Curiosidades sobre Nasce Uma Estrela (2018)

Em 2018, o terceiro remake do clássico Nasce Uma Estrela chegava às telonas com uma perspectiva original sobre o conturbado conto de fadas entre dois artistas, colocando um novo nome da indústria do entretenimento para eternizar a conhecida versão da ingênua e sonhadora aspirante à cantora que vê sua vida mudar por completo ao cruzar caminhos com um astro do rock e, dessa forma, ganhar uma fama incomensurável que trouxe consequências inesperadas para seu cotidiano outrora comum e monótono.

Lady Gaga vive Ally, substituindo Barbra Streisand na versão de 1977, que acabou por insurgir como a mais famosa das iterações da narrativa. Aqui, Ally é uma garçonete que se apresenta em um clube de drag queens e ganha a atenção de Jackson (Bradley Cooper), que mergulha de forma aplaudível em uma personalidade movida pelo vício, pela fama e pela inconsequente paixão de desejar ter controle sobre tudo e, por fim, não ter controle sobre nada. Cooper, por sua vez, toma o papel em mãos de Kris Kristofferson, fornecendo-lhe uma construção nostálgica e moderna ao mesmo tempo, bem como uma belíssima atuação.

Apesar das ressalvas que acompanharam as produções, o longa-metragem tornou-se uma das surpresas do ano passado, sendo indicado a oito estatuetas do Oscar e colocando ambos os nomes em questão em um patamar muito mais elevado daqueles que já carregavam. Gaga levou para casa diversos prêmios por sua atuação e a composição de “Shallow”, canção original que compôs ao lado de Mark Ronson, enquanto Cooper foi aclamado por sua direção, atuação e roteiro – além de ter se mostrado uma versatilidade apaixonante com sua performance musical.

Porém, apesar do alvoroço que causou com sua estreia no Festival de Veneza e o grandioso público mundial que conseguiu alcançar, muitas coisas podem ter passado despercebidas por parte dos fãs. E, por essa razão, resolvemos separar algumas curiosidades interessantes sobre os bastidores da produção.

Confira abaixo nossa nova matéria especial e não se esqueça de deixar seu comentário, bem como sugestões para matérias futuras!

  • Bradley Cooper disse que Lady Gaga foi quem o convenceu de que ambos deveriam cantar ao vivo. Gaga havia dito que odiava assistir a filmes em que os atores não faziam a dublagem do modo correto para as músicas e, para evitar isso, precisavam realmente performar.
  • A arte imita a vida: assim como seu personagem Jackson, Cooper também lidou com alcoolismo e vício de drogas.
  • Após a estreia do filme no Festival de Veneza, Gaga e Cooper receberam uma ovação de pé pelo público durante oito minutos.
  • Lukas Nelson, filho do famoso cantor country Willie Nelson, ensinou Cooper a tocar violão para a produção.

  • A maior parte das cenas com as drag queens Shangela e Willam não foi roteirizada. Ambas improvisaram a maioria das falas.
  • “Shallow” tornou-se a canção mais premiada da história da indústria musical, com arrecadação de 32 prêmios. A conquista desbancou Beyoncé, que carregava consigo o patamar com 28 prêmios por “Formation”.
  • As gravações do filme duraram apenas 42 dias.
  • A trilha sonora de Nasce Uma Estrela ficou no topo da Billboard 200, tornando-se o primeiro #1 de Cooper e o quinto de Gaga em suas carreiras.
  • Gaga e Judy Garland, que encarnou a protagonista na versão de 1954, tinham a mesma idade quando estrelaram em seus respectivos filmes.

  • No prelúdio da concepção do projeto, a Warner Bros. havia cogitado a participação de Beyoncé como Ally. Porém, a gravidez e entraves com seu cronograma de apresentações impediram sua participação.
  • O filme originalmente seria dirigido por Clint Eastwood. Porém, o aclamado cineasta entregou seu projeto a Cooper por confiar bastante em suas habilidades.
  • Barbra Streisand compareceu a alguns ensaios para auxiliar Gaga a capturar a essência da personagem.
  • Christian Bale, Leonardo DiCaprio, Tom Cruise, Johnny Depp e Will Smith também foram considerados para o papel de Jackson.
  • Gaga guardou para si vários souvenires do filme, incluindo a camiseta favorita de Jackson, o caderno de composições de Ally e uma garrafa de Bubble da cena romântica na banheira.

  • Diversas cenas foram gravadas durante a tour “Joanne”, mais precisamente no show do dia 09 de agosto de 2017, em Los Angeles, Califórnia.
  • Na primeira vez em que conhecemos o pai de Ally, é possível ver uma foto de Stefani Germanotta (nome real de Gaga), ao fundo.
  • Will Fetters, responsável pelo roteiro ao lado de Cooper, declarou ao site Collider que a narrativa foi inspirada pela vida de Kurt Cobain.
  • Esse foi o primeiro remake a mudar os nomes dos personagens principais. Nas versões antigas, Norman e Esther ganhavam os holofotes do complicado enlace romântico.
  • Nasce Uma Estrela foi a estreia diretorial de Cooper nos cinemas.

VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.