Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Os leitores assíduos do site já conhecem nossa iniciativa de apoiar artistas brasileiros gratuitamente, com a intenção de promover a arte nacional em suas mais diversas formas. Queremos divulgar novos projetos, financiamentos, publicar resenhas e o que mais estiver ao nosso alcance para dar algum tipo de visibilidade aos profissionais nacionais.

Hoje vamos falar de algo fundamental para nossa iniciativa: o financiamento coletivo!

Embora as pessoas mais velhas afirmem que os jovens estão perdendo seu tempo, sua vida e deixando de aproveitar o que o mundo tem a oferecer por causa da internet, nós construímos muitas coisas grandiosas por aqui. O financiamento coletivo é um exemplo disso. Nós resolvemos não depender mais do mundo lá fora, mas apoiarmos uns aos outros de forma coletiva. Você tem ideia do quão grandioso é isso?

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Os artistas não precisam mais engavetar seus projetos por falta de verba, apoio e/ou oportunidades. A quantidade de publicações de livros, quadrinhos, curtas e afins simplesmente triplicou desde que o financiamento coletivo foi criado. Nós investimos em nós mesmos, nós apoiamos projetos que tem potencial e proporcionamos ao mercado as mais diferentes formas de arte. O mundo lá fora é uma selva e os jovens não concordam com tanta desigualdade, por isso, resolveram fazer a diferença e, efetivamente, fizeram.

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Diferente do que nossos avós falam, nós não estamos “perdendo nossas vidas” por aqui. Estamos construindo coisas tão grandiosas que eles sequer conseguem entender. Nossa visão de mundo é muito diferente e, felizmente, é muito melhor do que a das gerações anteriores.

Financiamento coletivo: WE CAN DO IT!

Eu tenho o hábito de reservar uma quantidade x de dinheiro para ajudar, pelo menos, um projeto por mês. Não que você seja obrigado a fazer isso, mas eu realmente acho que apoiar projetos nacionais deveria ser um hábito. Você pode até pensar “Ah, mas eu não tenho dinheiro.”, porém saiba que esse problema é fácil de resolver.

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Lembre daqueles 10 reais que você acabou gastando de forma banal, como guloseimas, cerveja, peças de roupa que você não precisava, entre tantas outras coisas. Aqueles 10 reais que você gasta por gastar têm uma importância enorme para o financiamento coletivo e certamente não farão uma diferença grave em seu bolso. É provável que você tenha 10 reais em seu bolso neste instante, não tenha com o que gastar, mas acabará dando algum destino aleatório para ele.

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Qualquer valor importa. Não precisa ser uma quantidade absurda de dinheiro, afinal, a ideia do financiamento coletivo é cada um ajudar um pouquinho. Pense em quanta diferença seus 10 reais podem fazer para alguém com um projeto maravilhoso que precisa de um pouco de apoio? Imagine ter nas suas mãos uma obra que você ajudou a virar realidade? Imagine quantas pessoas terão acesso a mais cultura nacional graças aos seus 10 reais?

O financiamento coletivo é uma obra nossa, então vamos cuidar de sua manutenção para que ela gere os melhores frutos possíveis e semente uma realidade diferente para as pessoas. WE CAN DO IT!

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Deixarei aqui algumas sugestões de projetos que eu apoio ou apoiarei. Conheça alguns, escolha seu(s) favorito(s) e faça sua grana valer à pena:

Liberdade
Artista: Igor Bastos

financiamento-coletivo-a-importancia-de-colaborar-sugestoes-de-projetos12

Afinal, o que é liberdade? Ela realmente existe? Com base nesses questionamentos, o quadrinho conta a história de um jovem e atrapalhado Índio guerreiro, num mundo onde os mitos folclóricos brasileiros são reais, e Boitatá, Cuca e Mula Sem Cabeça estão à solta, espreitando na próxima moita.

Durante uma expedição pela mata, o jovem sapo encontra e salva uma escrava de um terrível Saci Pererê. E este encontro mudará radicalmente todo o seu destino. Numa história que navega entre comédias e cenas realmente chocantes, você será conduzido com sutilezas (e pontapés) pelo drama de quem vive na repressão. Com um começo preto e branco, ela vai se colorindo com a chegada de novos elementos, para encontrar um final realmente imprevisível.

Para saber mais, clique: Liberdade

Estranhos
Artista: Fefê Torquato

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Esta graphic novel é um conjunto de 10 histórias sobre moradores de um mesmo prédio, contadas sob o ponto de vista de um observador externo anônimo. Como a história é inteiramente narrada por esta pessoa, nunca se sabe ao certo se ela é verdadeira ou não. Mas isso não importa. Tanto faz ser o observador ou o observado, o que importa é que olhando de perto, mas bem de perto mesmo, todos nós somos muito estranhos.

Estranhos é a primeira graphic novel de Fefê Torquato, autora da hq “Gata Garota“, publicada pela Editora Nemo. Este projeto é um pouco diferente, pois se trata de uma história fechada, focada nas relações e na complexidade da natureza humana. Um tema mais “adulto”, digamos assim.

