Marvel, queremos filmes solo de heroínas e queremos já!

Antes de qualquer coisa, quero agradecer à Maria Gabriela, que me ajudou a colocar as ideias no lugar para montar essa matéria.

O Universo Cinematográfico da Marvel (UCM) é, sem dúvidas, um sucesso sem limites. Depois de Guardiões da Galáxia (2014), um filme com personagens completamente desconhecidos, ter ultrapassado todos os recordes de bilheteria, é praticamente impossível dizer onde o estúdio pode chegar com um bom roteiro. É isso que mais me incomoda no assunto de que trato nessa matéria.

O UCM começou com Homem de Ferro (2008), então, todos os filmes anteriores de super-heróis dos quadrinhos Marvel podem ser, de certa forma “descartados”. Não que devam ser, literalmente, descartados, mas deixe algo bem claro em sua cabeça: eles não existem para a história que foi construída a partir de 2008 e continua até hoje. Outro ponto importante é que nem todos os personagens da Marvel são da Marvel. Nos anos 90, rolou uma crise financeira complicada que fez com que o estúdio vendesse os direitos de adaptação de alguns personagens, presta atenção no esclarecimento:

Homem-Aranha e todo seu universo (vilões, namoradas e etc), Motoqueiro Fantasma – SONY
Blade – NEW LINE
X-Men, Demolidor e Quarteto Fantástico – FOX

Deixando claro que, desde 2008 a Marvel produz filmes únicos, em um novo universo independente de tudo que já tinha sido produzido anteriormente e que não tem nenhuma ligação com as franquias X-Men e Homem-Aranha, a pergunta que não quer calar é: POR QUE A MARVEL AINDA NÃO LANÇOU UM FILME SOLO COM UMA PROTAGONISTA FEMININA?

Caso você tenha sido pego de surpresa por essa postagem, esta é uma dúvida que martela a cabeça dos fãs (principalmente das fãs mulheres) há muito tempo. Não é como se eu estivesse falando apenas por mim. Estou falando por milhares, milhões de fãs ao redor do mundo que, a cada oportunidade surgida, fazem o mesmo questionamento a Kevin Feige (Presidente de Produção da Marvel Studios).

Nós sabemos que existem mulheres poderosas nos filmes de super-heróis da Marvel. Aliás, não só sabemos, como amamos elas: Pepper Potts teve sua ascensão a CEO das Indústrias Stark e mostrou que também é capaz de vestir uma armadura, Viúva Negra prova que sensualidade e periculosidade caminham juntas, Maria Hill alcançou o topo da S.H.I.E.L.D., que todos sabemos ser uma organização secreta comandada por homens, Peggy Carter é uma forte, honrada e destemida soldada de batom vermelho na linha da frente da 2ª Guerra Mundial, entre outros exemplos.

“Nossa, mas tem tantas personagens incríveis, por que estamos descontentes?”

Por mais incrível que qualquer mulher seja no UCM, ela será reduzida a uma mera coadjuvante para a história do protagonista, que sempre é homem. Eles sempre tem suas namoradinhas, no caso, foi como introduziram Pepper Potts, Peggy Carter e Jane Foster, e quando outra mulher é introduzida, adivinhe? É como um interesse amoroso forçado e desnecessário. A Viúva-Negra foi introduzida em Homem de Ferro 2, como interesse amoroso de Tony Stark, depois apareceu em Os Vingadores (2012), onde foi deixado claro que havia algo a mais entre ela e Clint Barton e, por último, em Capitão América 2 (2014), onde até um beijo entre ela e o Capitão América rolou. A sedução é uma característica muito forte da personagem, mas ela não está simplesmente seduzindo e partindo para a briga nos filmes, ela está sendo usada como “parzinho” dos protagonistas e isso não está certo.

tumblr_n2yrze3S9W1sgohdxo1_500

QUANDO?

Guardiões da Galáxia (2014) foi um filme maravilhoso, mas extremamente sexista. Podemos apontar 5 mulheres que se destacaram no filme, dentre uma legião de homens (ou machos, já que eram alienígenas, sei lá). A primeira, a garota que aparece na nave do Peter Quill por CINCO SEGUNDOS e ele diz “Ah, nem notei você aí.”. A garota na casa do Colecionador que aparece, literalmente, ajoelhada e limpando o chão. Nebula, a vilã que aparece pouquíssimo e só apanha. Gamora que, embora seja uma assassina sanguinária nos quadrinhos, foi reduzida a uma frágil e sensível alien verde que, além de cair no romance (forçado e desnecessário) do protagonista, ainda é salva da morte por ele, coisa que é bem ridícula, se tratando de uma personagem do nível dela. Quem deveria estar salvando alguém ali, era ela. E, por último, a moça da Tropa Nova, que apareceu muito pouco. Sem contar a cena do Stan Lee com mulheres mais novas, que foi colocada no lugar de uma cena muito legal em que ele seria um dos itens do Colecionador. Sério, não dá pra acreditar.

