20 filmes que abordam sexo e erotismo de diferentes formas

Sexo no cinema sempre foi motivo de muita polêmica. E como polêmica é um prato cheio para bons filmes, nada melhor que uma boa lista.

Mas afinal, qual o problema de abordar algo que a maioria das pessoas gosta? Pra quê tanto tabu com sexo? Honestamente, eu não vejo nenhum motivo para tanto alarde. Principalmente quando o filme é repleto de arte e inteligência na hora de abordar o tema e suas diversas vertentes.

Uma história bem contada sobre sexo e deixa de ser pornográfica e se torna erótica, dramática e até mesmo apavorante. Muita gente se perde na hora de definir o gênero de um filme que aborde as fantasias e experiências sexuais de um determinado personagem. Uma confusão que pode condenar um título para sempre.

Visando isso, preparei essa lista repleta de filmes que abordam sexo, de gêneros diversificados. Porque ninguém é obrigado a ser sexy sem ser vulgar o tempo todo, muito menos a achar que porno é a mesma coisa que sexualidade no cinema.


1. Shame (2011)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-1

Direção: Steve McQueen

Na trama, que se dedica a explorar as necessidades humanas e como as pessoas reagem às experiências que as moldam, Fassbender vive Brandon, um novaiorquino de 30 anos que não consegue controlar sua vida sexual. Não bastasse os efeitos do seu vício em sexo, Brandon terá que se entender com as cobranças diárias de seu chefe, David (James Dale), e, nesse meio tempo, amadurecer a relação com a sua irmã, Sissy (Mulligan).

2.Um Quarto em Roma (2010)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-2

Título original: Habitación En Roma
Direção: Julio Medem

As jovens Alba e Natasha se conhecem ao acaso em uma noite do verão de 2008 em Roma, onde passam doze horas juntas em um quarto de hotel. A princípio resistentes a qualquer tentativa de aproximação, temendo pôr em risco os relacionamentos reais que cultivam no exterior desse microcosmo, as duas acabam cedendo a seus instintos mais inesperados, numa entrega apaixonada a uma liberdade e erotismo que nunca experimentaram. No entanto, na tarde do dia seguinte, as duas devem embarcar em aviões com destinos distintos: uma irá para a Espanha, a outra para a Rússia.

3. O Império dos Sentidos (1976)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-3

Título original: Ai no Korîda
Direção: Nagisa Ōshima

A história de uma ex-prostituta que se envolve em um caso de sexo e amor obsessivo com o senhorio de uma propriedade onde ela trabalha como criada. O que começa como uma diversão inconseqüente transforma-se em uma paixão que ultrapassa todos os limites.

4. Último Tango em Paris (1972)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-4

Título original: Ultimo tango a Parigi
Direção: Bernardo Bertolucci

Um dos filmes mais polêmicos do cinema. Enquanto procura um apartamento em Paris, uma bela jovem (Maria Schneider) conhece um americano (Marlon Brando), cuja esposa recentemente cometeu suicídio. Instantaneamente um deseja o outro ardentemente e iniciam naquele momento um tórrido affair. Eles combinam que não revelariam nada de suas vidas, nem mesmo seus nomes, sendo que o objetivo dos encontros seria basicamente sexo. Mas gradativamente os acontecimentos vão fugindo do controle de ambos.

5. A Professora de Piano (2001)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-5

Título original: La Pianiste
Direção: Michael Haneke

Erika Kohut (Isabelle Huppert) trabalha como professora de piano no Conservatório de Viena. Ela não bebe nem fuma, vivendo na casa de sua mãe (Annie Girardot) aos 40 anos. Quando não está dando aulas Erika costuma frequentar cinemas pornôs e peep-shows, em busca de excitação. Logo ela inicia um relacionamento com Walter Klemmer (Benoît Magimel), um de seus alunos, com quem realiza vários jogos perversos.

6. Caligula (1979)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-6

Direção: Tinto Brass

Calígula é uma das produções mais polêmicas já lançadas, justamente devido a suas cenas de sexo explícito. O filme mostra as perversões sexuais do louco imperador romano Calígula (Malcolm McDowell), que mantém um caso com sua própria irmã e é casado com uma prostituta, além de organizar várias orgias e peversões sexuais em seu império. Ele também é cercado de vários falsos bajuladores que desejam vê-lo longe do poder.