Para saber mais, clique: Estranhos

Fazer Arte tem Futuro
por Mariana Lucio

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Pensando em sensibilizar e expandir os diferentes jeitos de olhar o mundo, e em fortalecer o universo de oito crianças, moradoras da comunidade do Paraisópolis, em São Paulo, nasceu o projeto “Fazer Arte Tem Futuro”. As crianças já ganharam oito bolsas de estudos para o curso semestral de “Desbloqueio Criativo e Desenho” na Quanta, uma das mais tradicionais escolas de arte do Brasil. Sua participação neste projeto terá como objetivo viabilizar essas bolsas e providenciar o material para as aulas; transporte de ida e volta, de Paraisópolis até a Vila Mariana; transporte, alimentação e ingressos para passeios mensais a exposições e espetáculos de dança, música e teatro.

Para saber mais, clique: Fazer Arte tem Futuro

 Eruvë
por Mariana Petrovana (YoukO)

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

“Eruvë – O conto da Dama de Vidro” é um mangá nacional que conta como se dá o crescimento de Diana, uma elfa que está fugindo de um casamento arranjado e conhecendo o mundo. Simples, sem muitos rodeios, a protagonista é como quase toda garota quando muito jovem: sonhadora, curiosa, teimosa, e vívida, querendo fazer de tudo um pouco e tentando provar para o mundo o que é capaz de fazer. A criadora do projeto, Mariana Petróvana, do Studio Pau Brasil, tirou suas inspirações de Sakura Card Captor, Guerreiras Mágicas de Rayearth, Rurouni Kenshin (Samurai X) do Watsuki-sensei, The Record of Lodoss War, Senhor dos Anéis, entre outros.

Para saber mais, clique: Eruvë

Das Raízes às Pontas
por Estúdio Cajuína

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

Das raízes às Pontas é um curta-metragem documentário que aborda o resgate das raízes negras a partir dos cabelos crespos. O filme propõe estimular o público a se relacionar bem com o cabelo na forma natural e, consequentemente, promover a aceitação e a aproximação com a origem de sua cultura. O filme retrata a vida de Luíza, 12 anos, ela foi educada de forma muito positiva pelos pais e fala com orgulho dos seus cachos. Os relatos e registros do cotidiano dela formam a estrutura geral do documentário, a partir da qual será formado o link com outras abordagens.

O projeto já está na etapa de pós-produção, com suas filmagens já realizadas, mas para a finalização e distribuição do filme, é preciso do seu apoio.

Para saber mais, clique: Das Raízes às Pontas

 Revista RISCA!
por Lady’s Comics

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

O site Lady’s Comics quer lançar uma revista voltada para o assunto mulheres e quadrinhos, trazendo, já no primeiro volume, temas como a presença da mulher negra nas HQs, identidade de gênero, aborto e as precursoras da nona arte no Brasil. A revista “RISCA!” pretende, por meio de entrevistas, artigos, ilustrações e quadrinhos, promover a documentação e a preservação da memória das autoras de HQs.

Para saber mais, clique: Revista RISCA!

A Grande Cruzada
por Theo Szczepanski

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

A Grande Cruzada é uma história em quadrinhos inspirada pela Cruzada das Crianças, um capítulo medieval na fronteira entre fatos históricos e lendas. Sua ajuda é necessária para a viabilização da publicação do primeiro volume, que já está pronto, em parceria com a Editora Devaneio.

Para saber mais, clique: A Grande Cruzada

 Onde jazz meu coração.
por Ryane Leão

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

O projeto Onde jazz meu coração lançará seu primeiro livro, intitulado “Sou Coração é Excesso”. Ele tratará de amores, desamores, merdas que acontecem na rotina, os socos no estômago que a vida dá, o coração desenfreado, a pulsação que guia as estradas, os recomeços, a luta, os dias, as noites, as madrugadas, os fins, os jeitos que a gente dá, os tropeços, os porres ruins, as ressacas boas, os porres bons, as ressacas ruins, as partidas, as contrapartidas, os pés firmes que insistem em voar e tudo isso que é maluco e lindo e faz cada um ser quem é.

Para saber mais, clique: Onde jazz meu coração

Ametisto
por Marcos Garcia

Financiamento Coletivo: a importância de colaborar + sugestões de projetos

“Ametisto Pó de estrela e os escorpiões de Júpiter” é um encadernado de ficção e fantasia, com a atmosfera dos delirantes anos 70. A história trata do futuro de uma terra no fim dos seus recursos naturais. As televisões se tornaram a única forma de se entreter os jovens. No entanto, a aparição de Ametisto, um alienígena em missão de paz na Terra, cria uma invasão aos sistemas dos canais e reafirma os valores do “Amor, Liberdade e Rock’n Roll”. O que o xeno-artista do glam rock não imagina é que, quando se derruba um sistema, é preciso erguer outro no lugar. Como sua tentativa de salvar as massas do fim do mundo criará novos cultos, religiões e loucas teorias políticas? Como Lela, jovem adolescente, terá a sua vida tocada pelo mistério do estranho visitante?

Para saber mais, clique: Ametisto


Tá sem grana? Tudo bem. Apenas compartilhando esta matéria nas redes sociais você estará dando visibilidade para a importância do financiamento coletivo e, acredite, toda divulgação faz a diferença!

Veja também:
Conheça o projeto nacional “Um Cara Que Caiu do Céu (e não conhecia a vida)
5 mulheres brasileiras que arrasam nos quadrinhos
ESPECIAL HQs NACIONAIS | Webcomics
ESPECIAL HQs NACIONAIS | Títulos com a temática LGBT


Você tem ou conhece alguém que tem um projeto nacional que precisa de visibilidade? Envie um e-mail para [email protected] contando sobre isso e nós lhe ajudaremos da melhor forma possível!

Por Louise


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.