5 motivos para assistir 'Hardcore Missão Extrema' (2015)
in

5 motivos para assistir ‘Hardcore Missão Extrema’ (2015)

Esqueça tudo que você já assistiu nas telonas, este filme vai te surpreender!

“Hardcore Missão Extrema” (2015) é um filme russo que mostra o pioneirismo que o cinema moderno começou a viver há alguns anos. Não se trata apenas de tecnologia, equipamentos de filmagem de última geração, efeitos especiais super avançados ou qualquer coisa mirabolante que norteia os estúdios de Hollywood. O que gira em torno deste filme e faz dele um produto diferente, é a forma com que o diretor Ilya Naishuller e o produtor (e também ator) Sharlito Coplay  comandaram o andar da carruagem.

5 motivos para assistir 'Hardcore Missão Extrema' (2015)

Com câmeras GoPro e plataformas customizadas, o sul-africano Sharlito Coplay coloca o espectador sob a perspectiva do personagem principal. “Hardcore Missão Extrema” é narrado em primeira pessoa sob a perspectiva do ciborgue Henry que, após ser ressuscitado, não lembra de nada sobre o seu passado. Ele então parte em uma missão pra salvar sua esposa e “criadora” Estelle (Haley Bennett), sequestrada por Akan (Danila Kozlovsky, de Vampire Academy: O Beijo das Sombras), um guerreiro poderoso que planeja utilizar a tecnologia de Henry para criar soldados a partir de bioengenharia.

Insano? Talvez nos dias de hoje nem tanto. Mas na época em que foi lançado, foi diferente e chamou a atenção por isso. Portanto, esqueça tudo que você já assistiu nas telonas, todos os filmes em found-footage que seus olhos já presenciaram, e conheça cinco motivos que vão te levar a assistir “Hardcore Missão Extrema” hoje mesmo!

Parece um jogo de FPS

5 motivos para assistir 'Hardcore Missão Extrema' (2015)

Se você já passou horas jogando “Far Cry”, “Call of Dutty”, “Counter-Strike” e tantos outros games de FPS, vai se sentir representado. Esse é o melhor exemplo que podemos dar para este filme. Durante os 90 minutos, o que passa diante de seus olhos é um jogo de FPS puro. O roteiro do longa é apresentado basicamente como num jogo, com missões sendo dadas por um personagem que não tem apenas um corpo, mas vários deles e que podem ser utilizados a qualquer momento ou em situações diferentes.

Tem também aquele lance do protagonista encontrar um determinado objeto de forma simples e fácil que ele precise para dar continuidade ao enredo. Enfim, toda a metalinguagem, posição de câmeras, cortes de edição, interação com outros personagens e objetos, parecem ter saído de um jogo desses citados aqui.

Sem versão 3D

5 motivos para assistir 'Hardcore Missão Extrema' (2015)

Ainda bem que o filme não é em 3D – e nem precisa. Sinceramente, se esse filme fosse em 3D você ficara um pouco fora de órbita ao final dele. Algumas cenas têm uma profundidade incrível, que deixam o filme “A Travessia” (2015) no chinelo. Lembrando que, na época em que o filme estrelado por Joseph Gordon-Levitt e dirigido por Robert Zemeckis foi lançado, alguns veículos da imprensa especializada disseram que muitos espectadores vomitaram na sala de cinema por causa do 3D. Se “Hardcore Missão Extrema” tivesse essa versão, a chance de você vomitar seria alta.

Cenas de ação

5 motivos para assistir 'Hardcore Missão Extrema' (2015)

As cenas que você vai assistir durante os 90 minutos fazem jus ao título do filme. Elas realmente são hardcore. O diretor não poupou ninguém – é sangue, explosões, tiro, porrada e bomba pra tudo que é lado.

E se for necessário, até aparece um tanque de guerra no meio do nada para deixar tudo ainda mais insano. As cenas de ação são bem produzidas e chegam a tirar o fôlego em alguns momentos.

O ritmo do filme é acelerado e se mantém assim do começo ao fim (sem respiro), tudo isso para realmente fazer você ficar vidrado e sentir que está dentro de um jogo.

Trilha sonora

A trilha sonora de um filme é o tempero necessário para dar liga na trama. Ela quem desperta as melhores sensações no espectador e de alguma maneira, é ela quem complementa aquilo que seus olhos e subconsciente estão captando. A trilha sonora de “Hardcore Missão Extrema” foi composta por Darya Charusha, uma atriz e compositora russa que deu todo um tom especial no longa ao rodar algumas cenas sob o som de bandas de rock como Queen, The Stranglers, The Temptations,The Sonics, além da banda do próprio diretor, Biting Elbows.

Violência hardcore

5 motivos para assistir 'Hardcore Missão Extrema' (2015)

Se você acha que os filmes do Tarantino são sanguinários e violentos, você ainda não viu nada. Se for seguir a linha do que foi mostrado em “Deadpool (2016)”, por exemplo, talvez estaremos falando a mesma língua. Mas “Hardcore Missão Extrema” vai um pouco além dos filmes considerados pelo público “violentos”.

Logo no começo, já rolam cenas com facas, espadas e tiros varando corpos e mais corpos – tudo isso em bullet-time (efeito de câmera lenta que ficou muito popular depois de Matrix), que é pra dar ênfase no estrago que Henry deixa pelo caminho. Tem uma cena, por exemplo, que Henry segura um inimigo pelo nariz com um alicate numa mão enquanto a outra empunha uma pistola com silenciador na cabeça do mano.

O longa recebeu classificação indicativa Rated-R (para maiores de 17 anos) na gringa, mas aqui não chegou a ser exibido nas salas de cinema e foi direto para o streaming.

Se bateu a curiosidade de assistir “Hardcore Missão Extrema”, o filme está disponível no HBO Max e para alugar no Google.

E aí, curtiu?

Escrito por Bruno Fonseca

Fundador e editor-chefe do PL. Jornalista apaixonado por quadrinhos, filmes, games e séries.

Comentários

Deixe uma resposta

    One Ping

    1. Pingback:

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Loading…

    Loading…

    0
    Gunpowder Milkshake: Mistura Explosiva (2021) | Um presente para os fãs de ação

    Gunpowder Milkshake: Mistura Explosiva (2021) | Um presente para os fãs de ação

    Não dá pra ser adulto com essa pista de Hot Wheels