in

Gamers | Mulheres são agora a maioria!

De acordo com a pesquisa Game Brasil 2016 divulgada nesta quarta-feira, as mulheres já representam 52,6% do público que joga games no Brasil. Isso mesmo, o público feminino se tornou majoritário. Esta é a terceira edição do levantamento que busca traçar o perfil dos brasileiros que jogam videogame. O estudo é feito pela agência de tecnologia interativa Sioux, a empresa de pesquisa especializada em consumo Blend New Research e a Game Lab, divisão da ESPM dedicada à experimentação e pesquisa de jogos.

Gamers Mulheres são agora a maioria 1

A Game Brasil 2016 ouviu 2.848 pessoas de 26 estados e do Distrito Federal entre os dias 15 e 26 de fevereiro de 2016.

alanah-pearce-a-youtuber-que-se-livrou-dos-trolls-com-ajuda-das-maes-deles_1

Veja também: Alanah Pearce, a Youtuber que se livrou dos trolls com ajuda das mães deles!

A pesquisa do ano passado, divulgada durante a Campus Party 2015, já indicava uma maior presença do público feminino brasileiro no segmento de games. Em 2013, elas respondiam por 41% do total de jogadores, porcentagem que saltou para 47,1% na Game Brasil 2015.

“No ano passado já havia o indicador de que as mulheres brasileiras superariam os homens no mercado de jogos em um curto espaço de tempo e isso se concretizou. Porém, o tempo que elas jogam é menor do que o do sexo oposto e o estilo de jogos que elas preferem também caracteriza um comportamento mais casual”, diz em nota Guilherme Camargo, CEO da Sioux.

Gamers Mulheres são agora a maioria8

O principal dado da Game Brasil 2015 era a revelação da plataforma mais popular entre os jogadores brasileiros: smartphones, com 82,1% dos entrevistados afirmando que jogam no celular. Neste ano o número caiu um pouco, mas os telefones ainda lideram com 77,2%, seguido por computadores (66,9%) e consoles (45,7%). No entanto, apenas 11% do público se considera jogador de verdade.

Gamers Mulheres são agora a maioria 5

Em termos de preferência, a disputa, assim como no passado, é mais acirrada. 34,4% dos entrevistados dizem preferir jogar no smartphone, com 30,1% respondendo computadores e 29,9%, consoles.

Quanto aos consoles, o Xbox 360 da Microsoft se mantém líder de popularidade e preferencia. De acordo com a Game Brasil 2016, 40,9% dos entrevistados usam um Xbox 360, seguido do PlayStation 2 (35,3%) e PS3 (29,5%). No quesito preferência, o console lidera com 31,9%, seguido pelo PlayStation 4, com 24,7%.

O crescimento do cenário competitivo em games MOBA como League Of Legends e Dota 2, além de outros games MMO como Counter-Strike: Global Offensive fez com que a Game Brasil 2016 incluísse os esportes eletrônicos na pesquisa.

Gamers Mulheres são agora a maioria 6

Os dados mostram que a maioria dos entrevistados nunca participou de um campeonato (63%). Já 33,6% do público diz que já disputou competições entre amigos, e só 3,4% já participaram de eventos “grandes”, com organização oficial e premiação.

Dos entrevistados que já disputaram um campeonato profissional, 18,6% dizem tê-lo feito por uma equipe profissional, contra 81,4% de equipes amadoras. 72,5% afirmam nunca ter ganhado nenhum dinheiro jogando games.

A Game Brasil 2016 também perguntou sobre a audiência de eventos de eSports. 26% de todos os participantes da pesquisa dizem ter assistido a algum tipo de campeonato profissional: 71,2% pela internet, 34,5% presencialmente, no local da disputa.

Gamers Mulheres são agora a maioria 3

Veja também: Toxicidade da comunidade: Por que devemos bater de frente (COMO JEDIS!)

E aí, curtiu?

Escrito por Jefferson Venancius

Escritor, redator, roteirista e músico. https://conde.carrd.co

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

HQ do Dia | Spirou e Fantasio: Um Feiticeiro em Champignac

Sword Art Online: Hollow Realization | Disponibilizado trailer de gameplay