7. Sexo, Mentiras e Videotape (1989)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-7

Título original: Sex, Lies, and Videotape
Direção: Steven Soderbergh

Um advogado (Peter Gallagher) enfrenta problemas de caráter sexual com sua mulher (Andie MacDowell) e tem um caso com a cunhada (Laura San Giacomo), mas algo acontece com a chegada de um amigo (James Spader) de infância do marido, que grava em vídeo o depoimento de mulheres que falam da vida sexual que levam.

8. De olhos bem fechados (1999)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-8

Título original: Eyes Wide Shut
Direção: Stanley Kubrick

O último e mais ousado filme de Stanley Kubrick são muitas coisas. É uma constrangedora jornada psicossexual. Uma assustadora alucinação. Um grande marco nas carreiras dos astros Tom Cruise e Nicole Kidman. É um “valoroso capítulo final para a carreira de um grande diretor” (Roger Ebert, do Jornal Chicago Sun-Times). Cruise interpreta o Doutor William Harford, que é jogado numa aventura erótica que ameaça a seu casamento – e envolvendo-o em um misterioso caso de assassinato – depois que sua esposa (Kidman) admite ter desejos sexuais por outra pessoa. Como a história a caminha entre dúvidas e medo, auto-descobrimento e reconciliação, Kubrick conduz tudo isso com imagens surpreendentes. São características brilhantes que fazem de Kubrick um cineasta inigualável que, nesta obra, manterá todos os olhos bem abertos.

9. A Gangue (2014)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-9

Título original: Plemya
Direção: Miroslav Slaboshpitsky

A obra é composta por jovens surdos, onde o protagonista (Grigoriy Fesenko), recém chegado numa escola especializada, tem que cometer uma série de ilegalidades para ser aceito numa gangue que comanda o lugar. O filme russo não possui diálogos, mas levou quatro prêmios em Cannes. Um intenso drama psicológico que não nos poupa de cenas fortes, incluindo, é claro, muito sexo.

10. Ninfomaníaca – Vol. I e II

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-10

Título original: Nymphomaniac
Direção: Lars Von Trier

O sexo visto por um ângulo diferente e primoroso. Bastante machucada e largada em um beco, Joe (Charlotte Gainsbourg) é encontrada por um homem mais velho, Seligman (Stellan Skarsgard), que lhe oferece ajuda. Ele a leva para sua casa, onde possa descansar e se recuperar. Ao despertar, Joe começa a contar detalhes de sua vida para Seligman. Assumindo ser uma ninfomaníaca e que não é, de forma alguma, uma pessoa boa, ela narra algumas das aventuras sexuais que vivenciou para justificar o porquê de sua auto avaliação.

11. 9 1/2 Semanas de Amor (1986)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-11

Título original: Nine 1/2 Weeks
Direção: Adrian Lyne

Elizabeth (Kim Basinger) é uma bela e sexy mulher que trabalha em uma galeria de arte e se envolve com John (Mickey Rourke), um rico homem. Eles se envolvem rapidamente e começam a praticar jogos sexuais cada vez mais intensos, que torna o relacionamento cada vez mais complicado e difícil de ser controlado.

12. Nove Canções (2004)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-12

Título original: 9 songs
Direção: Michael Winterbottom

Londres, verão de 2003. Matt (Kieran O’Brien) conhece Lisa (Margo Stilley), uma jovem estudante americana, em meio a um show. Eles logo se apaixonam, vivendo um intenso relacionamento sexual entremeado por vários shows que acompanham.

13. Eu Vos Saúdo, Maria (1985)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-13

Título original: Je Vous Salue Marie
Direção: Jean-Luc Godard

Através de duas histórias paralelas e distintas, o diretor nos oferece sua versão para a concepção da Virgem Maria (Myriem Roussel) é uma jovem estudante que joga basquete e trabalha no posto de gasolina de seu pai; José (Thierry Rode) é taxista na cidade. Ao saber da gravidez de Maria, ele a acusa de traição. Gabriel (Philippe Lacoste) tenta convencê-lo a aceitar os planos divinos. Paralelamente, um professor de ciências que estuda a origem da vida na Terra se envolve com uma aluna.

