American Horror Story: Hotel

Review do episódio 5×01 – “Checking In”

American Horror Story voltou de forma triunfante. O público estava preocupado por esta ser a primeira temporada sem a presença de Jessica Lange, o rosto de AHS. Depois todo mundo ficou preocupado quando a presença da cantora Lady Gaga, que entrou em contato com Ryan Murphy para participar da temporada, foi confirmada na série. Quando as informações começaram a serem divulgadas, outra preocupação surgiu, sobre Gaga ser digna ou não do trono deixado por Lange. Felizmente, logo no primeiro episódio desta 5ª temporada, essas preocupações deram lugar à satisfação de ver um elenco ótimo e uma figura feminina de liderança que se destacou por si mesma, sem querer “tomar o lugar” da suprema.

O review a seguir contém spoilers e, mediante aviso, a leitura do mesmo é de total responsabilidade do leitor.

American Horror Story: Hotel | Review do episódio 5×01 – "Checking In"

Este episódio da antologia é ambientado no Hotel Cortez – um lugar maravilhoso, requintado, antigo e cheio de corredores que guardam segredos. Conhecemos o lugar pelos olhos de duas garotas suecas, que rapidamente descobrem um monstro escondido em seu colchão, duas crianças vampiras, sangue por todo lado e Kathy Bates tentando alimentá-las com um cano para fazê-las terem um “gosto melhor”. E tudo isso é apenas uma partezinha minúscula da superfície do iceberg de mistérios que é este Hotel.

American Horror Story: Hotel | Review do episódio 5×01 – "Checking In"

O que me fez aumentar as expectativas para esta temporada (confesso que deixei minhas expectativas no chão exatamente para me surpreender positivamente ou não me decepcionar, já que Coven e Freak Show foram péssimas) foi o quão diferente esta nova história se mostrou em relação às demais. Hotel é muito mais sobre atmosfera do que sobre a história em si. Cenas longas, cenas usando a lente “olho de peixe” e uma sensação surreal, são os pontos que definem este episódio. Nós caminhamos pelos corredores junto aos personagens, com o frio na barriga de não saber o que estará nos esperando ao virar a esquina.

American Horror Story: Hotel | Review do episódio 5×01 – "Checking In"

Mas calma, o episódio também tem história. Logo conhecemos um detetive interpretado por Wes Bentley, que teve o filho sequestrado e o casamento está caminhando para o término. Ao lado dele, um serial killer misterioso que mata suas vítimas de acordo com os 10 Mandamentos e deixou sua cena do crime com uma das imagens mais nojentas e cruéis já mostradas na série: um homem e uma mulher, que estavam traindo seus respectivos pares, castigados. A mulher foi empalada e o homem teve seus olhos e língua arrancados. Seu pênis ainda está dentro da mulher, colado. E a pior parte: ele ainda está vivo.

American Horror Story: Hotel | Review do episódio 5×01 – "Checking In"

Embora seja pesada, esta não é a cena mais perturbadora deste episódio. Um viciado se hospeda no hotel e temos o primeiro vislumbre da maravilhosa Sarah Paulson – que está finalmente interpretando uma vilã, Sally. O que acontece depois é de revirar o estômago até dos mais fortes: Sally atormentando o viciado, enquanto este é estuprado por um demônio que possui uma broca no lugar do pênis. É.

American Horror Story: Hotel | Review do episódio 5×01 – "Checking In"

Tudo isso rola antes de Lady Gaga fazer sua entrada, executando uma cena claramente inspirada no começo do filme “Fome” (2008), ao som de “Tear You Apart”. Gaga é acompanhada pelo ridiculamente lindo Matt Bomer, que foi tão mal aproveitado na temporada anterior, que ganhou um papel de destaque nesta aqui. Ambos convidam um casal aleatório para uma orgia, e após uma sórdida cena de sexo, rasgam as gargantas de seus convidados e bebem seu sangue.

American Horror Story: Hotel | Review do episódio 5×01 – "Checking In"

O plot desta temporada ainda não ficou 100% claro, mas é o primeiro episódio, vamos dar tempo ao tempo. A dúvida que paira em minha mente deste que assisti “Checking In” é sobre quem é o vilão da história. Será a Condessa que bebe sangue e sequestra criancinhas? O serial killer misterioso? São os demônios do Hotel Cortez? Ou será algo que ainda não foi mostrado?

American Horror Story: Hotel | Review do episódio 5×01 – "Checking In"

Há também uma ligação com a 1ª temporada (sim, logo no piloto!), mais mistério, morte, violência e fatos perturbadores. Os outros personagens estão maravilhosos, com destaque para Denis O’Hare como Liz Taylor. O que, aparentemente, diferencia esta temporada das demais, é o fato de não ter – além do personagem de Bentley e sua esposa (interpretada por Chlöe Sevigny) – pessoas verdadeiramente inocentes. Gaga está deslumbrante e calou a boca de todos (incluindo a minha) que duvidaram de sua performance. Se a temporada seguir o ritmo do piloto, será ainda melhor que Asylum, a número 1 no coração dos fãs.


Gostou? Tem mais:

Por Louise


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.