A grande desculpa esfarrapada para um filme de protagonista feminina não ter saído ainda é medíocre: medinhoMedinho de fracassar. Medinho de não ganhar dinheiro. Medinho de ninguém gostar.

Medinho baseado em filmes como Elektra (2005) e Mulher-Gato (2004), que foram duramente criticados e figuram várias listas de “piores filmes baseados em personagens de histórias em quadrinhos”. Por causa do fracasso de bilheteria desses filmes, é difícil que se produza um filme melhor, mesmo 10 anos depois. Mas vou contar um segredo que, aparentemente, os produtores desconhecem: filmes baseados em histórias em quadrinhos com protagonistas masculinos também fracassam e, aliás, fracassam pra caralho! Por exemplo, Aço (1997); Lanterna Verde (2011); Batman e Robin (1997); Superman: O Retorno (2006); entre outros.

Qual a explicação para um filme de super-herói ter fracassado? O diretor, a produção, o roteiro, o orçamento, os atores. É claro que com os ajustes corretos é possível fazer dar certo no futuro, né? CLARO QUE SIM!

Qual a explicação para um filme de super-heroína ter fracassado? Ser protagonizado por mulher. É claro que com os ajustes corretos é possível fazer dar certo no futuro, né? NÃO!

tumblr_mn2xq0Ay4X1rklsodo1_500

Filme da Capitã Marvel, que tal?

“Por que um filme com protagonista feminina é tão importante para vocês?”

Porque nós queremos, merecemos e precisamos. Se hoje a mulher já deixou de ser apenas uma peça na vida do homem, porque continua sendo apenas uma peça nos filmes dos homens? Mulheres consomem filmes, quadrinhos e produtos oficiais tanto quanto homens (talvez até mais, porque homens não costumam gastar tanto assim). Então, por que agir como se não existíssemos? Por que dizer que uma protagonista feminina seria um fracasso? Por que sentir medinho? É cegueira pensar que aquelas bilheterias gigantes foram construídas por homens, nós também estávamos lá. Nós sempre estamos lá, filme após filme, e queremos ser representadas. Queremos estampar os cartazes e protagonizar um ou mais longas-metragem.

tumblr_mopretCEJJ1qj2c1so1_500

E um filme da She-Hulk?

“Não há personagens femininas que sejam famosas o suficiente pra ganhar o próprio filme.”

Depois que uma árvore e um guaxinim falando ultrapassaram o recorde de Os Vingadores, ficou mais que provado que não é preciso ser popular pra fazer sucesso.

Caso você ainda não esteja convencido, segue alguns filmes de ação (“filmes de super-herói” não é um gênero, desculpa) protagonizados por mulheres que fizeram sucesso, mas são esquecidos pelos produtores na hora de pensar no próximo projeto do UCM: Lara Croft: Tomb Raider, Resident Evil, Anjos da Noite, Jogos Vorazes, Kill Bill, As Panteras, Alien, Hanna, Valente, O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, SALT, entre outros.

tumblr_mn68vtzCjQ1rklsodo1_500

Monica Rambeau, que sonho!

Recentemente a Marvel ingressou na televisão e apresentou duas séries com protagonistas femininas, Agente Carter, que tem estreia marcada para 2015 e Jessica Jones, sem data de estreia. Se estamos felizes? Lógico. Se é o bastante? Não. Enquanto lançam duas séries protagonizadas por mulheres, há mais quatro protagonizadas por homens, sem falar dos filmes. É um prêmio de consolação? Deveríamos nos conformar? Isso não é igualdade, não é o bastante e não vai funcionar. Heroínas no cinema, JÁ!

tumblr_mt7rdmZ6rt1qmccp7o3_r3_250

ATUALIZAÇÃO: A Marvel finalmente escutou nossas preces e oficializou o filme da CAPITÃ MARVEL! Esse é só o começo! Vamos conseguir muitas heroínas poderosas para o cinema daqui para frente, e a primeira delas já está chegando!

Leia mais Textões da Louise

Por Louise


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.