Filmes “do barulho” que marcaram época na Sessão da Tarde – Parte 2

Segunda parte da lista que vai te levar para um mundo de “altas confusões”. Se você chegou agora, não deixe de conferir a primeira parte da matéria clicando AQUI!

A “Sessão da Tarde” conquistou espaço na TV e no coração dos brasileiros. Há 41 anos tem alegrado as tardes de quem não perde a chance de dar boas risadas com os filmes clássicos. Nessa mega lista serão citados filmes dos anos 80 e 90. Afinal, o que é bom merece ser lembrado. Os anos 2000 ainda estão com tudo e, os cinéfilos conhecem a maioria dos filmes de cabo a rabo, foi preciso focar nessas duas décadas.

Visando a maior faixa etária de leitores do Proibido Ler – ou grande parte dela – muita gente já deve ter assistido esses filmes, na própria Sessão da Tarde. E se não assistiu, agora terá a chance de conhecer um pouco melhor essas “pérolas” do cinema, que fizeram e ainda fazem a alegria da garotada.

Procuro não encher linguiça demais, nem colar aquelas sinopses manjadas, pra não ficar massante e dar o toque mais nostálgico possível a lista.

Adendo: não esqueça que a “Sessão da Tarde” da Globo, competia com o extinto “Cinema em Casa” do SBT, e que muitos filmes não entravam na grade de programação, tais como “Querida, Encolhi as Crianças” e “Loucademia de Polícia”. Se eu “confundir as bolas” e acrescentar algum que passava no cinema em casa, segue em frente, terá outros filmes!

Lembrando que a lista está só começando, e não tem porque se desesperar. Se acha que é preciso incluir outros filmes, mencione-os ao final da matéria. Afinal, são tantos clássicos, que uns filmes podem passar de fora.

Dando continuidade a lista, confira mais filmes que marcaram presença na Sessão da Tarde:


16. Ghost – Do Outro Lado Da Vida (1990)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_1

Título original: Ghost
Direção: Jerry Zucker

O filme favorito daquela sua tia encalhada, com aquela trilha sonora digna de fossa do vizinho. Sam Wheat (Patrick Swayze) e Molly Jensen (Demi Moore) vivem um amor além da vida, ou melhor, da morte. Oda Mae Brown (Whoopi Goldberg), uma médium trambiqueira, ajuda os dois em uma história de amor, lealdade e traição. Só esse filme para ter uma cena quase erótica com um vaso e uma trilha sonora tão chiclete quanto Top Gun.

17. Os Fantasmas Se Divertem (1988)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_2

Título original: Beetlejuice
Direção: Tim Burton

A cena do jantar com todos dançando “Banana Boat Song”, e a da Winona dançando “jump in the linejá” conseguem imortalizar o filme na nossa memória. Um divertido freak show, com excelentes atuações, destacando Michael Keaton, e contando com um elenco de peso, incluindo: Jeffrey Jones e Gena Davis. Um filme que encantou e fez gerações implorarem por mais do besouro suco.

18. Uma Babá Quase Perfeita (1993)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_3

Título original: Mrs. Doubtfire
Direção: Chris Columbus

Robin Williams, encara a vida de “Mrs. Doubtfire” – uma babá bem atrapalhada.  Quando na verdade é um pai que faz de tudo para ficar perto de seus filhos. Um filme onde o divórcio é abordado de forma inteligente e bem humorada, provando que a separação não diminui o amor dos pais por seus filhos.

19. Três Solteirões e um Bebê (1987)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_4

Título original: 3 Men and a Baby
Direção: Leonard Nimoy

90% das pessoas que assistiram este filme, se lembram da polêmica do fantasma na cena, que passava todo final de semana em algum programa sensacionalista. Mas esse filme não é lembrado apenas por uma aparição. Três amigos dividem um apartamento, quando são surpreendidos com um bebê em sua porta. “O mundo deles vira de pernas pro ar” só que de uma forma adorável. Dirigido por Nimoy – o homem que imortalizou Spock – o filme é uma graça.

20. Matilda (1996)

MSDMATI EC010

Direção: Danny Devito

Quem não se apaixonou por essa garotinha na infância, e pelo poder de sua mente? “Matilda” é um dos filmes mais adoráveis sobre “crianças prodígios” – quiçá o único. Quando a garotinha é deixada de lado pelos pais relapsos e trambiqueiros, e matriculada numa escola semelhante ao inferno, ela descobre que tem poderes mágicos.

21. As Patricinhas de Beverly Hills (1995)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_6

Título original: Clueless
Direção: Amy Heckerling

Para alegria das patricinhas de plantão, esse filme fez muita gente sonhar com um guarda-roupa que te veste sozinho. Com nomes renomados no elenco: Breckin Meyer (Travis), Brittany Murphy (Tai), Donald Faison (Murray), Elisa Donovan (Amber), Jeremy Sisto (Elton), Julie Brown (Ms. Stoeger), Justin Walker (Christian), Paul Rudd (Josh), Stacey Dash (Dionne) e Susan Mohun (Heather),  impossível não se apaixonar por Alicia Silverstone na pele de Cher, e pelo seu mundo cor de rosa. E pra quem pensa que patricinha é burra, o filme foi inspirado no romance “Emma” de Jane Austen, o choro é livre!

