...

Sarará Crioulo

05/04/2009 por

Porque funciona assim: quem é careca quer tê-los, quem é crioulo quer lisos, morenas querem ser loiras, e adiante seguem os desejos e insatisfações. Acontece que por mais gastos e cuidados desperdiçados com o cabelo, a grande maioria das pessoas ainda se olha no espelho reclamando do tamanho da franja, por exemplo. A arte de pentear o cabelo, é sim (ou já foi), parte da vida de todos.

Teorias dizem que você passa metade da vida dormindo. Consideremos que seja verdade! Podemos estimar que grande parte da outra metade é vivida em idas ao cabeleleiro cabeleireiro, lambuzada de litros de gel fixador e saturada de xampús. Fora os cremes redutores de volume, condicionadores, laquês, chapinha e lá lá lá. Podemos deduzir também que há toda uma indústria por trás desse vaidosismo em deixar o cabelo apresentável.

Aposto cem reais no cavalo branco de Napoleão que aquele seu tio cinquentão usa Grecin 2000 só para aparentar juventude nas churrascadas de domingo. Os outros familiares, com outra certeza, lembrarão da época hippie dele e comentarão sobre o black power que ele recusava lavar. Água e hippie não se combinam muito bem; assim como chapinha e chuva. Nessa última comparação, você se lembrará da namorada do seu primo que tem o cabelo mais ruim do que rúcula estragada e tenta disfarçá-lo usando este tipo de alisamento. O mais legal é vê-la correndo embaixo da chuva com uma sacola do Carrefour na cabeça.

Por falar em namorada do primo; o próprio apresenta suas peculiaridades com o cabelo. Antigamente era só topete alinhadinho e sustentado a base de sabonete. Hoje ele penteia aquele pseudo-moicano como se fosse um aprendiz de punk e ainda mantém o topete na frente (por incrível que pareça). Um tempo até usou a parte espetada como franja, mas desistiu depois que começaram a chamá-lo de emo na escola.

...

Só mais 5 minutinhos

27/03/2009 por

Atrasos, correria, mais atrasos, mais correria e assim o dia vai te levando à loucura.

Ataque um Fusca cheio de elefantes dentro aquele que nunca se atrasou na vida.

Atrasos e conjugações do verbo atrasar é como tatuagem no cotidiano do brasileiro. Por exemplo, você marca com um amigo ao 12:00, pode colocar mais 30 minutos aí de tolerância, pois com certeza ele vai chegar depois do horário combinado. Hoje em dia as empresas estabelecem uma margem de horário para o funcionário chegar atrasado. Que varia de 5 a 15 minutos, claro que existe aquelas que aceitam uma margem maior, porém isso depende de seu trabalho e puxa-saquismo com o chefe.

Garanto que você já se atrasou um dia, pois quis dormir mais 5 minutinhos e eles simplesmente, como um passo de mágica, viraram 40 minutos e ao acordar você percebe que naquela hora teria que estar no meio do caminho com destino ao trabalho, à faculdade ou para aquela depilação de buço. Não fique triste, pelo menos nos seus sonhos foram apenas 5 minutinhos. Hoje os celulares com função despertador é utilizado pela grande maioria das pessoas para desgrudar dos momentos de prazer a cama. Calma minha gente! Não estamos falando de séquisso. E esses celulares já vem pré programados para a função soneca, ou seja, ele desperta de 10 em 10 minutos para você não perder seus compromissos. Viu que evolução? Agora você pode falar só mais 10 minutinhos ao invés de 5. Outra coisa que influencia muito em sua vida para praticar a arte do atraso é o trânsito horrendo da cidade São Paulo.

...

Raridade na certa

25/03/2009 por

Entremos no mundo das raridades, mas não aquele de pedras preciosas e/ou cometa Halley; os fatos poucos prováveis são bem mais atraentes. Afinal, encontrar um mendigo japonês perambulando por calçadas verde-e-amarelas é normal?

Pois bem, dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, mas aposto que um ser já tenha provado tal fenômeno da natureza e ainda ter sobrevivido para contar história. O conto seria tão interessante quanto à sensação de um chiclete, após ser engolido, ter grudado nas tripas. Cenas como essas não são vistas a todo o momento, se é que acontecem.

Imagine-se numa festa a fantasia e não encontrar nenhum indivíduo bêbado vestido de presidiário, ou então, aquela garota vestida de bruxa que mesmo sem a fantasia não faria diferença. Festas em geral tem tantas imparcialidades quanto um pedido de carona no meio da estrada. Em ambos, se você não estiver com as pernas aparentes mal terá êxito, e caso não seja o Pedro e o Bino, sua carona será impossível.

Dentre as raridades contemporâneas, creio que você é bem capaz de se lembrar daquela sua prima boa moça, bem falada na família e que se casaria virgem. Pois é, quem acredita nessa história de noiva de vestido branco ainda possuir o hímen intacto? Se você só assiste novela é capaz de acreditar.

Outra cena ainda repete o mendigo como protagonista: morador de rua recusar esmola é ou não é estranheza? De duas a uma: ou é um mendigo autótrofo ou é o Gugu disfarçado em mais uma gravação de um quadro para seu programa. Com alguma certeza você aparecerá na TV no próximo domingo.

Textos
...

Um belo dia de sol

Um famoso dia de sol, pessoas com seus biquinis, toalhas, protetores solar na mão e um isopor cheio de bugigangas alimentícias, bebidas de qualquer natureza e uma agitação total. – Mamãe, vou ver o mar! – grita o filho no banco de trás do carro. Este por sinal é um chevette divino. A viagem começa […]

Textos
...

Sobre o Tempo

Peço a gentileza para aqueles que não tiverem tempo de ler este post solicitarem a opção de agendamento de leitura junto ao proibidoler.com para assim, pudermos fazer com que o tempo que é escasso na sua vida seja útil quando este estiver sobrando. Muita gente que eu conheço alega uma absurda falta de tempo, eu […]

Textos
...

O Fundamento do Ônibus

O texto a seguir NÃO tem a intenção de apologia ao preconceito ou discriminação. Todos sabem que há todo um fundamento envolvido numa viagem de ônibus. Seja de São Matheus (bairro da periferia de São Paulo) até o centro, seja de um ponto até o próximo, seja de Belém a Salvador. Não importa a distância, […]

Textos
...

A Arte de Escrever Errado

Algumas palavras que seguem estão propositalmente escritas erradas. O serumano está sempre sugeito a cometer herros em suas mais variadas formas. Não há nada mais clichê do que a expreção herrar é umano, e convenhamos que sem eles ninguém seria o que é. A língua portuguesa, tão rica quanto complexa, é uma das maiores causadoras […]

Últimas Notícias

© 2017 Proibido Ler | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro & Baruch Vitorino