Bond Girls – Parte 2

Musas de 007 nos anos 60

Elas são a marca registrada do 007, muito além de rostinhos e corpos bonitos. Em toda sedução de uma Bond Girl se esconde uma história fantástica. Conheça agora a primeira parte da lista completa das Bond Girls, separadas em ordem cronológica de filmes.

Mais de 50 anos da série James Bond, com inúmeras mulheres lindas e inteligentes. De Honey Ryder em Dr. No até Severine em Skyfall.

Aproveitando o lançamento de Spectre, nada melhor do que “aprender” mais sobre todas as Bond girls em um só lugar. E nada melhor para um começo do que os anos de “ouro” da série.

Se você chegou aqui agora, a ordem cronológica das matérias é a seguinte:

 PARTE 1PARTE 2PARTE 3PARTE 4PARTE 5PARTE 6

Os anos 60 deslumbraram os nossos olhos com inúmeras musas no cinema, e em 007 não foi diferente, conheça agora as musas dos filmes de James Bond nesse período. E de quebra saiba um pouco mais a respeito delas.

Ursula Andress

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70
Nacionalidade: Suíça
Filme: 007 Contra o Satânico Dr. No (1962)
Personagem: Honey Ryder

A primeira musa de 007 deslumbrou o público do cinema saindo do mar do Caribe vestindo um biquíni branco com uma grande faca de caça ao seu lado. Ela provou ser imensamente popular entre os fãs e definiu o tom para todas as Bond Girls que viriam depois dela.

Eunice Gayson

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_1
Nacionalidade: Inglesa
Filmes: 007 Contra o Satânico Dr. No (1962) e Moscou Contra 007 (1963)
Personagem: Sylvia Trench

Ela se apresentou na cena de abertura de “Dr. No” como “Trench. Sylvia Trench”.  Se isso não te lembrou algo, acho melhor assistir novamente os filmes de Bond, pois o agente secreto imitou a musa com sua marca “Bond. James Bond”. Trench foi a namorada de Bond nos dois primeiros filmes.

Zena Marshall

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_2
Nacionalidade: Inglesa
Filme: 007 Contra o Satânico Dr. No (1962)
Personagem: Srta. Taro

Uma espiã que trabalhava para o vilão Dr. No. Ela arrumou um emprego na casa do governador em Kingston, Jamaica. E para que ela pudesse roubar arquivos secretos detalhando Dr. No e Crab Key Island, convidou Bond para um jantar em sua casa, onde ela colocou uma armadilha para o agente secreto. No entanto, Bond sabia que existia algo suspeito nesse jantar.

Daniela Bianchi

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_3
Nacionalidade:  Italiana
Filme:Moscou Contra 007 (1963)
Personagem: Tatiana Romanova

Ela trabalhava para a embaixada soviética em Istambul e foi coagida por Rosa Klebb em uma missão de seduzir James Bond. Ela também ajudou a roubar uma máquina Lektor decodificação.

Martine Beswick e Aliza Gur

Bond Girls - Parte 2 - Musas dos anos 60 e 70 4
Personagens em: Moscou Contra 007 (1963)

Martine Beswick

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_4
Nacionalidade: Inglesa
Personagem:Zora

Além de contracenar com Bond nesse filme, ela atuou em Thunderball (1965), como Paula Caplan. Paula ajudou Bond a fazer contato com Domino Derval no longa.

Aliza Gur

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_5
Nacionalidade: Israelita
Personagem: Vida

Kerim Bey levou Bond a um acampamento cigano, onde as duas mulheres lutavam até a morte por um homem: Vida e Zora. A luta foi encerrada quando um assassino atacou o acampamento para tentar matar Kerim Bey, e quando as musas foram seduzidas pelo agente secreto.

Honor Blackman

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_6
Nacionalidade: Inglesa
Filme: 007 Contra Goldfinger (1964)
Personagem: Pussy Galore

O nome dela é bastante sugestivo “Pussy Galore“, uma personagem original de Ian Fleming na trama. Ela tinha um circo voador de mulheres, contratadas por Auric Goldfinger, para voar sobre Fort Knox e jogar gás nos soldados. Isso tudo para que Goldfinger pudesse quebrar o cofre de ouro.

 Shirley Eaton

Bond Girls - Parte 2 - Musas dos anos 60 e 70 8
Nacionalidade: Inglesa
Filme: 007 Contra Goldfinger (1964)
Personagem: Jill Masterson

A mulher que usou binóculos e um pedaço da orelha para ajudar Auric Goldfinger trapacear no jogo de cartas.

Bond Girls - Parte 2 - Musas dos anos 60 e 70 9

Além disso, Bond a encontrou coberta da cabeça aos pés com tinta dourada. Uma das cenas mais marcantes da saga.

Tania Mallet

Tania Mallet
Nacionalidade: Inglesa
Bond Filme: 007 Contra Goldfinger (1964)
Personagem: Tilly Masterson

Ela tentou assassinar Auric Goldfinger em vingança pela morte de sua irmã, e nessa tentativa quase atirou Bond, que teve um interesse acentuado na dela. No processo, os dois foram perseguidos por assassinos de Goldfinger.

Nadja Regin

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_7
Nacionalidade: Sérvia
Bond Filme: 007 Contra Goldfinger (1964)
Personagem: Bonita

Na emocionante de Goldfinger, Bond cuida de alguns negócios inacabados para tomar um banho com Bonita. A excursão acaba por ser uma armadilha. Bonita seduz de Bond para que um capanga deixe-o inconsciente.

