Connect with us

Inscreva-se

Resenhas

Nerve: Um Jogo Sem Regras (2016) | Interessante e entediante ao mesmo tempo

Resenha completa e sem spoilers de “Nerve: Um Jogo Sem Regras” (2016), longa que como crítica esbarra num contraste de interesse e tédio.

Nerve: Um Jogo Sem Regras se trata de um longa de gênero suspense/aventura dirigido por Henry Joost e Ariel Schulman, inspirado no romance de mesmo nome distribuído no ano de 2012 e que fora lançado na última quinta-feira, 25 de agosto. Estrelando Emma Roberts e Dave Franco como  protagonistas, o longa gira em torno de um jogo online intitulado Nerve que se resume a “verdade ou consequência”, mas sem envolver o fator de “verdade”. Ou seja, se trata de um jogo em que você é desafiado constantemente.

Explicando rapidamente um dos principais elementos do longa, o jogo Nerve se limita a apenas dois tipos de jogadores, sendo eles os “jogadores” e os “observadores”. A partir do momento que você decide ser um jogador, os observadores passam a desafiá-lo constantemente e de forma cada vez mais intensa, enquanto você vai adquirindo quantias mais elevadas de dinheiro e popularidade em cada desafio realizado com sucesso.

Nerve: Um Jogo Sem Regras (2016) | Contrastantemente interessante e entediante

Venus “Vee” Delmonico é uma colegial que está prestes realizar seu sonho de ir para a universidade, mas que visivelmente possui um comportamento passivo/conformista e de certo receio em se arriscar de vez em quando na vida, o que a impende até mesmo de confrontar sua mãe quanto ao seu sonho de ir para uma universidade longe da sua zona de conforto. Frustrada e entediada de possuir esse comportamento e de ser vista negativamente por tal, Vee decidi participar do jogo e logo seus passos e atos passam a ser realizados por uma comunidade anonima de observadores.

Emma Roberts encaixa perfeitamente em seu papel como Vee, possuindo uma boa atuação e que consegue repassar à audiência, a sina da personagem de alguém passiva, de quem está acomodada demais em sua zona de conforto, mas que também quer ser a fagulha que incendeia uma fogueira. Dentro do exigido pelo o roteiro, a atriz não apresenta algo estupendo, mas também não desaponta ao efetuar uma atuação consistente e agradável.

Nerve: Um Jogo Sem Regras (2016) | Contrastantemente interessante e entediante

Por sua vez, Ian se apresenta a vida de Vee como o tipo de fator “surpresa” e inesperado pela a protagonista, logo já formulando um desenvolvimento cliché de casal amoroso normalmente apresentado em longas semelhantes para o gênero. O ator Dave Franco consegue ter uma atuação consiste e mediana, sem apresentar algo grandioso ou realmente surpreendente, mas conseguindo repassar a importância de seu personagem tanto no roteiro do longa quanto para o desenvolvimento ocorrente de Vee durante o percorrer do longa.

Nerve: Um Jogo Sem Regras (2016) | Contrastantemente interessante e entediante

Os demais personagens secundários possuem visivelmente seus momentos divergentes em tela, apresentando contrastantemente suas respectivas importâncias para o desenvolvimento do roteiro proposto, bem como para com a protagonista. Boa parte de tais personagens submergem aleatoriamente na trama, sem qualquer conexão efetivamente importante para com a audiência, possuindo um certo tipo de ligação com  Vee e sua aventura um tanto quanto “jogada”.

Nerve: Um Jogo Sem Regras (2016) | Contrastantemente interessante e entediante

Nerve: Um Jogo Sem Regras certamente possui uma premissa interessante e inovadora, onde basicamente se apresenta como uma crítica a sociedade atual e a relação com a internet, bem como o poder que o anonimato da era tecnológica proporciona. Entretanto, se de um lado você tem uma premissa certamente atrativa para sua audiência, do outro você tem um roteiro completamente entediante e que não consegue atingir o clímax e/ou a doses de tensões necessárias quando assim exigido.

Ainda que possua uma fotografia agradável acompanhada de um boa trilha sonora (pontos fortes do longa), o roteiro um tem uma pegada mais adolescente, com uma linguagem atual e o típico cliché de casal amoroso, mantém-se fraco em retratar corretamente a intensidade que o contexto da trama exige dos envolvidos, e nem mesmo em seu desfecho a questão moral abordada consegue impactar e atuar de maneira convincente para com o seu público, uma vez que é isso o que se espera de algo que age como uma crítica.

Nerve: Um Jogo Sem Regras (2016) | Contrastantemente interessante e entediante

Certamente Nerve: Um Jogo Sem Regras é um longa atrativo, com uma temática diferente e inovadora, mas que explora erroneamente a tal temática em seu roteiro superficial e sem doses reais de impacto ou adrenalina. Subjetivamente o desenvolvimento do longa ao fim é questionável, podendo até mesmo a ser confuso. Ou seja, assumindo uma postura contrastantemente interessante e entediante, Nerve: Um Jogo Sem Regras pode ser um filme que pode proporcionar entretenimento mediano se você quiser simplesmente assistir algo sem esperar muito dele.

Gostou? Tem mais:

Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

Escrito por

All I hear is doom and gloom. And all is darkness in my room. Through the night your face I see. Baby, come on. Baby, won't you dance with me?

Comentários
Advertisement
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

    Parceiros:

  • xvideos
  • Porno
  • Xvídeos
  • filmes online
  • trechos de músicas
  • Ah Negão
  • xnxx
  • Acompanhantes BH
  • Acompanhantes Belo Horizonte
  • Videos Porno
  • X videos
  • Xvideos Porno
  • Porno Nacional
  • Pornô
  • acompanhantes sp
  • x videos
  • Mr Pornô
  • Xvideo
  • acompanhantes em sp
  • Acompanhantes Campinas
  • xvideos brasil
  • Relatos e Contos Eróticos
  • Filmes Pornô
  • Xvideos Brasileiro
  • ACOMPANHANTES SAO PAULO
  • acompanhantes são paulo
  • Acompanhantes ES

Proibido Ler - Since 2009 - Copyright © 2018 Jawn Theme.

Connect
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.