O Cavaleiro das Trevas|Cenas do interrogatório entre Batman e Coringa, com comentários do diretor

A trilogia de Nolan sem dúvidas foi um sucesso ao retratar com muita fidelidade a história de Bruce Wayne, para muitos essa é melhor adaptação de Batman para o cinema. Outros até falam que é bem melhor que a do Tim Burton, eu acho que no caso cada uma tem seu mérito e a sua importância para a obra do homem morcego.

Abaixo você confere fotos que encontrei lá no Ovelhas Voadoras, tiradas na hora da gravação da cena e comentários em “O Cavaleiro das Trevas”, feitos pelo próprio Nolan. Confira:


cena-batman-coringa

“Uma cena que é muito importante e muito central pra mim é a cena do interrogatório entre o Batman e o Coringa no filme. Quando estávamos escrevendo o roteiro, essa cena já era considerada uma das peças centrais do filme”

cena-batman-coringa1

“Foi uma das primeiras cenas que filmamos. Na verdade foi uma das primeiras coisas que o Heath teve que fazer como o Coringa. Ele gostou da ideia de fazer uma cena importante antes de todas. Ele gravou uma das cenas-chave do Coringa nas primeiras 3 semanas de uma filmagem de 7 meses. Eu e ele gostamos da ideia, assim como o Christian (Bale)”

Leia mais: A lista completa das animações da DC Comics

cena-batman-coringa2

“A cena começa com o Gary Oldman e o Heath com as luzes apagadas, e o (diretor de fotografia) Wally Pfister iluminou a cena só com a lâmpada na mesa, e mais nada”.

cena-batman-coringa3

“E quando as luzes voltam, o Batman aparece, e a cena é rodada com superexposição de luz”.

cena-batman-coringa-extra

Wally iluminou o lugar todo e adicionamos mais cor na edição. Mas essa sobrecarga de luz incrivelmente intensa que permitiu que a gente se movesse em qualquer direção. Nós tínhamos uma câmera de mão e podíamos filmar de qualquer lugar, bem espontâneo”.

cena-batman-coringa4

“Foi um cenário muito bom, o que foi construído. Tinha toda a vantagem de sentirmos que estávamos em um lugar real”.

cena-batman-coringa5

“Nathan Crowley, o produtor de design, fez um bom trabalho construindo esses belos espelhos e essa sala longa de tijolos. Ficou parecido com um matadouro, ou algo assim”

cena-batman-coringa6

‘Isso tudo alimentou a brutalidade da cena. Queríamos algo nervoso, bem brutal”.

cena-batman-coringa7

“Queríamos que esse fosse o ponto que o Batman fosse realmente testado, e que ficaria bem claro que o Coringa podia entrar na cabeça de qualquer um”.

cena-batman-coringa8

“Eu tô pensando nisso agora – Nunca tinha pensado nisso antes – A síntese de todos os elementos que mais me atraem dentro de fazer um filme estão nessa cena”

cena-batman-coringa9

“Nós ensaiamos a cena um pouco. Nós apenas vimos como ela seria por cima na fase de pré-produção pra termos uma ligeira noção de como seria trabalhar nela”

cena-batman-coringa10

“Nenhum dos dois quis ir muito longe no ensaio. Eles tiveram que ensaiar um pouco a coreografia da luta, mas mesmo nisso, tentamos manter a cena solta e com atuações improvisadas. Eles queriam manter isso”.

cena-batman-coringa11

“Nós estávamos bem animados pra essa cena cheia de diálogos e bem intensa entre dois personagens icônicos”.

cena-batman-coringa12

“Foi um tanto bizarro ver o Batman na mesma mesa que o Coringa”.

cena-batman-coringa13

“Sabe, eu poderia falar sobre essa cena por horas”.

cena-batman-coringa14

“Têm close-ups com pouco movimento da câmera”

cena-batman-coringa15

“Começamos de uma maneira bem controlada, mas mesmo dentro do quadro, o jeito que o Heath fica balançando pra frente e pra trás…”

cena-batman-coringa16

“…sabe, ele ficou mesmo saindo por querer do foco da câmera, porque é bem difícil seguir alguém que fica inclinado pra câmera o tempo inteiro”

cena-batman-coringa17

“Isso adicionou alguma coisa pra cena. Nós ali tínhamos que ficar continuamente tentando manter ele no foco da câmera”

cena-batman-coringa18

  “Então, mesmo em um quadro apertado, você tinha a noção de estranheza”.

cena-batman-coringa19

 “Do outro lado temos Batman sentado ali e bem, bem controlado, contido”.

cena-batman-coringa20

“Então tem um momento que a cena explode num momento puramente físico e ele puxa o Coringa pela mesa. Ele segura o coringa e passa o resto da cena segurando ele pra ser bem espontâneo com seus movimentos”.

cena-batman-coringa21

“Eles ensaiaram a cena de luta, mas queríamos que os atores trabalhassem dentro disso. Nunca vi alguém vender um soco do jeito que Heath conseguiu fazer com o Christian. Eu consegui a violência que eu queria. O que eu senti que foi importante pra cena foi mostrar que o Batman vai longe demais. Nós mostramos ele torturando uma pessoa pra conseguir informações porque se tornou pessoal”.

cena-batman-coringa22

“A raiva tem grande papel na na história central de “The Dark Knight” e a cena do interrogatório é o sustentáculo da virada que o filme dá. Acho que o Batman descobre – E o Bruce Wayne descobre também – Muito sobre ele mesmo nessa cena. Eu fiquei satisfeito em ver como o Christian mostrou essa raiva na cena. E ficou maravilhosamente balanceado com o controle do Gary”.

cena-batman-coringa23

“Mesmo que todos lembrem dessa cena por ser uma cena entre o Batman e o Coringa, o Gordon teve um papel importante ao arranjar o interrogatório e permitir que ele acontecesse”.

cena-batman-coringa24

“E, assistindo do lado de fora, ele percebe o ponto exato onde as coisas vão longe de mais. Ele conhece o Batman bem o suficiente pra perceber e reconhecer isso. Ele tenta entrar, mas a porta está trancada”.

cena-batman-coringa25

“No final da cena, quando o Batman está apenas esmurrando o Coringa, acho que o Heath conseguiu achar a essência exata do que é o Coringa e qual ameaça ele representa”.

cena-batman-coringa26

“Ele está sendo socado na cara, rindo e amando isso. ‘Não tem nada que você possa fazer’, ele diz pro Batman, ‘Você não pode fazer nada com sua força”.

cena-batman-coringa27

“Tem essa sensação de impotência de um Batman forte, e bem musculoso; Ele é bem poderoso, mas não pode usar isso pra nada, e ele tem que confrontar isso”.

cena-batman-coringa28

“Originalmente, no final da cena, quando o Coringa dá a informação que o Batman quer, ele larga o Coringa e, quase como um adendo, ele chuta a cabeça do Coringa e sai da sala. Removemos essa parte porque pareceu muito petulante pro Batman”.

cena-batman-coringa29

“Mas eu gostei do jeito que Christian fez isso. Quando ele larga o Coringa, ele percebe a futilidade do que fez com o Coringa. Você vê nos olhos dele. Como você confronta alguém que se fortalece em um confronto? Foi uma conclusão da cena que deixou várias possibilidades no filme”

– Christopher Nolan, no dia 28/10//2008, na Hero Complex.

cena-batman-coringa30


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.