in

Star Wars | Os 7 atos mais heroicos do droide R2-D2

Star Wars não seria o mesmo sem seus androides, não é mesmo? Astromechs, protocol droids, GNK power droids… Todos eles tem um papel importante na galáxia, alguns mais do que outros. Assim como é o caso do pequeno droide R2-D2.

R2-D2 é um dos principais personagens da saga. Ele é um androide astro-mecânico, responsável pela manutenção e navegação das astronaves. Fala uma “linguagem” incompreensível – de bipes e sons eletrônicos – e até inspirou o personagem Kenny, de “South Park”. Além dele, o C-3PO, um “androide de protocolo” (intérprete e relações-sociais) fluente em 6 milhões de meios de comunicação, foi inspirado no robô do filme clássico “Metrópolis“. 

Ambos aparecem nos 6 filmes da saga. A dupla muitas vezes foi importante para o avanço da trama, e a continuação tem sido condicionada ao fato de que R2 -D2 agiu como herói mais uma vez. Ele salvou diversas vezes a pele de Han, Luke, Anakin, Leia, entre outros, de vários tipos de situações e até mesmo da morte. Por esses e tantos outros motivos, R2-D2 merece uma medalha (tanto quanto o Chewbacca).

Veja os 7 atos mais heroicos de R2-D2. O “super-droide” que mostrou sua força para a galáxia.

Leia mais: Filmes de Star Wars | Lista com a ordem certa para assistir à saga

1. Quando ele parou o compactador de lixo da Estrela da Morte

Em Uma Nova Esperança, Luke, Han, Chewbacca e Leia estão prestes a ser esmagados pelo compactador de lixo da Estrela da Morte, onde acabaram presos, quando R2-D2 entrou em ação! O droide desligou todos os mashers de lixo, salvando assim a pele de todos.

2. Quando ele serviu de isca para um exército de androides

Os Separatistas podem ter milhares de droides de batalha à sua disposição, porque eles são fiéis e programados para lutar. No 14° episódio da série Star Wars, intitulado “A Friend in Need”, Mandalorians forçou R2-D2 a reparar androides que foram danificadas em testes. Mas ele não fez isso. Ele reparou e organizou os droides contra os Mandalorians, libertou Ahsoka e pegou seu sabre de luz de volta, para poder lutar contra o Pre Vizsla.

3. Quando ele enfrentou os Buzz Droids

R2-D2 teoricamente não deveria ter sentimentos, mas mesmo assim é leal, confiável e sempre aceita um desafio. Ele impediu que a nave do Anakin fosse destruída pelos Buzz droids, durante a batalha em A Vingança dos Sith. 

4. Quando ele consertou o gerador de escudo

R2-D2 era um simples droide astromecânico a serviço da Rainha Amidala de Naboo – que teria tido um reinado muito menor se ele não tivesse salvado sua vida. R2-D2 consertou o gerador de escudo da nave estelar real em A Ameaça Fantasma, impedindo que a Rainha e todos a bordo da nave fossem destruídos durante o bloqueio de Naboo.

5.  Quando ele consertou o hiperpropulsor da Millennium Falcon

As coisas raramente vão de acordo com o planejado quando se trata da Millennium Falcon para uma fuga. Por exemplo, quando Leia, Chewbacca, Lando e os droides fugiram de Cloud City. Após resgatarem Luke, a nave deixou o planeta e tentou passar para a velocidade da luz. Entretanto, a tripulação não sabia que o hiperpropulsor recentemente reparado tinha sido desativado a mando de Vader. R2-D2 percebeu que deveria entrar em ação e, mesmo depois de ter escutado o C-3PO lhe dizendo: “Você não sabe como consertar o hiperpropulsor”, o pequeno droide cumpriu a missão e impediu a Falcon de cair em mãos imperiais.

6. Quando ele salva a vida de Padme e conserta C-3PO


Quando Anakin, R2-D2 e C-3PO vão para o planeta Geonosis, R2 salva Amidala da morte dentro de uma fábrica de droides. Durante o resgate, C-3PO acidentalmente é decapitado, e tem sua cabeça parafusada num droide de batalha. Durante a Batalha de Geonosis, R2-D2 corajosamente entra na arena, recupera a cabeça de C-3PO e coloca suas peças de volta ao lugar.

Leia mais: Pai transforma desenhos dos filhos em animes

7. Quando ele foi fundamental para o resgate da Princesa Leia


Em O Retorno do Jedi, R2-D2 não apenas rompe as correntes que prendiam Leia ao corpo de Jabba, the Hutt em uma nave prestes a explodir, como também recupera o sabre de luz de Luke do palácio de Jabba, e o devolve ao dono no momento mais oportuno. Ele usou um de seus compartimentos para esconder o sabre e conseguiu lançá-lo perfeitamente a Luke.


Versátil e corajoso, o dróide R2-D2 desenvolveu uma personalidade aventureira durante a saga. Dentro de sua armação cilíndrica vimos muitas armas, sensores, e outras ferramentas que poderiam ser estendidas para atender a situações de necessidades diversas, como computadores de fatiamento, extintores de incêndio, projetores de hologramas, reparadores de naves estelares, e propulsores. Sua bravura, acoplada com seus muitos aparelhos, desempenharam grandes papéis, poupando a galáxia muitas vezes. E é por esse motivo, que R2-D2 pode ser considerado um “super-droide”.

Não deixe de conferir também:  Star Wars: O Despertar da Força |Sinta o poder da Força no novo trailer oficial

E aí, curtiu?

Escrito por Juliane Rodrigues (Exuliane)

Serial killer não praticante, produtora audiovisual de formação e redatora por vocação. Falo sério mas tô brincando no twitter @exuliane

manda nudes: [email protected]

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Bleach | Mangá terá uma semana de recesso

Dragon Ball Z: O Renascimento de Freeza | Dubladora do Goku marca presença em estreia nos EUA