Mulher-Gato

Autora confirma bissexualidade da personagem nos quadrinhos

Recentemente nas histórias da Mulher-Gato em seu título solo e nas páginas de Batman Eternal, Selina Kyle evoluiu de meramente uma ladra de alto-nível e interesse romântico do Cavaleiro das Trevas para a verdadeira chefe do crime organizado em Gotham.

Na edição 39 de Catwoman lançada esta semana nos Estados Unidos a roteirista Genevieve Valentine, confirmou a bissexualidade da personagem em uma cena de beijo entre Selina e Eiko, a mais recente encarnação da Mulher-Gato.

Em seguida ao lançamento da edição 39 a autora usou seu blog pessoal para explicar a opção sexual da personagem e suas motivações. Segundo Valentine a intenção era estabelecer a bissexualidade de Selina como cânone.

mulher-gato-autora-confirma-bissexualidade-da-personagem-nos-quadrinhos

Eiko e Selina em Catwoman #39

Segundo Valentine:

Ela flertou com isso — frequentemente e literalmente – por anos, para mim isso não foi uma revelação e sim uma confirmação“.

Apesar da nova opção da personagem ser considerada uma surpresa para os leitores segundo Genevieve “Com certeza não é uma surpresa para Selina que ela tem uma atração por mulheres“.

Segundo a autora a relação da Mulher-Gato original com Batman ão será desconsiderada tendo em vista que “não é assim que a bissexualidade (o que a humanidade) funciona“.

Veja também: Divergence | Entenda o futuro da DC Comics de forma descomplicada


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.