Connect with us

Inscreva-se

Resenhas

Blindspot | Review do episódio 1×01 – “Pilot”

Review do primeiro episódio da série Blindspot, o novo drama policial da NBC, que estreará no dia 29/09 no Brasil. Leia:

Blindspot é o título de uma das novas séries do canal NBC para 2015. O drama policial criado por Martin Gero (L. A. Complex) e produzido por Greg Berlanti (Arrow, The Flash, The Mysteries of Laura), tem uma premissa recheada de mistério e registrou excelentes 3.1 pontos de audiência – cerca de 10,60 milhões de espectadores – em sua estreia americana.

O elenco foi muito bem escolhido e desde as primeiras imagens promocionais do programa, fica claro que a personagem de Jamie Alexander (Thor, Agentes da SHIELD) é o foco da história. Ao lado dela temos Sullivan Stapleton (300: A Ascenção do Império), Michael Gaston (The Mentalist, The Leftovers), Audrey Esparza (The Americans, The Following), Marianne Jean-Baptiste (Broadchurch, No Limite do Amanhã), Ashley Johnson (Stalker, Drop Dead Diva), Ukweli Roach (The Royals), entre outros.

Blindspot | Review do episódio 1×01 – "Pilot"

Tudo começa quando uma jovem mulher é encontrada dentro de uma mala, nua e com a memória apagada em plena Times Square, Nova York. Seu corpo encontra-se coberto de tatuagens recentes e, ao que tudo indica, este será um trabalho bastante complicado para a polícia. Após alguns exames, conclui-se que sua memória foi alterada por causa de uma droga, e que não há como saber se ela conseguirá lembrar de algo. No entanto, há algo muito misterioso sobre essa mulher, batizada pela polícia com o nome de Jane Doe (Jaimie Alexander), que repentinamente começa a falar dialetos extremamente raros em chinês, bem como apresentar habilidades profissionais de luta corpo-a-corpo. Tudo indica que ela pode ser uma ex-integrante das forças especiais, mesmo que tenha sido apagada de todo e qualquer banco de dados, e as perguntas vão se acumulando.

Blindspot | Review do episódio 1×01 – "Pilot"

As coisas começam a ficar (ainda mais) estranhas quando o nome de Kurt Weller (Sullivan Stapleton), líder de uma equipe de elite do FBI, é encontrado tatuado com destaque nas costas da moça. Logo se descobre que tais tatuagens possuem um significado bastante perturbador: cada uma delas está relacionada a um crime que precisa ser solucionado.

Blindspot | Review do episódio 1×01 – "Pilot"

A publicidade de Blindspot não errou em focar na Jaimie Alexander, pois neste piloto, sua personagem é a mais interessante da história. Stapleton está bem como Agente Weller, mas sua atuação mediana unida com as informações passadas de forma muito rápida, acabam deixando a desejar. O restante do elenco não tem tanto destaque, fazendo seus papéis de forma normal. Se a série seguir o que seu piloto propôs, o público acompanhará Jane Doe na descoberta de seus mistérios, Kurt Weller em sua posição clichê de agente-sério-mandão-do-FBI e a ideia de “um crime por semana” será adotada.

Blindspot | Review do episódio 1×01 – "Pilot"

Blindspot é descrita como a “sucessora” de The Blacklist, mas o que o piloto passa é que a série absorveu muito da outra trama e não consegue se destacar por si mesma. É sempre bom lembrar que um piloto gravado para tentar garantir a encomenda da série é sempre bastante rápido, e tenta apresentar a maior quantidade de informações sobre o roteiro possíveis. Devido a isso que alguns pilotos podem desanimar o espectador, enquanto os demais episódios conseguem conquistá-lo.

Veja também: Blindspot | Imagens promocionais e sinopse do episódio 1×02

Blindspot | Review do episódio 1×01 – "Pilot"

Por isso é injusto julgar Blindspot pelo seu piloto. Assistir o segundo, talvez até o terceiro episódio para definir sua opinião é fundamental. A proposta é legal, a atriz principal é sensacional, o elenco é respeitável e o mistério, se trabalhado da forma correta, tem tudo para apresentar boas reviravoltas. Dê uma chance.

Blindspot estreará no Brasil no dia 29 de setembro, às 22h30, na Warner.


Gostou? Tem mais:

Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

Escrito por

Amo, respiro e me alimento de quadrinhos, acho completamente normal se envolver emocionalmente com personagens de séries e filmes, e já vou avisando: NÃO MEXA COM MEUS HERÓIS!

Comentários
Advertisement
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

    Parceiros:

  • xvideos
  • Videos Porno
  • Xvídeos
  • filmes online
  • Ah Negão
  • xnxx
  • Acompanhantes BH
  • Acompanhantes Belo Horizonte
  • Videos Porno
  • X videos
  • Xvideos Porno
  • Porno Nacional
  • Pornô
  • acompanhantes sp
  • x videos
  • Mr Pornô
  • Xvideo
  • acompanhantes em sp
  • Acompanhantes Campinas
  • xvideos brasil
  • Relatos e Contos Eróticos
  • Filmes Pornô
  • Xvideos Brasileiro
  • ACOMPANHANTES SAO PAULO
  • acompanhantes são paulo
  • Acompanhantes ES

Proibido Ler - Since 2009 - Copyright © 2018 Jawn Theme.

Connect
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.