HQ do Dia | Lucifer Vol.01: Cold Heaven

11 meses atrás ( 01/10/2016 )

Quando fez sua estréia no título escrito pelo genial Neil Gaiman, Sandman, o personagem Lucifer Morningstar logo destacou-se bem mais além de seu mero papel como coadjuvante da série e atraiu com esplendor e facilidade uma gama ampla de leitores, logo consolidando com firmeza a sua base de fãs. Devido a isso, Lucifer Morningstar protagonizou sua própria série solo fabulosamente escrita por Mike Carey entre junho de 2000 e agosto de 2006, contando com um total de 75 títulos.

De todo modo, com o avassalador retorno da VERTIGO Comics ao mercado estadunidense de quadrinhos no final do ano de 2015, um dos personagens mais queridos da mitologia mística dos quadrinhos adultos da DC Comics, retornou em uma nova série própria com muito o que proporcionar aos seus leitores. Bem mais do que isso, é digno ressaltar que Lucifer Morningstar se tornou o primeiro e, até então, único personagem da mitologia Sandman a protagonizar duas séries próprias.

HQ do Dia | Lucifer Vol.01: Cold Heaven

A nova série de quadrinhos Lucifer teve seu lançamento ocorrido junto a série de TV estadunidense da FOX, porém é com felicidade que podemos dizer que a série de TV não influencia em nada quanto o título do personagem. Por sua vez, Lucifer Vol.01: Cold Heaven se trata do primeiro encadernado dessa nova série, cujo apresenta o primeiro arco proposto para o personagem publicado nas seis primeiras edições.

Contextualizando a premissa deste volume, o primeiro arco proposto corretamente invoca o verdadeiro espírito do retorno de um ícone seguido de uma série de eventos que mostram a magnitude de sua influência nos ambientes no qual ele se manifesta. Bem mais do que isso, Deus é dado como morto, o até então retornado Lucifer Morningstar é acusado de seu assassinato e o decadente e derrotado arcanjo Gabriel designado para encontrar e clamar vingança sob aquele que assassinou o Todo Poderoso. Porém, quando confrontado, Lucifer Morningstar se diz inocente e escondendo uma ferida misteriosa, traz uma investigação junto a Gabriel na busca por aquele que poderia ter matado Deus e o Diabo.

HQ do Dia | Lucifer Vol.01: Cold Heaven

Lucifer Vol.01: Cold Heaven não se trata de uma nova temática, ou muito menos se inspira na série de TV do personagem para desenvolver esta nova série. Mas se trata de uma continuação do título anterior, apresentado de tal maneira que não exige de um novo leitor o conhecimento das primeiras aparições de Lucifer Morningstar na série Sandman ou no seu primeiro título solo do personagem, dada à criadora da franquia “As Crônicas de Spiderwick”, Holly Black, no dever de contextualizar a série ao selo. O primeiro encadernado da nova série traz informações o suficiente de uma boa ligação temática entre o título anterior e este novo, com transições fáceis e referenciais ao trabalho de Neil Gaiman e Mike Carey, contrastando com a presença da nova roteirista. Bem como o adorável estilo de escrita, narrativa impecável, ritmo alternado entre as cenas, diálogos que de fato representam a personalidade ácida de seu protagonista e as características dos demais personagens, complementados por bons momentos de ação.

No entanto, Lucifer Vol.01: Cold Heaven não apresenta a esta nova série uma atmosfera altamente mítica e filosófica como o título antecessor, uma vez que a trama proposta por Holly Black não alcança esse pico de prosa florida e devidamente mítica, evidenciado o contraste em relação ao roteirista Mike Carey. Porém, isso não é de todo mal e pode até mesmo ser a verdadeira intenção. Este primeiro encadernado apresenta uma qualidade mais fundamentada, ainda que precise de pequenos re-ajustes, apresentando um certo humor e charme na mistura dos elementos baixos e altos. Ou seja, esta é uma série onde os seres de grande poder são arrastados para a lama da mortalidade e forçados a se adaptarem. É uma série onde a linha entre anjos, demônios e seres humanos começam a se confundir. E talvez esta linha precise de uma borda mais áspera.

HQ do Dia | Lucifer Vol.01: Cold Heaven

Lucifer Vol.01: Cold Heaven tem arte assinada por Lee Garbett, apresentando um traço devidamente agradável e caprichado, com toque clássico e de impacto para esta nova série. É digno ressaltar os aspectos de sua descrição para o personagem protagonista, que é um tanto surpreendente ao chamar a inspiração-base para o cantor inglês David Bowie e impondo uma maestosa graça à distinta cicatriz facial do personagem. Por sua vez, as cores de Antonio Fabela trazem uma coloração adorável, de vibração corajosa e de certa nostalgia em uma bela sincronia para com o traço do artista e a trama da roteirista.

Em suma, Lucifer Vol.01: Cold Heaven é um encadernado que consegue apresentar novas informações e propostas de caminhos para decorrer de uma nova trama, ainda que de relativa facilidade quanto ao “destino” destes caminhos, a medida que continua apresentando um agradável roteiro, de charme e humor, sem perder a fórmula de intensidade das situações propostas e dos personagens envolvidos. A medida que mantém um atrativo encorpamento entre roteiro, arte e cores, retratando-se em uma série cuja leitura é entretida e agradavelmente interessante.

Se interessou por este encadernado? Você pode adquiri-lo através da Saraiva, com disponibilidade apenas no idioma original, que no caso é inglês. No entanto, se (assim como eu) você tem interesse em que ocorra a publicação deste encadernado no Brasil, seria interessante você deixar o seu pedido em mensagem ou através dos comentários na página oficial do facebook da Panini Comics.

Veja também: Lucifer | Review do episódio 2×01 “Everything’s Coming Up Lucifer”


© 2017 Proibido Ler | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro & Baruch Vitorino