14. Lua de Fel (1992)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-14

Título original: Bitter Moon
Direção: Roman Polanski

Nigel (Hugh Grant) e Fiona (Kristin Scott Thomas) são um casal de ingleses que, ao fazerem um cruzeiro, conhecem Mimi (Emmanuelle Seigner), uma francesa casada com Oscar (Peter Coyote), um americano que vive preso a uma cadeira de rodas. Ao notar o interesse que Nigel sente por Mimi, Oscar conta como eles se conheceram e como se amaram loucamente até esta paixão doentia se transformar em um ritual de humilhação.

15. Os Sonhadores (2003)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-15

Título original: The Dreamers
Direção: Bernardo Bertolucci

Matthew (Michael Pitt) é um jovem que, em 1968, vai estudar em Paris. Lá ele conhece os irmãos gêmeos Isabelle (Eva Green) e Theo (Louis Garrel). Os três logo se tornam amigos, dividindo experiências e relacionamentos enquanto Paris vive a efervescência da revolução estudantil.

16. 100 Escovadas Antes de Dormir (2006)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-16

Título original: Melissa P.
Direção: Luca Guadagnino

Melissa (Maria Valverde) é uma garota siciliana, que tem apenas 16 anos. Ela se sente distante dos pais, já que seu pai vive viajando e sua mãe está concentrada apenas em seu próprio mundo, sem notar as mudanças pelas quais sua filha está passando ao se tornar uma mulher. Na escola Melissa passa o dia sonhando com Daniele (Primo Reggiani), um colega de classe por quem nutre uma paixão adolescente mas que a ignora solenemente. Até que, um dia, Daniele decide convidar Melissa para sair. Encantada, ela aceita de imediato. Seduzida, Melissa é iniciada no sexo e passa a participar dos jogos sádicos de Daniele e de seu amigo Arnaldo (Elio Germano). Desnorteada e sentindo-se humilhada pelo ocorrido, ela passa a se educar sobre o sexo e ter ousados encontros com vários homens.

17. Secretária (2002)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-17

Título original: Secretary
Direção: Steven Shainberg

Após passar algum tempo em um sanatório, Lee Holloway (Maggie Gyllenhaal) volta para a casa de seus pais pronta para recomeçar sua vida. Ela então faz um curso de secretária e tenta um emprego com E. Edward Grey (James Spader), que tem um escritório de advocacia. Apesar dela nunca antes ter trabalhado Lee é contratada por Grey, que não dá importância para sua falta de experiência. Inicialmente o trabalho parece bem normal e entediante, pois só digita, arquiva e faz café e Lee se esforça para agradar seu chefe e sua mãe, Joan (Lesley Ann Warren), se mostra ansiosa para a filha ser bem sucedida. Lentamente Lee e Grey embarcam em uma relação mais pessoal atrás de portas e cruzam linhas de conduta da sexualidade humana, um caso de amor no qual os papéis de dominação e total submissão ambos desempenham perfeitamente.

18. A Bela da Tarde (1967)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-18

Título original: Belle de Jour
Direção: Luis Buñuel

A história de Séverine (Catherine Deneuve), jovem rica e infeliz que procura um discreto bordel para realizar suas fantasias sexuais e conseguir o prazer que seu marido não consegue lhe dar.

19. Cega Obsessão (1969)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-19Título original: Môjuu
Direção: Yasuzo Masumura

Um escultor cego obcecado por uma modelo, a aprisiona em seu ateliê. Acreditando ter criado uma nova forma de arte tátil, ele e a modelo se envolvem numa alucinada e sadomasoquista relação, entre o erotismo e a arte. Baseado num conto de Edogawa Rampo, pai dos romances policiais nipônicos dos anos de 1920 a 1960.

20. Shortbus (2006)

20-filmes-que-abordam-sexo-e-erotismo-de-diferentes-formas-20

Direção: John Cameron Mitchell

Sofia (Sook-Yin Lee) é uma terapeuta de casais que nunca teve um orgasmo. Entre seus pacientes estão James (Paul Dawson) e Jamie (PH DeBoy), que mantém uma relação que começa a dar passos maiores. Há ainda Severin (Lindsay Beamish), uma dominatrix que mantém sua vida em segredo e não se abre para as pessoas. Eles se encontram regularmente no Shortbus, um clube underground onde arte, música, política e sexo se misturam.

Adendo: Lolita não é uma história sobre sexo. Entenda melhor lendo esse artigo.


Se algum filme ficou fora dessa lista, comente o título por aqui. Lembrando que: pornografia é diferente de erotismo e sexo no cinema.

Veja também:


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.