in

Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995) e Zodíaco (2007)

Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995) e Zodíaco (2007). No papel, ambos são muito similares – os dois giram em torno da caçada por um enigmático e cruel assassino. Ambos trazer bons personagens e um ótimo vilão. Ambos são dirigidos por David Fincher. Entretanto, por mais que se pareçam superficialmente e compartilhem muitas semelhanças visuais, esses filmes são completamente diferentes. E completamente desiguais.

Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995) e Zodíaco (2007) são parte de diferentes momentos da carreira do diretor David Fincher. “Seven” é mais vívido, “Zodíaco” é mais cru; “Seven” é evocativo, “Zodíaco” tem seu próprio tempo e se desenrola de forma contínua, lenta, rítmica; “Seven” é uma explosão de energia, “Zodíaco” é quase como assistir um drama; Particularmente, sempre preferi o primeiro (Seven), o selvagem em vez do constante – especialmente quando se trata de uma trama sobre o quão cruel e primitiva uma pessoa pode ser.

Vamos recapitular o importante sobre cada obra:

Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)
Direção: David Fincher
Sinopse: Dois policias – o jovem e impetuoso David Mills (Brad Pitt), que passou cinco anos na divisão de homicídios, e o maduro, culto e prestes a reformar-se William “Smiley” Somerset (Morgan Freeman) – são encarregados de uma perigosa e intrigante investigação: um serial killer que baseia os seus assassinatos nos sete pecados capitais.

Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)

Zodíaco (2007)
Direção: David Fincher
Sinopse: 1º de agosto de 1969. Três cartas diferentes chegam aos jornais San Francisco Chronicle, San Francisco Examiner e Vallejo Times-Herald, enviadas pelo mesmo remetente. A carta enviada ao Chronicle trazia a confissão de um assassino e as três juntas formavam um código que supostamente revelaria a identidade do criminoso. O assassino exigia que as cartas fossem publicadas, caso contrário mais pessoas morreriam. Um casal de Salinas consegue decodificar a mensagem, mas é Robert Graysmith (Jake Gyllenhaal), um tímido cartunista, quem descobre sua intenção oculta: uma referência ao filme “Zaroff, o Caçador de Vidas” (1932). Os assassinatos e as cartas se sucedem, provocando pânico na população de San Francisco.

Observe:
Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)
Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)
Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)
Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)
Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)
Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)
Paralelos Visuais | Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995)  e Zodíaco (2007)

Veja também: Paralelos Visuais | Taxi Driver (1976) e Drive (2011)

Quais filmes também apresentam paralelos visuais e poderiam ser o tema do próximo post? Comente!

E aí, curtiu?

Escrito por Louise

Amo, respiro e me alimento de quadrinhos, acho completamente normal se envolver emocionalmente com personagens de séries e filmes, e já vou avisando: NÃO MEXA COM MEUS HERÓIS!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Scream Queens | Emma Roberts, bolas de chiclete e sangue em novo teaser

Death Note | Live-Action hollywoodiano terá diretor de filmes de terror