HQ do dia

Cyclops #1

O que você faria se fosse um adolescente órfão e depois de anos vivendo sem os pais descobrisse que seu pai estava vivo e é um pirata espacial? É lógico que você iria pro espaço com ele.
CyclopsEsta é a premissa de Cyclops de Greg Rucka. O jovem Ciclope (pra quem não está por dentro esse é o Scott Summers novinho que foi trazido do passado junto com os X-Men originais. Não me culpe. Culpe Brian Michael Bendis) joga tudo que é X-Men pro alto e vai pro espaço trabalhar com o papai.
O tom da revista é muito diferente de tudo que já li deste autor e apesar disso é muito familiar. A história tem bastante diálogo, é alegre, não tem nenhum drama e é uma espécie de fábula espacial de reencontro entre pai e filho. Nesse aspecto consigo detectar boa dose de Greg Rucka no título, pois isso está longe de ser uma HQ de super-herói. Cyclops trata sobre relacionamentos familiares e é uma história sobre pessoas reais com sentimentos reais.
A primeira edição mostra os primeiros dias do jovem Scott Summers a bordo do Cruzador Estelar dos Piratas Siderais e tudo aqui transpira fantasia e aventura sci-fi. Todo o cast da HQ com a tripulação da nave é muito legal e é bem divertido ler sobre a relação entre o Scott e sua nova madrasta, a linda alienígena Hapzibah.
A arte de Russel Dauterman é linda. Lembra um pouco Olivier Coipel em alguns quadros, mas as expressóes faciais de Dauterman são muito mais definidas e o enquadramento nas cenas de ação é excelente.
Cyclops é a prova de que qualquer cagada (no caso aqui trazer os X-Men do passado) que a Marvel possa produzir pode sim ter algum valor se for tratada de maneira honesta nas mãos de uma boa equipe criativa. Greg Rucka escreve Scott Summers como o adolescente que todos nós somos ou já fomos em algum momento da vida e Corsário é o pai que todos nós em algum momento da vida desejamos de ter.


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.