HQ do Dia | O Muro – Fraipont e Bailly
in

HQ do Dia | O Muro – Fraipont e Bailly

Ficar em cima do muro não ajuda nem mesmo quando estamos perdidos

Final dos anos 1980, numa cidadezinha bem sem graça no interior da Bélgica, uma garota chamada Rosie de apenas 13 anos viverá os piores anos de sua vida. Ela é do tipo tanto faz pra tudo. Fuma por fumar, sente sempre que está no tédio mesmo estando com as amigas e odeia seus pais.

Bom, falando assim, é capaz de você pensar que se trata de mais um clichê de rebeldia na adolescência. Mas não, Rosie tem seus motivos e por causa deles, vai ingressar em uma jornada que para muitos é um caminho sem volta.

A mãe largou de seu pai e fugiu numa trip amorosa, o pai ficou tão abalado, que mergulhou de cabeça no trabalho e esqueceu que tinha uma filha. Aliás, a mãe de Rosie também. A menina se vê entregue a própria sorte.

HQ do Dia | O Muro – Fraipont e Bailly

Os dias vão passando e a narrativa vai conduzindo o leitor ao estado de desalento de Rosie. A menina descobre que beber whisky é bacana, ajuda a aquecer e a deixá-la calma. Descobre também, que aos olhos da mãe de sua melhor amiga, ela é uma má influência e que mentir para os diretores da escola é uma das coisas mais fáceis do mundo.

HQ do Dia | O Muro – Fraipont e Bailly

Em meio ao caos que sua vida está passando, Rosie encontra um muro pela vizinhança e decide transformá-lo em refúgio. Em cima dele ela enche a cara, pensa na vida, reflete sobre o nada e o tudo, fuma, bebe de novo e até faz novas amizades. É no muro também, que Rosie conhece Jô, um punkzinho do subúrbio. O carinha ama The Cure, Ramones e outras bandas do punk e pós punk.

A vida de Rosie vai mudar pra sempre, mas antes da chave virar, ela vai se perder, vai andar por lugares obscuros, vai conhecer as drogas, se apaixonar por Jô e, no meio de tanta bagunça numa vida de cabeça pra baixo, se encontrar.

HQ do Dia | O Muro – Fraipont e Bailly

Escrito pela belga Céline Fraipont e ilustrada pelo argelino Pierre Bailly, “O Muro” foi publicado no Brasil pela Editora Nemo. O trabalho de ambos neste álbum é satisfatório. Com uma arte as vezes carregada no preto e outras na simplicidade de um traço leve, Fraipont consegue equilibrar a a arte e transmitir na jornada de Rosie, toda a emoção que o leitor precisa para ser fisgado.

“O Muro” é um quadrinho que conta uma história de tom pesado, mas com delicadeza. Não é por ser algo obscuro que precisa fazer mal a quem lê. A trajetória de Rosie é dura, mas a forma com que é contada faz você se identificar com suas motivações e não julgá-la em momento algum. Pode ser necessário.

HQ do Dia | O Muro – Fraipont e Bailly

Rosie precisou descer do muro para encarar a vida mesmo perdida. Se perder faz parte do processo para se encontrar. O desfecho dessa história é maravilhoso e emocionante. Se você for do tipo sensível, já deixa um lenço por perto.

Se você se interessou em ler “O Muro”, o gibi pode ser comprado por aqui!

E aí, curtiu?

Escrito por Bruno Fonseca

Jornalista, apaixonado por quadrinhos, filmes, séries e retrogames. Espero que você alcance o sétimo sentido em todos os âmbitos da vida.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0
Loucura de Amor (2021) | Ótimo roteiro e reviravoltas que prendem o espectador

Loucura de Amor (2021) | Ótimo roteiro e reviravoltas que prendem o espectador

Balan Wonderworld e os principais games de março

Balan Wonderworld e os principais games de março