in

ESPECIAL: Sons Of Anarchy | As anotações de Jax Teller – 5° Temporada

O ESPECIAL: Sons Of Anarchy chega a sua 5ª publicação, que condiz com a 5ª temporada da série. Antes de qualquer coisa, confira as publicações anteriores:

Sons Of Anarchy foi uma série incrível e um dos motivos para tal era que ela tratava de relacionamentos, e este é um tema universal – mesmo para uma gangue de motoqueiros. Assim como John, Jax Teller se preocupa com a família e tenta a todo custo protege-la dessa vida, desse destino podre e lamacento.

O filho se torna o pai, mas apesar das semelhanças, Jax consegue aproveitar o que há de bom em meio ao caos, ele consegue sentir a chuva pois afinal, nunca ficou em dúvida quanto ao que queria.

Seguindo os passos de John, Jax começa agora a deixar seu legado, escrevendo para que os filhos aprendam com ele. Ele nunca sabe o que há por vir, e a tinta se torna então uma forma de proteção, uma garantia de que seu espirito sempre estará olhando por quem ama. Confira:

ESPECIAL Sons Of Anarchy As anotações de Jax Teller - 5° Temporada 1

Episódio 1

Algo acontece à cerca de 147 quilômetros por hora. Escapamentos como trovões abafando todo o som, motor vibrando de acordo com as batidas do coração. Campo de visão afunilada para o imediato e, de repente, você não está na estrada, você é a estrada, uma parte dela.

Tráfego, cenário, policiais, apenas recortes de papelão que voam quando você passa. Às vezes eu esqueço a adrenalina disso. É por isso que eu amo estas corridas longas. Todos os seus problemas, todas as brigas, se foram. Nada mais para se preocupar exceto com o que está na sua frente. Talvez essa seja para mim a lição de hoje – para segurar esses momentos simples, apreciá-los um pouco mais. Não há muitos deles restando.

Eu não quero nunca isso para você. Encontrar coisas que fazem você feliz não deve ser tão difícil. Eu sei que você vai enfrentar a dor, o sofrimento, escolhas difíceis, mas você não pode deixar que o peso disso abafe a alegria de viver.

Não importa o que, você tem que encontrar o que te faz bem, correr para isso. Há um velho ditado. Aquilo que não te mata te faz mais forte. Eu não acredito nisso. Eu acho que as coisas que tentam matá-lo deixam você irritado e triste.

A força vem de coisas boas… Sua família, seus amigos, a satisfação de trabalhar duro. Essas são as coisas que vão mantê-lo inteiro. Essas são as coisas que vão te segurar quando você estiver na pior.

 ESPECIAL Sons Of Anarchy As anotações de Jax Teller - 5° Temporada 2

Episódio 5

É difícil não odiar. Pessoas, coisas, instituições. Quando quebram seu espírito e têm prazer em te ver sangrar, ódio é o único sentimento que faz sentido.

Mas eu sei o que o ódio faz com um homem. O afasta, o transforma em algo que não é. Algo que prometeu a si mesmo que nunca seria. Isso é o que preciso te dizer, para que saiba o quanto tento não cavar sob o peso de todas as coisas terríveis que sinto em meu coração.

Às vezes, minha vida parece um ato de equilíbrio mortal. Sinto um peso me dizendo o que eu deveria fazer. Reações impulsivas contra soluções longe de mim. Quando olho pro meu dia, vejo que a maior parte dele foi gasta pra limpar os estragos do dia anterior. Nessa vida, não tenho futuro. Tudo que tenho é distração e remorso.

Enterrei meu melhor amigo três dias atrás, e como clichê deixei uma parte minha naquele caixão. Uma parte que eu pouco conhecia. Uma parte que nunca verei de novo.

Todo dia tem um caixão pra os Sons, você abre e vê que está dentro. Você é o único que determina se é um presente ou uma sepultura.


Como disse anteriormente, Jax traz, na minha opinião, o que há de melhor à série, poeticamente e filosoficamente falando. Não percam os próximos posts, pois agora é com ele! Siga-nos nas redes sociais (Facebook, twitter e Instagram) para não perder nada e é claro, fique a vontade para compartilhar e discutir sobre!

Confira os demais posts do ESPECIAL Sons of Anarchy: 

– ESPECIAL: Sons Of Anarchy | As anotações de Jax Teller – 6° Temporada 

E o mais importante:

–  Sons Of Anarchy e Hamlet | Uma analise profunda e comparativa entre as duas obras 

E aí, curtiu?

Escrito por Jefferson Venancius

Escritor, redator, roteirista e músico. https://conde.carrd.co

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

Loading…

0

Game indie da semana | Entrevista – Ninja Pizza Girl

20 filmes que abordam o empoderamento negro na sociedade