Margaret Nolan

Bond Girls - Parte 2 - Musas dos anos 60 12
Nacionalidade: Inglesa
Bond Filme: 007 Contra Goldfinger (1964)

Margaret Nolan ficaria com um dos papéis principais em uma das tramas, mas os produtores eventualmente escolheram Shirley Eaton e Jill Masterson, e Nolan ficou com um papel muito menor: massageando Bond, até Felix Leiter chegar para uma “conversa de homem”.

Claudine Auger

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_14
Nacionalidade: Francesa
Bond Filme: 007 Contra a Chantagem Atômica (1965)
Personagem: Domino Derval

A amante do Agente SPECTRE Emilio Largo. Bond descobre que Largo tinha matado o irmão de Domino, e acha que pode usar esse fato para levá-la para seu lado. Eles se encontram debaixo d’água e Bond consegue convencê-la a conspirar contra Largo.

Luciana Paluzzi

Bond Girls - Parte 2 - Musas dos anos 60 14
Nacionalidade: Italiana
Bond Filme: 007 Contra a Chantagem Atômica (1965)
Personagem: Fiona Volpe

Com a tarefa de seduzir homens em armadilhas, ela era mal-humorada e mais competente do que muitos capangas nos filmes de James Bond.

Molly Peters

Bond Girls - Parte 2 - Musas dos anos 60 15
Nacionalidade: Inglesa
Bond Filme: 007 Contra a Chantagem Atômica (1965)
Personagem: Patricia Fearing

Uma enfermeira que trabalha na clínica de saúde Cerrados, onde Bond tinha sido enviado para se desintoxicar de muitos martinis. Depois de quase ser morto pelo agente SPECTRE, Conde Lippe, Bond ganhou a simpatia de Patricia, e os dois passaram a noite juntos.

Maryse Guy Mitsouko

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_13 (2)
Nacionalidade: Francesa
Bond Filme: 007 Contra a Chantagem Atômica (1965)
Personagem: Mademoiselle La Porte

La Porte foi a ligação francesa de Bond durante seu comparecimento do funeral de Jacques Bouvar. Ela informa a Bond que Bouvar faleceu durante o sono, e quando os dois deixam o funeral, ela se despede dizendo “Existe alguma coisa que eu possa fazer pelo Monsieur de Bond?”, e ele sempre sedutor, diz “Mais tarde, talvez”.

Mie Hama

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_8
Nacionalidade: Japonesa
Bond Filme: Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (1967)
Personagem: Kissy Suzuki

Uma ninja que trabalha para o chefe do serviço secreto japonês: Tiger Tanaka. Ela teve um casamento simulado com James Bond, que passou por uma cirurgia para se disfarçar como um pescador japonês, para que pudessem investigar uma vila sem serem notados.

Akiko Wakabayashi

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_9
Nacionalidade: Japonesa
Bond Filme: Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (1967)
Personagem: Aki

Uma agente sênior do serviço secreto japonês, trabalhando diretamente para seu líder Tiger Tanaka. Ela estava confiante e independente, e enganou Bond, fazendo-o caminhar ao longo de um alçapão, que o catapultou para baixo de uma lâmina de aço que leva para o escritório de Tanaka. Ela dirigia um Toyota 2000GT e salvou a vida de Bond em muitas ocasiões.

Tsai Chin

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_13
Nacionalidade: Chinesa
Bond Filme: Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (1967)
Personagem: Ling

Nas cenas iniciais do filme, Bond é mostrado na cama com Ling. Os dois discutem sobre as meninas chinesas terem um “sabor diferente” de todas as outras meninas. Ling se levanta, aperta um botão e dois homens armados entram na sala para matar Bond.

Karin Dor

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_10
Nacionalidade: Alemã
Bond Filme: Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (1967)
Personagem: Helga Brandt

Ela fingiu se apaixonar por Bond e mudar para o lado dele, só para tentar matá-lo na manhã seguinte.

Diana Rigg

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_11
Nacionalidade: Inglesa
Bond Filme: 007 – A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969)
Personagem: Contessa Teresa di Vicenzo

A garota mais importante na vida de Bond, tornando-se a Sra. Tracy Bond até o final do filme. Começando um relacionamento conturbado, Tracy foi resgatada por Bond quando tentava se suicidar, e ele acabou se apaixonando por ela.

Angela Scoular

Bond-Girls-Parte-2-Musas-dos-anos-60-e-70_12
Nacionalidade: Inglesa
Bond Filme: 007 – A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969)
Personagem: Ruby Bartlett

Um dos “anjos da morte” na clínica suíça de Blofeld. Ela havia sido levada para lá para curar uma alergia de frango, mas foi hipnotizada por Blofeld, como parte de uma conspiração para espalhar um vírus em todo o país. Quando ela conheceu Bond, disfarçada como Hillary Bray, ela discretamente escreveu o número do seu quarto com batom em sua coxa, para que ele pudesse encontrá-la mais tarde naquela noite.

Catherine Schell

Bond Girls - Parte 2 - Musas dos anos 60 23
Nacionalidade: Húngara
Bond Filme: 007 – A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969)
Personagem: Nancy

Nancy estava escondida em seu quarto. Sendo o único homem na clínica suiça, Bond tinha atraído a fantasia de várias das meninas.

Veja também: 007 – Spectre | Saiba mais sobre a nova missão de James Bond!

As Bond Girls são a marca registrada do agente secreto favorito das telonas. Sem elas, ele seria apenas mais um agente secreto. Nos anos 60 elas ganharam o coração do 007 e o amor do público, mas não parou por aí. Não se esqueça de acompanhar as próximas listas das Bond Girls, e de ficar atento com as matérias anteriores.


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.