Séries de comédia | Relembre os vilões mais queridos que marcaram gerações
in

Séries de comédia | Relembre os vilões mais queridos que marcaram gerações

Veja lguns vilões de séries que ditam tom das cenas e gostam de roubar holofotes para si

As séries de comédia são conhecidas por arrancar risos do telespectador, através das enrascadas que os protagonistas se metem. No entanto, muitos “vilões” ou “inimigos” dos protagonistas gostam de roubar a cena e acabam se tornando personagens marcantes e populares, por virar a vida dos personagens principais de cabeça para baixo e atormentá-los sem parar.

Veja uma lista com os antagonistas que ganharam esse papel de destaque e conquistaram o público das telinhas.

Conde Olaf (Desventuras em Série)

Séries de comédia | Relembre os vilões mais queridos que marcaram gerações

Desventuras em Série é uma coleção de livros que já recebeu adaptações em forma de filme e, mais recentemente, em série de TV. O vilão caricato Conde Olaf persegue os órfãos Baudelaire para roubar a fortuna deixada por seus pais, criando inúmeros disfarces na tentativa de enganá-los. No filme de 2004, ele é interpretado por Jim Carrey, que recebeu elogios pela forma exagerada e cruel em que atua no personagem.

Já na série de 2017 é Neil Patrick Harris quem recebe a missão de representá-lo, de maneira um pouco mais fiel aos livros, com caracterização igualmente caricata e com uma crueldade mais profunda. A série para televisão chegou a ser indicada ao Emmy duas vezes para o prêmio de Melhor Programa Infantil.

Ursula Buffay (Friends)

Séries de comédia | Relembre os vilões mais queridos que marcaram gerações

A gêmea “do mal” de Phoebe teve poucas aparições na série, mas se destacou nas cenas em que teve oportunidade. Ursula é conhecida por tentar, de todas as formas, estragar a vida da irmã, a insulta repetidamente e também já roubou seus namorados.

O feito mais marcante e engraçado da personagem é quando Phoebe descobre que a gêmea usava seu nome como pseudônimo para estrelar filmes eróticos. A atriz multipremiada Lisa Kudrow interpretou ambas as personagens na série.

Mr. Burns (Os Simpsons)

Séries de comédia | Relembre os vilões mais queridos que marcaram gerações

O riquíssimo dono da usina em que Homer trabalha é conhecido por ser um homem egoísta, cruel e abusivo com seus empregados. Ele é uma caricatura de grandes empresários que buscam apenas enriquecer às custas dos outros, tirando vantagens e exigindo coisas absurdas daqueles que trabalham para ele.

Por conta de sua idade avançada, ele é apresentado como um senhor frágil e senil, mas que não perde o prazer em ver os outros sofrendo na sua mão.

Regina Mills (Once Upon a Time)

Séries de comédia | Relembre os vilões mais queridos que marcaram gerações

Uma das favoritas dos fãs da série, Regina é a Rainha Má do conto da Branca de Neve, que se encarrega de incomodar todos os habitantes da cidade de Storybrooke desempenhando seu papel como prefeita. Com o avanço das temporadas, ela se redime com os protagonistas da série, mas sem perder a sua essência impiedosa, sendo uma peça-chave para enfrentar novos inimigos que aparecem para assombrar os personagens dos contos de fada.

A atriz Lana Parrilla se encarrega do papel, apresentando de forma extraordinária todas as nuances da personagem multifacetada.

Sue Sylvester (Glee)

Séries de comédia | Relembre os vilões mais queridos que marcaram gerações

Sue é a treinadora do time de líderes de torcida da comédia musical Glee. A atriz Jane Lynch dá vida à personagem de maneira brilhante, conquistando prêmios de Melhor Atriz Coadjuvante, como o Emmy e o Globo de Ouro, pelo papel. Arrogante e com um ego enorme, a personagem sonha em acabar com o clube de coral da McKinley High School “New Directions” e destruir o sonho do Mr. Shue, o professor responsável pelo grupo, além de praticar bullying e perseguir os estudantes.

Por trabalhar com um tipo de atividade física, a treinadora é obcecada por suplementos alimentares, como BCAA, creatina e whey protein, para manter a sua boa forma e a de suas alunas.

E aí, curtiu?

Escrito por Bruno Fonseca

Fundador e editor-chefe do PL. Jornalista apaixonado por quadrinhos, filmes, games e séries.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

Loading…

0
Resenha de Parágrafo #2 | American Horror Story Double Feature, Chucky e mais

Resenha de Parágrafo #2 | American Horror Story Double Feature, Chucky e mais

HQ do Dia | Batman: O Impostor – Mattson Tomlin