Connect with us

Inscreva-se

Cinema

Filmes de Star Wars | Lista com a ordem certa para assistir à saga

Se você nunca soube por onde começar a assistir aos filmes de Star Wars, eu te dou uma mãozinha!

Filmes de Star Wars | Lista com a ordem certa para assistir à saga
A ordem certa para assistir aos filmes de Star Wars

Em maio de 2019, a Disney anunciou mais três filmes de Star Wars que serão lançados em 2022, 2024 e 2026. Ou seja, após a estreia de “Star Wars: Episódio IX – A Ascensão Skywalker” em dezembro de 2019, os fãs praticamente ganharão um filme da saga a cada dois anos.

A quantidade de filmes da franquia pode assustar os novatos que têm vontade de mergulhar no universo criado por George Lucas. Afinal de contas, se levarmos em consideração os filmes lançados até 2019, são um total de 12 produções. Para descomplicar esse universo, vamos nos ater primeiramente aos filmes da trilogia original (episódios 4,5 e 6) e da trilogia prequela (episódios 1, 2 e 3). Um pouco mais abaixo, falaremos de outros filmes da saga que compõem a cronologia.

Veja a seguir como começar a assistir aos filmes de Star Wars.

Leia mais: Filmes da Marvel | Lista com a ordem certa e cronológica

Ordem de lançamento

Esse é o jeito mais popular e segue a ordem de lançamento de cada um dos títulos. Mas há ressalvas. Quando George Lucas lançou a trilogia prequela, ele acabou fazendo algumas alterações digitais na trilogia original. Isso fez com que certos personagens que só foram apresentados nos filmes lançados a partir do final dos anos 90, aparecessem nos primeiros filmes de Star Wars.

Esse é o jeito mais popular e segue a ordem de lançamento de cada um dos títulos. Mas há ressalvas. Quando George Lucas lançou a trilogia prequela, ele acabou fazendo algumas alterações digitais na trilogia original. Isso fez com que certos personagens que só foram apresentados nos filmes lançados a partir do final dos anos 90, aparecessem nos primeiros filmes de Star Wars.

Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança (1977)

Luke Skywalker (Mark Hammil) sonha ir para a Academia como seus amigos, mas se vê envolvido em uma guerra intergalática quando seu tio compra dois robôs e com eles encontra uma mensagem da princesa Leia Organa (Carrie Fisher) para o jedi Obi-Wan Kenobi (Alec Guiness) sobre os planos da construção da Estrela da Morte, uma gigantesca estação espacial com capacidade para destruir um planeta. Luke então se junta aos cavaleiros jedi e a Hans Solo (Harrison Ford), um mercenário, para tentar destruir esta terrível ameaça ao lado dos membros da resistência.

Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca (1980)

As forças imperais comandadas por Darth Vader (David Prowse) lançam um ataque contra os membros da resistência, que são obrigados a fugir. Enquanto isso Luke Skywalker (Mark Hamill) tenta encontrar o Mestre Yoda, que poderá ensiná-lo a dominar a “Força” e torná-lo um cavaleiro jedi. No entanto, Darth Vader planeja levá-lo para o lado negro da “Força”.

Star Wars: Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983)

O imperador (Ian McDiarmid) está supervisionando a construção de uma nova Estrela da Morte. Enquanto isso Luke Skywalker (Mark Hamill) liberta Han Solo (Harrison Ford) e a Princesa Leia (Carrie Fisher) das mãos de Jaba, o pior bandido das galáxias. Luke só se tornará um cavaleiro jedi quando destruir Darth Vader, que ainda pretende atraí-lo para o lado negro da “Força”. No entanto a luta entre os dois vai revelar um inesperado segredo.

