Resenha – Ano Hana

Você chora? Vai chorar

Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai (Nós ainda não sabemos o nome da flor que vimos naquele dia), mais carinhosamente conhecido como Ano Hana foi lançado em 2011 e tem apenas 11 episódios. 

Você gosta de animes mas nunca viu Ano Hana? Assista. Você não gosta de anime mas veio ler a resenha por curiosidade? Assista. Antes de me adentrar nos pormenores dessa resenha eu já deixo aqui um pequeno apelo: Você não sente curiosidade em conhecer animes? Ok. Não veja animes, mas veja Ano Hana.

Certo, partindo do pressuposto de que meu apelo ao menos despertou a sua curiosidade, sigo agora para a resenha propriamente dita.

Resenha - Ano Hana | Você chora? Vai chorar

Ano Hana conta a história de seis amigos que se afastaram após Meiko “Menma” Honma – integrante desse grupo- morrer em um acidente. Dez anos se passaram desde a tragédia e Jinta “Jintan” Yadomi – outro membro do agora extinto grupo de amigos – se tornou um garoto quieto, isolado da sociedade. Em um dia de verão qualquer, Menma aparece para Jintan com uma aparência mais velha e diz que precisa realizar seu desejo para cumprir o seu destino, mas o problema é que ela não se lembra qual desejo é esse. Jintan decide então reunir seu antigo grupo de amigos na esperança de que, juntos, possam descobrir que desejo é esse que Menma precisa realizar antes de conseguir partir definitivamente. 

Resenha - Ano Hana | Você chora? Vai chorar

Porém, a reunião do grupo de amigos necessariamente implica em trazer à tona sentimentos que estavam adormecidos durante dez anos. Os jovens terão que lidar com seus sentimentos mal resolvidos e conflitos internos que foram deixados de lado. O que o grupo logo percebe é que esse esforço que farão para ajudar Menma será, ao mesmo tempo, o esforço necessário para que eles possam ajudar a si mesmos.

Todos os episódios são emocionalmente carregados e densos. A perfeição com que a história foi desenvolvida permite à quem está assistindo realmente sentir a luta interna que os personagens estão vivenciando, ao se verem reunidos após tantos anos para ajudar uma amiga que já os deixou há dez anos, e ao mesmo tempo terem que se deparar com aquela dor que decidiram esconder ao invés de enfrentar. A profundidade com que isso é mostrado é tocante, no mínimo.

Resenha - Ano Hana | Você chora? Vai chorar

Conforme a possibilidade de realizar o desejo de Menma vai se tornando real, a realidade bate e Jintan percebe que, uma vez que o desejo seja cumprido, Menma vai embora e dessa vez para sempre. Nesse momento é possível acompanhar a dor do garoto em perder sua amiga mais uma vez, momento em que ele se vê indeciso se realmente deseja prosseguir com os esforços para ajudá-la ou se abre mão disso e, em troca, ela não iria embora nunca.

O que faz com que você involuntariamente se sinta conectado com o anime é que a partir de um determinado momento você acaba se colocando no lugar daqueles garotos e isso pode gerar muitos questionamentos sobre como você reagiria à uma situação hipotética dessas. E se essa possibilidade de se conectar ao sentimento dos personagens já é grande durante os episódios, conforme o desfecho vai se aproximando é praticamente impossível não questionar a si mesmo sobre a decisão que você tomaria. Afinal, você realizaria o último desejo de um grande amigo para que ele pudesse ir embora definitivamente? Deixar alguém que você ama partir ou não?

Resenha - Ano Hana | Você chora? Vai chorar

A animação é linda, o traço é delicado e suave como a própria história em si. Os sentimentos são muito bem passados pelas expressões e a trilha sonora beira a perfeição. A abertura de Ano Hana é tão brilhante em sua letra e melodia que até hoje quando a escuto me deixo emocionar lembrando da história. O tom em que é cantada, com um misto de tristeza e alegria (que muito remete ao sentimento do grupo de amigos durante todo o anime), a mensagem que ela passa, somada à animação usada. Simplesmente genial. Uma obra prima, eu ouso dizer.

Ano Hana é um dos meus animes favoritos e acho que todos, mesmo aqueles que não veem animes, deveriam assistir. Além de proporcionar uma reflexão, a história aborda muito os preceitos de amizade e definitivamente é uma experiência muito cativante de se vivenciar. 

Resenha - Ano Hana | Você chora? Vai chorar

Caso eu tenha conseguido convencer você, leitor, a assistir esse anime, eu deixo aqui o meu desafio: Tente… apenas tente não chorar no último episódio.

Confira o trailer e em seguida a música de abertura:

Gostou? Tem mais!

Clique e leia: Resenhas de animes e mangás


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.