metade da década de 1950, a produtora Roach passou a fazer episódios desta mesma história para a televisão. Entretanto, a empresa MGM já tinha direitos sobre a marca Os Batutinhas, então a série precisou se chamar Little Rascals.
  • A diretora do filme, Penelope Spheeris, admitiu que seu maior desafio foi lidar com crianças pequenas, já que era complicado para elas decorarem as falas.
  • Antes de filmar todos os dias, Penelope Spheeris abraçava cada ator infantil para garantir proximidade e confiança no grupo.
  • Você sabia que as irmãs Mary-Kate e Ashley Olsen atuam brevemente no filme? Aos oito anos de idade as gêmeas aparecem em uma reunião na casa da Darla para falar mal dos meninos.
  • O filme lucrou, nos Estados Unidos, 22 milhões e 871 mil dólares, ou seja, pouco mais de 91 milhões e 400 mil reais.
  • As atrizes Whoopie Goldberg e Raven-Symoné fazem participações especiais no filme. As duas fizeram parte do elenco do talk show americano The View.
  • A cena da corrida, no fim do filme, foi baseada no desenho animado de Hanna Barbera, “Corrida Maluca”. 
  • Nos bastidores, Travis Tedford, Bug Hall e Blake Jeremy Collins eram amigos de verdade.
  • Na cena em que Batatinha está vestido com uma menina tentando distrair Butch e Woim para que Alfafa possa fugir, você pode ouvir Batatinha cantarolando a música tema do clássico seriado. 
  • No final da corrida, quando Alfalfa está deitado na frente do carrinho tentando amarrar o lenço de Darla de volta ao troféu, seus lábios não se mexem quando ele está gritando.
  • Na cena em que Darla e Waldo pegam Alfalfa saindo da piscina na mansão de Waldo, há várias fotos do cachorro latindo em Alfalfa. Atrás do cachorro há um pedaço do conjunto de mansões em miniatura usado naquela cena.
  • Durante a sessão de fotos da comemoração do 20º aniversário, Ross Bagley revelou que improvisou o famoso número “Eu tenho um dólar”.
  • Os produtores queriam que o astro original de “Os Batutinhas”, George ‘Spanky’ McFarland, participasse do filme, mas ele faleceu durante as etapas de pré-produção.
  • Em uma entrevista na TV, foi revelado pelo elenco que, na realidade, as crianças que interpretavam Darla e Batatinha eram namorado e namorada.
  • Marca uma aparência rara em que o futuro presidente dos EUA, Donald Trump, interpretou um personagem em vez de si mesmo.