HQ do dia

Action Comics #1: Futures End

Setembro é o mês do futuro na DC Comics. Com isso a maioria dos títulos da editora avança cinco anos no tempo para mostrar a situação de seus protagonistas. EmAction Comics #1: Futures End Action Comics #1: Futures End temos uma pequena história na qual Superman está fora de atividade e estranhamente alguns humanos aparentemente normais começam a manifestar alguns de seus poderes.

O argumento de Sholly Fisch é consistente e apesar de não haver ação aqui, a história é envolta em mistério e expectativa. A origem das manifestações de poder nos humanos é intrigante suficiente para manter a leitura interessante e a HQ tem um tom bem humano e reflexivo. Aqui vemos 3 histórias curtas sobre pessoas normais e o autor consegue sintetizar esses pequenos arcos com um mínimo de páginas, o que mostra bastante habilidade. Sobre Kal-El, se você tem acompanhado Futures End ou leu algum preview amplamente divulgado pela editora, já sabe mais ou menos sua condição atual. Algo de muito ruim acontecerá no Universo DC nos próximos anos e isso obrigará o Super-Homem a se exilar. Aqui o autor não explica o porquê da situação, mas dá algumas pistas e explora o lado humano do Superman.

A arte é uma colaboração irregular entre Pascal Alixe e Vicente Cifuente. Temos cenas muito boas, principalmente na suposta primeira aparição de Donna Troy ( ou não? Mais um mistério) nos Novos 52 e na cena final, mas também temos cenas um pouco “borradas”, apresentando um tipo de traço que não me agrada neste gênero de quadrinhos. De qualquer forma a arte é bem agradável e o roteiro flui bem durante toda esta história.

Action Comics #1: Futures End não é uma revelação. Para quem está louco pra saber porque o Super anda sumido do futuro da DC, esta história é uma pequena decepção. Esta também não é uma história cheia de ação e pancadaria. Apesar disso temos aqui um conto bem escrito e relativamente bem desenhado sobre Superman. Não é uma edição heroica, mas sim contemplativa e meio filosófica sobre a natureza do Super-Homem. Se você estiver acompanhando Action Comics mensalmente e não estiver interessado em “lenga-lenga”não é uma leitura aconselhável.

LEIA MINHA ÚLTIMA RESENHA: HQ do dia | Edge of Spider-Verse #1


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.