Superstore | Já que é pra dar risada focaram só nela
in

Superstore | Já que é pra dar risada focaram só nela

Não espere por uma trama profunda, aqui é a risada pela risada e nada mais

Como uma série de sitcom criada por Justin Spitzer, “Superstore” retrata os passos de um grupo de funcionários que trabalham na Cloud 9, uma loja fictícia de grande porte que opera em St. Louis, Missouri, EUA.

De cara, “Superstore” tem uma premissa necessariamente inovadora, apesar de como um todo soar interessante. Digo, a priori ela é quase uma série estilo “The Office”, mas em um supermercado no lugar de um escritório.

Superstore | Já que é pra dar risada focaram só nela

“Superstore” traz uma galeria de personagens dinamicamente interessantes, na qual a diversificação de suas personalidades e características garantem boas risadas da audiência no decorrer dos ganchos humorísticos. Ainda sim, esse é um daqueles casos em que os protagonistas da série são um pouco sem graça.

Não que a atuação entre Amy (America Ferrera) e Jonah (Ben Feldman) seja ruim, mas é que para mim no decorrer da série esses personagens parecem ficar apagados, em segundo plano quanto a proposta humorística do sitcom. Sério, tem personagens que fazem pontas participativas muito mais significativas em termos de humor do que os próprios protagonistas.

Superstore | Já que é pra dar risada focaram só nela

Ainda sim, o humor é um dos grandes pontos em “Superstore”. Sustentando-se na galeria de personagens diversificados para dar vida a esse elemento, o show esbanja de uma boa dose de humor inesperado e pontual. Seja nos diálogos ou nos comportamentos, a trama sempre tenta trazer um gancho humorístico que conquiste o telespectador e o faça rir.

O fato é que o elemento humorístico salva bastante da premissa inconstante que a série traz. Isso porque, apesar de plots twists e tramas regularmente orquestradas, “Superstore” não parece trazer progressões sólidas em sua história, na qual poucas mudanças soam permanentes e/ou impactantes como um todo.

Superstore | Já que é pra dar risada focaram só nela

“Superstore” é uma boa pedida a quem gosta de episódios curtos e marcados por bons ganchos humorísticos. Visto que, apesar dos contratempos narrativos, o sitcom trabalha bem sua proposta cômica.

“Superstore” é exibido pela Warner Channel na TV paga e pode ser assistida também pelo Prime Video.

E aí, curtiu?

Escrito por Isaias Setúbal

All I hear is doom and gloom. And all is darkness in my room. Through the night your face I see. Baby, come on. Baby, won't you dance with me?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 | Charlie Brown Jr. ‘confisca’ holofotes com videoclipe

HQ do Dia | Jovens Titãs: Ravena