Leia mais: Star Wars | 25 curiosidades sobre o final da trilogia clássica

Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999)

Quando a maquiavélica Federação Comercial planeja invadir o pacífico planeta Naboo, o guerreiro Jedi Qui-Gon Jinn (Liam Neeson) e seu aprendiz Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor) embarcam em uma aventura para tentar salvar o planeta. Viajam com eles a jovem Rainha Amidala (Natalie Portman), que é visada pela Federação pois querem forçá-la a assinar um tratado político. Eles têm de viajar para os distantes planetas Tatooine e Coruscant em uma desesperada tentativa de salvar o mundo de Darth Sidious (Ian McDiarmid), o demoníaco líder da Federação que sempre surge em imagens tridimensionais (a ameaça fantasma). Durante a viagem, Qui-Gon Jinn conhece um garoto de nove anos que deseja treiná-lo para ser tornar um Jedi, pois o menino tem todas as qualidades para isto. Mas o tempo revelará que nem sempre as coisas são o que aparentam.

Star Wars: Episódio II – Ataque dos Clones (2002)

Dez anos após a tentativa frustrada de invasão do planeta Naboo, Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor), Anakin Skywalker (Hayden Christensen) e Padmé Amidala (Natalie Portman) estão juntos novamente. Neste período de tempo Obi-Wan passou de aprendiz a professor dos ensinamentos jedi para Anakin, sendo que ambos foram destacados para proteger a agora senadora Amidala, que tem sua vida ameaçada por facções separatistas da República, que ameaçam desencadear uma guerra civil intergalática. Com o passar do tempo surge um romance proibido entre Anakin e Amidala, pois os cavaleiros jedi não têm permissão para se apaixonarem.

Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith (2005)

As Guerras Clônicas estão em pleno andamento e as diferenças entre o Conselho Jedi e o Chanceler Palpatine (Ian McDiarmid) aumentam cada vez mais. Anakin Skywalker (Hayden Christensen) mantém um elo de lealdade com Palpatine, ao mesmo tempo em que luta para que seu casamento com Padmé Amidala (Natalie Portman) não seja afetado por esta situação. Seduzido por promessas de poder, Anakin se aproxima cada vez mais de Darth Sidious (Ian McDiarmid) até se tornar o temível Darth Vader. Juntos eles tramam um plano para aniquilar de uma vez por todas com os cavaleiros jedi.

Esses são os três filmes de cada uma das trilogias. Dá uma maratona das boas, né? Mas se você estiver se perguntando sobre os novos filmes, eles surgiram 10 anos depois e estão sob o comando da Disney. Em outubro de 2012, a firma do Mickey por comprou de 100% das ações da Lucasfilm que pertencia a George Lucar por US$ 4,05 bilhões e passou a produzir novas histórias explorando o universo da saga.

Para continuar assistindo na ordem de lançamento, basta continuar por estes filmes que pertecem à trilogia sequela.

Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (2015)

Décadas após a queda de Darth Vader e do Império, surge uma nova ameaça: a Primeira Ordem, uma organização sombria que busca minar o poder da República e que tem Kylo Ren (Adam Driver), o General Hux (Domhnall Gleeson) e o Líder Supremo Snoke (Andy Serkis) como principais expoentes. Eles conseguem capturar Poe Dameron (Oscar Isaac), um dos principais pilotos da Resistência, que antes de ser preso envia através do pequeno robô BB-8 o mapa de onde vive o mitológico Luke Skywalker (Mark Hamill). Ao fugir pelo deserto, BB-8 encontra a jovem Rey (Daisy Ridley), que vive sozinha catando destroços de naves antigas. Paralelamente, Poe recebe a ajuda de Finn (John Boyega), um stormtrooper que decide abandonar o posto repentinamente. Juntos, eles escapam do domínio da Primeira Ordem.

Leia mais: Lista completa das animações da DC Comics

Star Wars: Episódio VIII – Os Últimos Jedi (2017)

Após encontrar o mítico e recluso Luke Skywalker (Mark Hammil) em uma ilha isolada, a jovem Rey (Daisy Ridley) busca entender o balanço da Força a partir dos ensinamentos do mestre jedi. Paralelamente, o Primeiro Império de Kylo Ren (Adam Driver) se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde.

Após encontrar o mítico e recluso Luke Skywalker (Mark Hammil) em uma ilha isolada, a jovem Rey (Daisy Ridley) busca entender o balanço da Força a partir dos ensinamentos do mestre jedi. Paralelamente, o Primeiro Império de Kylo Ren (Adam Driver) se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde.

