HQ do Dia

Tooth and Claw #1

Tooth and Claw é o novo trabalho autoral do veterano Kurt Busiek (autor de Astro City e Marvels) lançado esta semana pela editora Image. A primeira edição tem 44 páginas e nos transporta para Keneil, uma das dezessete cidades mágicas do vasto mundo da HQ. Em Tooth and Claw somos apresentados a uma sociedade complexa regida por magos, feiticeiras e sacerdotes. A magia é a fonte de poder principal nesta realidade e é valor intrínseco para o funcionamento da sociedade neste universo. O que acontece então quando os magos percebem que sua fonteHQ do Dia | Tooth and Claw #1 de poder está falhando?  É neste momento crítico que somos apresentados à história e seus protagonistas.

Busiek não é nenhum novato e malandramente utiliza o jovem Dustan como protagonista e se vale de sua ingenuidade e inexperiência para evitar as armadilhas da explanação extensa nessa estreia. O resultado é que o encanto e a curiosidade do personagem suprem na medida certa as necessidades do leitor e nos levam facilmente a entender a premissa e o universo da HQ de maneira natural e fluida. Como é de se esperar, o cuidado do roteirista com a personalidade do elenco é notável e temos tons e vozes muito bem definidos na apresentação da HQ. Diálogos de épicos, cenas grandiosas alternando com outras bem intimistas e um clima de fantasia clássica (e classuda) que realmente envolve durante esta leitura. O ritmo narrativo é suave, mas veloz o suficiente para intrigar e inteirar o leitor sem confundir ou entediar. Um equilíbrio delicadíssimo que só se atinge escrevendo, lendo e relendo muitas vezes. O resultado é um roteiro que te chama pra dançar e não dá descanso do início ao fim do título.

Todos os personagens em Tooth & Claw são animais antropomorfizados e, apesar de haver uma leve tendência atual no mercado independente (God hates astronauts e Shutter são alguns exemplos), o artista Benjamin Dewey junto com a maravilhosa colorista Jordie Bellaire deixam sua marca desde a primeira página até o épico cliffhanger final desta edição. Dewey mistura o traço clássico de quadrinhos oitentistas com técnicas apuradas de fotografia e alterna entre cenas simples com quadros bem definidos e poucos personagens até páginas complexas, detalhadas e repletas dos mais loucos personagens como as cenas da convenção do conselho dos magos ou a invocação da besta ancestral. A representação do elenco (que vai desde um bull terrier passa por aves de rapina, leões marinhos, ursos e até uma sacerdote em forma de javali) é desafiadora, pra se dizer o mínimo. Um trabalho que poucos desenhistas teriam culhões para se dispor a fazer e competência para entregar da forma que esta equipe de arte entrega. Sensacional.

Tooth and Claw é mais um título da excelente nova safra de quadrinhos da Image. Ao contrário de muita coisa lançada pela editora que tem uma postura mais avant gard, esta HQ tem cara, cheiro e soa como “clássico velharia” desde suas primeiras notas. Busiek mistura Kamandi com Tokien e um pouco Game of Thrones mas define um tom muito pessoal e claro para o título. O roteiro da primeira edição é envolvente e estranhamente original para uma história de fantasia, os diálogos são classudos e épicos e o elenco é memorável. Busiek em 44 páginas consegue criar um mundo e nos fazer querer ser parte dele. Esta é uma leitura que poderia facilmente se estender por mais 40 páginas e o público dificilmente cansaria. A arte, colorização, letras e acabamento de Tooth and Claw é parte integral do roteiro. Graficamente o HQ atende aos altos padrões impostos pelo roteiro do autor e o mundo criado por Busiek ganha vida no traço de Benjamin Dewey. Tooth & Claw é uma estreia empolgante e apaixonante e já se estabelece como uma das melhores coisas lançadas em 2014. Muito difícil ler esta primeira edição e não voltar mês que vem para mergulhar novamente neste mundo incrível.

LEIA MINHA ÚLTIMA RESENHA: HQ do Dia | Amazing Spider-Man #9


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.