Um amor chamado Lizzo

Você pode não saber de cabeça o seu nome artístico, mas aposto que já deve ter ouvido algumas de suas músicas em playlists, desde do começo do ano ela se manteve nas paradas musicais, especialmente na Billboard. Melissa Jefferson ou como todos a conhecem pelo seu nome artístico Lizzo, se tornou uma das cantoras  mais influentes da atualidade.

A cantora nasceu em Detroit, mas foi criada no Texas e sempre teve muita influência da música gospel em sua vida, mesmo tendo começado sua carreira musical em uma banda de rock, seu grande amor veio pelo hip hop e R&B. É claro que essa mistura de gêneros em sua musica a torna ainda mais original, suas músicas não saem da cabeça e até o seu recente hit “Juice” é chiclete, mas a diferença é que você nunca enjoa, vai por mim.

Não se engane, não é só a originalidade musical que definem Lizzo, suas músicas também ressaltam o amor próprio e inspiração para todas mulheres, além de criticar o padrão que a sociedade deseja, ela faz duras críticas a como todos enxergam a gordofobia, machismo e feminismo.

Leia mais: Um amor chamado Donald Glover

Lizzo enxerga sua música uma forma de proporcionar a positividade que as pessoas precisam para aceitarem seus corpos. Em uma entrevista a Billboard em 2015 ela disse  “todo mundo está procurando por um artista que ofereça mais do que apenas música“.

E a mensagem de estar confortável na minha própria pele é a razão número um para mim”, ela conta. “É tipo, ‘ela está confortável em seu próprio corpo, posso ouvir a música dela e fingir que eu também me sinto assim por um segundo’. É isso que eu escuto de várias garotas. Elas dizem: ‘Obrigada por fazer música sobre aceitação do seu próprio corpo e obrigada por ser você’. Isso me ajuda a me sentir confortável [na minha própria pele].

Mesmo que só tenha estourado na mídia após o lançamento de o seu terceiro álbum “Cuz I Love You”, não é muito difícil de entender essa conquista, pois a maioria das faixas  são grandes espetáculos para seu ativismo. A artista com seu 31 anos está travando uma batalha por esse reconhecimento há anos, rapper desde adolescência ela soube misturar um gênero em alta como o pop sem esquecer suas origens, conseguiu sozinha e com muito esforço lançar suas próprias músicas até 2012.

As coisas mudaram quando recebeu uma incrível oportunidade em lançar seu primeiro EP “Coconut Oil” pela gravadora Atlantic, após conseguir um destaque como jurada do famoso reality show “RuPaul’s Drag Race”. Ela  também abriu shows de bandas consagradas atualmente como “HAIM” (ouça) e “Florence The Machine”, e entrou para a lista de cantores do Festival Coachella.

Leia mais: Um amor chamado Chloë Grace Moretz

Lizzo segue com uma das mais influentes artistas de 2019. Lizzo não só conquistou uma legião de fãs como também a própria Rihanna por sua música. Selecionamos algumas imagens de seu perfil no Instagram para demonstrar um pouco do amor que sentimos por ela e pela sua carreira musical.

View this post on Instagram

Sco pa tu maaneck my back lick my pussy & my crack

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

PLATINUM PUSSY 💿

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

Ooop! Did I give you a woody? 🥺

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

What’s black, white and juicy all over???

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

Every side is my good side hooooooeeeeeee

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

Can’t tell if I look better w/ or w/out clothes 🤔🥴

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

That’s a wrap on Lizzo! #hustlersmovie 📹

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

HAPPY CUZ I LOVE LIZZO DAY 🥰🥳

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on

View this post on Instagram

REMEMBER THIS???? WHO READY FOR WEEKEND 2 OF #ASSCHELLA

A post shared by Lizzo (@lizzobeeating) on


© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.