Batman Sem Limites: Instintos Animais | Do novo ao nostálgico

Leia em: 2 minutos

A animação Batman Sem Limites: Instintos Animais explora uma vertente diferente da estabelecida por animações anteriores da DC Comics, em parceria com a Warner Bros. Pictures. É voltada para um público mais jovem, até mesmo infantil, tendo um visual cartunesco e colorido característico. Então, se você espera algo similar às animações como Liga da Justiça: Guerra ou Filho do Batman, você corre o risco de se decepcionar. A trama é embasada numa temática futurista e tem como foco a cidade de Gotham. Lá há ocorrências de roubos e invasões, estando, a cidade, a alguns dias de presenciar um evento envolvendo a passagem de um meteorito. A matéria a seguir está livre de spoilers.

Os protagonistas são introduzidos como iniciantes na carreira do heroísmo, e têm seu primeiro contato com super-heróis. Não há um grupo como a Liga da Justiça, por exemplo. Mesmo assim as personagens aparentam conhecê-la, e até mesmo seus alter-egos. Entre os protagonistas temos: Batman (Bruce Wayne), Asa Noturna (Dick Grayson), Robin Vermelho (Tim Drake), Arqueiro Verde (Oliver Queen) e Flash (Barry Allen). A conexão entre os protagonistas é estabelecida ao longo da trama no decorrer do desenvolvimento dos mesmos, o que se mostra um fator decisivo na sua realização.

Batman Sem Limites: Instintos Animais | Do novo ao nostálgico

Os antagonistas, por sua vez – Pinguim (Oswald Coblepott), Dorso Prateado (inicialmente Grodd), Mulher-Leopardo, Crocodilo e Morcego-Humano – apresentam uma conexão já estabelecida, embora sem explicações e desenvolvimento dos mesmos. A exceção é Morcego-Humano, que acaba sendo parte efetiva na resolução da trama.

Leia mais: A lista completa das animações da DC Comics

O tom da animação é levemente sério, com diálogos embasados, muitas vezes em trocadilhos cômicos e piadas propostas por situações ocorrentes. As cenas de ação apresentam uma excelente sincronia entre os envolvidos. Embora, em alguns momentos de resolução dos combates, sem nexo. A animação dá atenção especial a Flash, Asa Noturna e Arqueiro Verde, que se sobressaem do papel de ser apenas alívio cômico nas cenas de ação.

Batman Sem Limites: Instintos Animais | Do novo ao nostálgico

O roteiro é mediano e não causa envolvimento do público que o assiste. Tem momentos sem sentido, diálogos repetitivos e pausas longas, que acabam por romper a “passagem de tempo” da animação. O filme remete às animações de longa data da produtora, seguindo a premissa de animações como Batman: Os Bravos e Destemidos, Liga da Justiça, e Liga da Justiça: Sem Limites.

Veja também: Batman vs. Robin | Da ascensão a queda da Corte das Coruja