in

The Signifier: Director’s Cut | Um jogo ainda melhor

Novos elementos, falhas corrigidas e mais da versão do diretor

A primeira vez que coloquei as mãos no game, “The Signifier” não tinha nenhuma ideia do que esperar. Mesmo falando sobre, me privei totalmente até mesmo de trailers, e com toda certeza foi a melhor coisa que eu poderia ter feito.

O game me proporcionou uma experiência investigativa com puzzles sem igual, me deixando bem surpresa de maneira positiva. Agora, com sua versão Director’s Cut temos o game com acréscimos na experiência, mesmo que algumas vezes pareçam ser mínimos, acabam fazendo uma boa diferença.

Nessa versão do diretor daremos de cara com as mesmas situações ocorridas de sua primeira versão, porém dando de cara com novos diálogos, caminhos, puzzles e escolhas possíveis para nosso protagonista. Cada investigação é única dentro de “The Signifier”, então se já era necessário ficar atento aos detalhes de cada ponto, nessa versão tudo fica ainda mais preciso.

Eu sei que são até que pequenos acréscimos nessa versão, o que deixaria muitos com o pensamento: “será que vale a pena comprar essa experiência?“, e devo dizer que sim, principalmente se você não jogou a primeira versão, ganhando até algumas surpresas diferenciadas daqueles que já tiveram uma primeira olhada em seu lançamento.

Jogando novamente mudei muitos caminhos de escolha na hora da investigação e principalmente com os novos diálogos adicionados, que tornam algumas explicações mais claras em certos momentos, que foi algo que senti falta na primeira versão. Até mesmo na hora de fazer os puzzles sentia uma leve dificuldade, não que isso seja ruim, mas não sabia dizer se não estava bem explicado ou se era algum bug que não me dava a chance de avançar. Ou quem sabe eu apenas fui péssima ao tentar resolver.

Senti melhoras durante minha jogatina nessa segunda vez. Os bugs que apareciam em um momento ou outro sumiram e a qualidade gráfica parece estar ainda melhor – e olha que já era ótima na primeira versão lançada pela empresa.

A versão Director’s Cut não foi apenas uma ótima ideia mas uma bela oportunidade das pessoas terem mais uma chance de conhecer o game e sua história, dando também a abertura de testar outros caminhos de maneiras diferenciadas sem perder a essência do que é proposto pela história.

E aí, curtiu?

Escrito por Guta Cundari

Do cinema para o jornalismo. Amante de filmes e games, fã filmes de terror trash e joguitos que duram meses. As Premiações pelo mundo todo que me aguardem e os noobs que sofram.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0
Apex Legends divulga sua nova lenda para temporada 9

Apex Legends divulga sua nova lenda para temporada 9

HQ do Dia | O Último Voo das Borboletas – Kan Takahama

HQ do Dia | O Último Voo das Borboletas – Kan Takahama