in

HQ do Dia | Novo Esquadrão Suicida #04

Continuando com a publicação de novas edições mensais para o títulos do Universo DC, um dos grupos mais populares e exóticos, teve sua quarta edição chegando às bancas e lojas especializadas brasileiras neste mês de agosto, assim trazendo consigo uma proposta de novo arco para o Esquadrão Suicida e duas histórias spin-off de importantes membros da equipe, originalmente publicadas nos Estados Unidos.

Em Novo Esquadrão Suicida #04, a Força Tarefa X, ainda que juntando os cacos da última missão apresentada no arco anterior, se encontra em uma nova perigosa missão. Junto aos vilanescos personagens escalados anteriormente para uma missão no oriente médio, sendo eles Pistoleiro, Arraia Negra, Capitão Bumerangue, Arlequina e Parasita, Amanda Waller os comandam contra uma possível e perigosa ameça interna oculta nas sombras de Belle Reve; o Grupo Pérola.

HQ do Dia | Novo Esquadrão Suicida #04

Nesta quarta edição, o leitor que vem acompanhando o título é apresentando a um novo arco, cuja nova missão do Esquadrão Suicida já está em curso e poucas informações sobre a tal missão foram reveladas. O mesmo é situado a uma pegada continuamente “independente” e “isolada” que está movendo os personagens presentes nessa nova aventura e, consequentemente, complicando a mesma de forma cada vez mais intensa e suicida indo para algo mais como “um grupo como um todo”. Ou seja, se você for um leitor que está pegando o bonde andando (principalmente por causa do lançamento do longa que aconteceu neste mês), você será situado de forma rasa a subtrama que moldou as edições anteriores, mas também presenciando uma nova pegada “independente” de tais edições na nova aventura proposta.

O roteiro da nova trama apresentada em Novo Esquadrão Suicida #04 assinado por Sean Ryan, é objetiva e direta, sem muita enrolação de diálogo ou prólogos. Ao decorrer dos quadros a trama destaca a seriedade e ação que persegue uma equipe que, em suma, faz jus ao Esquadrão Suicida, e cuja ameça para esta nova aventura ainda tem seus mistérios para serem revelados tanto para os membros da equipe quanto para o próprio leitor. A arte assinada por Philippe Brionis permanece padronizada, sem inovações e/ou destaques incríveis, mas continua agradável com boas movimentações e cargas de adrenalinas quando necessários em seus quadros. No entanto, é digno ressaltar que se você for um amante de artes com boa definição de detalhes, certamente achará a arte desta edição um tanto quanto “relaxada”. De todo modo, a boa combinação de cores para com a arte apresentada e roteiro proposto para esta nova aventura da equipe,  nos proporciona uma boa sintonia pelas cores de Blond.

HQ do Dia | Novo Esquadrão Suicida #04

A edição também traz a avassaladora estréia da série Esquadrão Suicida: Os Mais Procurados, apresentando duas histórias spin-offs protagonizadas pelos mortais Pistoleiro e Katana. Primeiramente somos apresentados a história protagonizada pelo Pistoleiro, que está na corrida para re-estabelecer-se como o atirador mais letal do mundo. Porém, as coisas estão prestes a ficar complicadas para Floyd Lawton quando uma figura do seu passado re-surge e ameaça expor um segredo obscuro. Embora inicialmente apresente um raso prólogo para o personagem, a trama do roteiro assinado por Brian Buccellato, consegue distribuir boas cargas de ação e adrenalina e manter o suspense por trás da trama proposta pelas edições seguintes. Contando ainda com uma boa arte de Viktor Bogdanovic, que destaca os momentos calmos e de ação nos quadros quando necessários.

Por sua vez, a história protagonizada pela Katana traz a personagem em uma missão solo ao qual busca saber mais sobre a origem de sua espada, a Ceifadora de Almas, se ela pretende ter alguma esperança de controlar a espada em vez de cair sob a sua influência. Ao encontrar a Dr. Helga Jace, uma astrofísico Markoviana, a personagem tem alguma esperança de avançar em seu objetivo, porém as coisas complicam quando o Culto das Cobras a ataca vorazmente. O roteiro assinado por Mike W. Barr apresenta um prólogo sútil, com bons momentos de ação e destacando em sua maioria a essência de guerreira da personagem, enquanto mantém o suspense por trás da trama proposta para as edições seguintes. A arte assinada por Diogenes Neves, embora tenha certo contrastes, se apresenta de forma agradável.

Em suma, a edição Novo Esquadrão Suicida #04 é uma edição de “novos” inícios que não apresenta algo necessariamente surpreendente e/ou inesperado, mas que com histórias de bons roteiros e encorpamento entre artes e cores, consegue se retratar em uma boa leitura e forma de entretenimento.

Adquira esse título e muitos outros na LIGA HQ! A loja que é parceira do Proibido Ler, envia qualquer quadrinho com frete grátis (independente do valor de compra) para todo o Brasil.

Confira, também, a nossa resenha para o longa: Esquadrão Suicida (2016) | Os melhores dos piores

E aí, curtiu?

Escrito por Isaias Setúbal

All I hear is doom and gloom. And all is darkness in my room. Through the night your face I see. Baby, come on. Baby, won't you dance with me?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

4 filmes que você precisa assistir antes de decorar a sua casa

Mr. Robot | Review do episódio 1x01 – Pilot

Mr. Robot | Novo game sobre a série?