Qual será o futuro do universo expandido da DC Comics no cinema?
in

Qual será o futuro do universo expandido da DC Comics no cinema?

“The Batman”, “Flashpoint” e outras apostas para o universo cinematográfico da editora

Pra responder à pergunta do título dessa matéria temos que visitar o passado um pouco. A DC começou com filmes lá trás, o primeiro que se lembram é o “Superman – O Filme” (1978), com Christopher Reeve, que foi um marco para os filmes de super-heróis. E aí teve o “Batman” (1989), ,do Tim Burton, que nos trouxe um morcego bem fiel às HQs na época. E mais recentemente Cristopher Nolan e Christian Bale nos entregaram uma trilogia sensacional do Homem-Morcego.

O passado recente da DC Comics nos deixa com um pé atrás para o futuro da editora.

Qual será o futuro do universo expandido da DC Comics no cinema?

“Homem de Aço” (2013), a história de origem do Superman foi bem aceita e um bom filme para quem gosta do herói trazendo um pouco mais da mitologia do Kryptoniano. Porém, logo em seguida, veio com “Batman vs Superman  – A Origem da Justiça” (2016), que sim é um filme OK, porém o final “Martha” estraga o que tava legal. E isso é meme até hoje. Para fechar “Esquadrão Suicida” (2016) veio para ser um dos piores filmes da história da DC, só Margot Robbie se salva lá. “Liga da Justiça” (2017) vamos nem falar nada né, porque tem muita coisa errada lá e um filme esquecível para grande parte dos fãs.

Com tantos erros e poucos acertos, muita gente estava com um pé atrás com os próximos filmes da editora: Mulher-Maravilha e Aquaman, principalmente esse segundo. Os trailers animavam, mas não convenciam.

O primeiro a chegar foi o filme com a Gal Gadot e é o melhor da nova era da DC Comics e trouxe um alívio para os fãs com o sentimento: agora acertou a mão e vai dar certo.

“Aquaman” (2018), com Jason Momoa, chegou para concretizar esse pensamento. Um grande filme do James Wan.

“Shazam” (2019) tem uma pegada um pouco infantil para a atuação que a DC quer dar nos cinemas, apesar que “Mulher-Maravilha” trouxe um tom leve para os filmes da editora. Mas é uma estratégia para atrair um público jovem. Pode ser que esse filme do Adão Negro chegue para atrapalhar os planos da DC na linha temporal, já que mexe com a magia e com Egito Antigo.

Qual será o futuro do universo expandido da DC Comics no cinema?

O filme chave dessa nova era é o do Flash e vou explicar o porquê.

Já foi anunciado aos quatro cantos do mundo que o longa do velocista será baseado em ‘Ponto de Ignição’, que nos quadrinhos mudou toda linha do tempo principal, já que Flash volta no tempo e salva sua mãe, que deveria ter morrido. E isso tem consequências em todo universo. Então tudo que aconteceu em todos filmes do DCEU serão simplesmente esquecidos, então como assistir algo que você sabe que foi modificado?

Mas aí tem a chave de tudo pode ser o próprio “Flashpoint”, como você me pergunta e eu te respondo. O filme trará uma nova linha do tempo totalmente nova e com retorno do Michael Keaton como Batman, porém no final do filme vendo a cagada que fez, o Flash poderia desfazer as mudanças, mas e se os filmes da Mulher-Maravilha e Aquaman já fizerem parte dessa velha-nova linha do tempo, porque mesmo voltando tudo ao ‘normal’, mudanças acontecem durante os desenrolar do tempo.

É uma saída pra DC não desperdiçar o bom trabalho que vem fazendo com os últimos longas, resta esperar agora se os próximos filmes vão ter essa pegada ou vão decepcionar novamente.

Qual sua aposta?

E aí, curtiu?

Escrito por Rodrigo Bocatti

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0
Os melhores games lançados em 2020

Os melhores games lançados em 2020

Need for Speed: Hot Pursuit | Um remaster melhor que o original

Need for Speed: Hot Pursuit | Um remaster bem melhor que o original