Curiosidades sobre Trainspotting: Sem Limites (1996)

Danny Boyle iniciou sua carreira em 1994 com o controverso “Cova Rasa e já prometeu ser um diretor bastante diferente de todos os outros. A narrativa, inclusive, preparava o terreno para sua obra posterior ao girar em torno de um grupo de jovens que se mudou para um apartamento novo e, após a morte por overdose de seu inquilino, viu sua vida mudar para sempre.

No tocante às drogas – um tema cujo tabu se dissipava aos poucos na transição entre o final da década de 1990 e o começo dos anos 2000 -, Boyle criaria uma relação especial e caminharia para sua obra-prima intitulada “Trainspotting: Sem Limites” (1996), colaborando uma segunda vez com Ewan McGregor. Dessa vez, o vício ganharia um palanque maior, transformando-se numa ácida e humorosa narrativa focada em quatro amigos: Renton, Spud e Sick Boy, cada qual com seus problemas e seu próprio cotidiano que, eventualmente, fundem-se uns aos outros.

O filme ganhou aclame generalizado por parte da crítica especializada, sendo indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, mas não se restringiu apenas a uma competente história: o que mais nos chama a atenção é a incrível química imortalizada por um elenco de ponta, formado por McGregor, Ewen Bremner, Jonny Lee Miller, Kevin McKidd, Robert Carlyle e Kelly Macdonald – e o sucesso do longa seria tamanho que, onze anos depois, ganharia uma continuação com os mesmos atores e atrizes. Não é à toa que “Trainspotting” (cujo título é um delicioso trocadilho explanado no desenrolar dos eventos) é, até hoje, considerado um improvável clássico e uma das melhores produções do século passado.

E para homenageá-lo, resolvemos dedicar este mais novo especial de curiosidades para contar um pouco sobre os bastidores das filmagens. Confira abaixo a nossa lista e não se esqueça de deixar seu comentário e sugestões para matérias futuras:

  • Apesar da veracidade cênica, as fezes da sequência do Pior Banheiro da Escócia foram feitas de chocolate.
  • Ewan McGregor leu livros sobre crack e heroína para se preparar para o papel. Ele também viajou para Glasgow para conversar com pessoas do Centro de Reabilitação de Calton.
  • Devido ao baixo orçamento, a maior parte das cenas teve que ser rodada em apenas um take.
  • Kelly Macdonald conseguiu seu papel quando a produção distribuía panfletos por Glasglow, para qualquer um disposto a participar das audições. Quando o diretor Danny Boyle colocou os olhos nela, a conexão foi automática.
  • Boyle fez uso de métodos criativos enquanto dirigia por causa do orçamento. Por exemplo, na cena em que Renton atira num cachorro e depois ataca seu dono, o cineasta conseguiu a reação do animal ao se posicionar fora do alcance da câmera e começar a gritar.

  • O filme inteiro foi rodado em apenas sete semanas e meia.
  • Macdonald, em um momento de ingenuidade, convidou sua mãe e seu irmão para visitarem o set de gravações no dia em que rodaria a cena de sexo com McGregor.
  • McGregor teve que perder 14 quilos para dar vida ao viciado em heroína Renton.
  • Ewen Bremner, que dá vida a Spud, já havia participado de uma adaptação teatral do romance. Entretanto, interpretara Renton.
  • “Trainspotting” causou muita controvérsia à época de seu lançamento por causa do conteúdo explícito. O senador Bob Dole chegou a multar a produção pelo uso glorificante de drogas – e mais tarde admitiu que não tinha assistido ao filme.
  • McGregor sempre foi a primeira opção de Boyle para interpretar o personagem principal.

  • Em 1999, o filme entrou para a lista do British Film Institute como o décimo melhor longa-metragem do século XX.
  • Jonny Lee Miller é o único ator não-escocês do elenco principal.
  • Boyle estava animado quanto ao potencial da história em ser “o filme mais enérgico que o público já viu”.
  • O longa foi feito com 2,5 milhões de dólares e arrecadou 72 milhões, tornando-se a produção inglesa mais bem-sucedida de 1996.
  • A cena em que os detetives caçam Renton pela rua é reminiscência da sequência de “Os Reis do Ié-Ié-Ié” (1964), na qual o grupo The Beatles é perseguido por fãs.
  • Macdonald e Kevin McKidd trabalhariam juntos anos depois na animação “Valente” (2012).

VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.