Victor e Valentino | Os cômicos terrores de uma grande cultura

Leia em: 3 minutos

Sendo uma série animada criada por Diego Molano e exibida pelo Cartoon Network, “Victor e Valentino” bem destaca-se entre as animações modernas ao trazer os irmãos na busca de aventuras na pacata cidade de Monte Macabro, cuja atmosfera é cercada pelos mais diversos acontecimentos sobrenaturais.

Em um primeiro momento, “Victor e Valentino” não apresenta uma premissa conceitual necessariamente singular, visto que acompanhamos os dois protagonistas lidando com as estruturas cômicas de suas aventuras banhadas em terrores; o que, até certo ponto, muito me remeteu a animações clássicas como “As Aventuras de Billy e Mandy”. No entanto, é certo que “Victor e Valentino” consegue executar tais elementos de maneira tão interessante e que sua singularidade facilmente emerge a audiência que a contempla.

Leia mais: Kuroko no Basket | Basquete e trabalho em equipe

Victor e Valentino | Os cômicos terrores de uma grande cultura

Cada qual a sua maneira, Victor e Valentino são protagonistas marcantes ante ao relacionamento dinâmico e forte que possuem. Mais do que laços sanguíneos, ambos são genuínos amantes da aventura que bem materializam a ousadia e alegria de encarar os muitos desafios que a vida lhe apresenta enquanto nos desenvolvemos como pessoas – sejam eles familiares, sociais e/ou culturais. Digo, Victor e Valentino tampouco se limitam em serem personagens “instrumentais” para dar somente vida ao seu universo folclórico, mas satisfatoriamente os contextualizam ante as mensagens que suas aventuras tão francamente passam a sua audiência.

Mas não o suficiente destacar os protagonistas, a série animada de “Victor e Valentino” propõe um elenco de apoio igualmente atrativo, dinâmico e divertido de se acompanhar. Sendo interessante notar que além de complementarem os contextos aventurescos dos irmãos, tais personagens tendem também a materializar suas próprias mensagens de forma simplória e lúdica. O que fortifica também a unicidade dessa animação moderna.

Leia mais: Ele é fera nas tatuagens de Dragon Ball e Naruto 

Victor e Valentino | Os cômicos terrores de uma grande cultura

Ainda sim, “Victor e Valentino” presenteia sua audiência com uma singularidade focada não necessariamente nos seus personagens, mas sim no universo na qual eles são abraçados. Onde ao ser forte e essencialmente inspirada nos elementos da cultura latino-americana, nos põe frente a terrorosas aventuras regadas de um folclore rico e majestoso sem perder a oportunidade de ensinar ludicamente sobre. Como se fosse quem nos relata os contos, lendas e tramas de geração a geração. E de verdade, é enriquecedor e satisfatório vislumbrar tal elemento.

Leia mais: 21 melhores filmes do Studio Ghibli

Por fim e bem como “Ursos Sem Curso”, “Victor e Valentino” é uma série animada que naturalmente faz a alegria de crianças e recompensa bem os jovens e adultos que se proponham a dedicar horas de entretenimento com esta animação aparentemente despretenciosa, mas cheia de ensinamentos, diversão, terrores folclóricos e momentos cômicos.