Leia mais: Star Wars: Os Últimos Jedi (2017) | Velha roupa colorida

Star Wars: Episódio IX – A Ascensão Skywalker (2019)

“Star Wars: A Ascensão Skywalker” se passa cerca de um ano após os eventos de “Star Wars: Os Últimos Jedi” revelando o conflito interno dos sobreviventes da Resistência e a luta dos mesmos contra a Primeira Ordem, dando fim também à saga dos Skywalker. Sinopse oficial ainda não divulgada.

Outras formas de assistir Star Wars

Filmes de Star Wars | Lista com a ordem certa para assistir à saga

A ordem certa para assistir aos filmes de Star Wars

Depois de conhecer cada um dos filmes pela ordem em que foram lançados, é possível assistí-los de diferentes formas. Vamos apresentar cada uma delas e você decide qual se adaptará melhor a experiência que deseja ter com Star Wars. Veja as opções abaixo.

Ordem cronológica

Assistir desse jeito pode estragar as maiores surpresas que a trilogia original pode te proporcionar. Não viver essa experiência cinematográfica é quase um crime, mas se mesmo assim desejar, voilà!

Assista assim: I, II, III, IV, V e VI. E depois, siga normalmente por VII, VIII e IX.

Ordem Ernst Rister

Essa ordem foi criada como uma espécie de “cronologia perfeita”. O caminho por ela não priva o espectador das grandes revelações dos episódios IV e V, e também não causa estranhamento com a figura que aparece no episódio VI.

Assista assim: IV, V, I, II, III e VI. E depois, siga normalmente por VII, VIII e IX.

Ordem machete

Muitos fãs de Star Wars não gostam do episódio I. Alguns ignoram esse filme pelo fato de não ter superado as expectativas de mostrar uma base solidificada para o universo criado por George Lucas.

Assista assim: IV, V, VI, II e III. E depois, siga normalmente por VII, VIII e IX.

Mas lembre-se, apesar de todas as críticas e exageros dos fãs sobre o episódio I, ele serve como complemento e não deixa de ser importante para a saga. Se você optar por assistir desse jeito, o ideal é que entre o episódio III e VII, você assista ao episódio.

Leia mais: Lista completa das animações da Marvel

Ordem incluindo os filmes da antologia

Filmes de Star Wars | Lista com a ordem certa para assistir à saga

A ordem certa para assistir aos filmes de Star Wars

Entre o lançamento dos filmes que compõem cada trilogia, George Lucas e a Disney lançaram alguns títulos que servem enriquecer a história e também para uma compreensão melhor do universo Star Wars.

Em 2008 foi lançado uma animação chamada “Star Wars: A Guerra dos Clones”, depois surgiram “Rogue One: Uma História Star Wars” (2016) e “Solo: Uma História Star Wars” (2018).

Assista assim: IV, V, VI, I, II, Guerra dos Clones, III, VII, Rogue One, VIII, Solo e IX.

Agora que você já conhece todas as formas de assistir a saga Star Wars, desejamos ótimas maratonas. Ah, e cuidado para não ser seduzido pelo do lado negro da “Força”!

Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

Escrito por

Jornalista, apaixonado por quadrinhos, filmes, séries e retrogames. Espero que você alcance o sétimo sentido em todos os âmbitos da vida.

Comentários
Advertisement
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

    Parceiros:

  • xvideos
  • Videos Porno
  • Xvídeos
  • Ah Negão
  • xnxx
  • Acompanhantes BH
  • Acompanhantes Belo Horizonte
  • Videos Porno
  • X videos
  • Xvideos Porno
  • Porno Nacional
  • xvideos amadoras
  • acompanhantes sp
  • x videos
  • porno brasileiro
  • Xvideo
  • acompanhantes em sp
  • Acompanhantes Campinas
  • xvideos brasil
  • Sexo Gostoso
  • Sexo Amador
  • Xvideos Brasileiro
  • ACOMPANHANTES SAO PAULO
  • acompanhantes são paulo
  • Acompanhantes ES
  • Pornozudo
  • Travestis
  • Videos Travestis
  • TGatas
  • Acompanhantes Transex

Proibido Ler - Since 2009 - Copyright © 2018 Jawn Theme.

Connect
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.