HQ do Dia

Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida 1

Muito mais do que alterar sua logomarca e linha editorial, a DC Comics vem para reinventar – e inovar – seus pilares com a sua nova fase, Renascimento. Para os fãs de longa data, um nome familiar que soa muito além de uma chamada tendenciosa ou ferramenta de marketing. Para os que estão se juntando ao material da editora agora, uma oportunidade única de fazer parte de um“clássico” momento que marcará a história da DC Comics.

E neste novo horizonte ao qual se debruça o Universo DC, o dia em que Amanda Waller sempre soube que ia acontecer chegou: a Liga da Justiça finalmente descobriu a existência do Esquadrão Suicida. E é claro que Batman e seus companheiros não aceitarão nada bem a existência de uma equipe formada por vilões com bombas implantadas na cabeça. Será que a Força-Tarefa X vai se entregar sem lutar? Arrisca um palpite?

HQ do Dia | Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida 1

Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida 1 traz algo que qualquer fã da DC, ou até mesmo de quadrinhos, se pergunta ao imaginar uma equipe de super-vilões trabalhando “gentilmente” em prol do governo; o que será que aconteceria se os heróis descobrissem essa trama? Portanto, é com Joshua Williamson no comando do roteiro que nos deparamos com a resposta, ou ao menos uma parcialidade dela, acerca de tal questão exposta a este primeiro encadernado. Sendo um conflito teoricamente interessante, o encadernado por si só, esbanja um ponto bem legal mas que também pode deixar o leitor em potencial com um pé atrás (particularmente, eu mesmo fiquei desde que anunciaram).

Williamson traz em sua narrativa contada de forma clara e objetiva, um exploratório de componentes que por vezes se contrastam. Seu começo é misterioso e captativo, mas a forma como desenvolve o “meio de campo” da trama é um tanto quanto preguiçosa e sem, no mínimo, o fervor requerido pela atmosfera; no que o resultado final da trama proposta permita que o leitor tenha um breve feixe de esperança de empolgar devidamente na continuação deste encadernado. Ou seja, entre trancos e barrancos, Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida 1 torna-se uma leitura de passatempo que faz valer as motivações para se ter o pé atrás quanto a este encadernado teoricamente interessante: isto é, tem-se uma proposta interessante, mas que é trabalhada de forma genérica e resultados finais (ao menos deste encadernado) previsíveis. Resta saber se isso lhe incomoda ou não, leitor/a.

HQ do Dia | Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida 1

Com arte assinada por Jason FabokLiga da Justiça vs. Esquadrão Suicida 1 esbanja de traços detalhados e adoráveis, resultando, de modo geral, num encorpamento que por vezes supera o destaque da trama e toma a atenção para si… caralhas, é arte de Jason Fabok!! Quanto as cores, comandadas por Alex Sinclair, temos uma apresentação feita de forma harmoniosamente atrativa, complementando a proposta do roteiro, bem como reforçando a devida e captativa presença da arte no encadernado.

No mais, em uma análise geral, Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida 1 é um encadernado cuja trama apresentada é teoricamente interessante, mas trabalhada de forma a compensar-se em uma leitura de passatempo cujo gosto é relativo. Ainda, traz elementos artísticos apresentados, de maneira geral, agradavelmente e de harmonioso visual.


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.