22. Esqueceram de mim (1990)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_7

Título original: Home Alone
Direção: Chris Columbus

Clássico da “Sessão da Tarde”, Macaulay Culkin imortalizado como o eterno Kevin McCallister, um garoto que foi esquecido por sua família no natal, e que se meteu com os bandidos mais trapalhões do bairro. Difícil imaginar o Natal sem este filme, sem sua trilha sonora genial, e sem suas continuações fabulosas!

Menção honrosa: “Riquinho”, embora o filme tenha passado tanto na Globo quanto no SBT.

23. A Lagoa Azul (1980)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_8

Título original: The Blue Lagoon
Direção: Randal Kleiser

Aquele filme que pra muita gente foi a primeira “aula” de educação sexual. A história de dois jovens que ficaram presos na Sessão da Tarde, ou melhor, numa ilha. Como diria o locutor da globo: “uma dupla sapeca, aprontando várias na ilha deserta”. Uma história de amor – que muita gente nega até a morte que já assistiu – mas que eu sei, e você sabe, que as falas já foram decoradas.

24. Aventureiros do Bairro Proibido (1986)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_9

Título original: Big Trouble in Little China
Direção: John Carpenter

Daqueles filmes que nunca saem de nossas cabeças. Lutas entre gangues rivais, porrada, humor negro e claro que na direção de John Carpenter, tudo isso fica com um toque genial. As frases de efeito do Jack Burton são hilárias, assim como a dublagem. Um filme que foi recebido com críticas, e que se tornou clássico com o passar dos anos. – “Parece que o jogo virou, não é mesmo?” –

25. Gremlins (1984)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_10

Direção: Joe Dante

Quem nunca quis ter um Mogwai quando criança? O filme que fez milhares de pessoas, chamarem o bichinho de estimação de Gizmo. A história que cativou gerações. Exibido muitas vezes no “Cinema em Casa”, assim como na “Sessão da Tarde” – depois de alguns anos. Conta a história dos adoráveis bichinhos e dos cuidados que você precisa ter com eles:  mantenha-os longe da água, da luz forte, e NUNCA os alimente eles depois da meia noite!

26. Corina – Uma babá Perfeita (1994)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_11

Título original: Corinna, Corinna.
Direção: Jessie Nelson

Uma encantadora história sobre a amizade entre uma babá e uma criança, com uma trilha sonora e um ambiente digno dos anos 60. Da triste perda da mãe, até o reencontro com a felicidade. 1959. Manny Singer (Ray Liotta), fica viúvo e tendo de cuidar de Molly (Tina Majorino), sua filha de sete anos. Manny precisa desesperadamente de uma babá, com isso entrevista vários candidatos e rejeita todos até encontrar Corina Washington (Whoopi Goldberg), que se formou recentemente mas não consegue arrumar nenhum trabalho por ser negra. A primeira grande tarefa de Corina é se comunicar com Molly, que decidiu parar de falar. O filme que fez muitas crianças “assoprarem” quando o sinal está vermelho – só quem viu sabe.

27. Free Willy (1993)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_12

Direção: Simon Wincer

O filme que explodiu várias mentes ao descobrir que aquelas manchas brancas não eram os olhos das baleias, e que apelidou muita gente na escola. A história da baleia Willy, capturada e confinada em um tanque, que encontra sua chance de voltar ao oceano, através da amizade com um garoto de 12 anos chamado Jesse. Um filme que fala da importância da verdadeira amizade.

28. Os Caça Fantasmas (1984)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_13

Título original: Ghost Busters
Direção: Ivan Reitman

Parapsicologistas Egon Spengler, Raymond Stantz e Peter Venkman, decidem abrir seu próprio negócio de caçadores de fantasmas. Quando um portal para uma outra dimensão é aberto em Nova York, eles passarão a ter muito trabalho para salvar a cidade. O elenco conta com Bill Murray, Dan Aykroyd e o grande ator, diretor e roteirista Harold Ramis, além desse trio, soma-se os ótimos atores Ernie Hudson, Rick Moranis, “Sigourney Weaver” e “Annie Potts”. Quem nunca quis ter a famosa mochila de prótons dos Caça-Fantasmas? Um clássico dos clássicos, que rendeu ótimas risadas.

29.  Jumanji (1995)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_14

Direção: Joe Johnston

Muita gente quis jogar Jumanji, e até ficar preso nesse jogo. Robin Williams em um dos seus papéis destaques, Kirsten Dunst mostrando seu talento e beleza desde pequenina. “Um jogo para aqueles que querem de mais, um caminho pra deixar seu mundo pra trás”.

30. Karatê Kid – A Hora da Verdade (1984)

filmes-do-barulho-que-marcaram-epoca-na-sessao-da-tarde-parte-2_15

Título original: The Karate Kid
Direção: John G. Avildsen

História sobre superação e respeito, uma atuação memorável de Pat Morita. Quem nunca tentou fazer o golpe da águia, que atire a primeira pedra. A história de Miyagi, um veterano japonês mestre na arte do karatê, que disposto a ajudar Daniel, resolve passar-lhe os ensinamentos do karatê.


Essa foi a segunda parte da “lista do barulho”. Com tanta nostalgia, fica difícil não se sentir um pouco velho.

Não precisa correr pras colinas, nem xingar até a próxima geração da minha família se seu filme predileto não entrou nessa parte. Comente quais filmes você acha que devem entrar na próxima parte da matéria, e ajude a construir esse momento nostalgia com o Proibido Ler.

CONFIRA A TERCEIRA PARTE DA LISTA AQUI!

 

 


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.