HQ do Dia| Orixás-Ikú

Leia em: 3 minutos

Desde sua criação, a série “Orixás” sempre tratou de abordar com respeito e devida atenção a importância da cultura e mitologia africana com qualidade e exatidão. O Brasil tem forte influências em sua cultura como, por exemplo, o candomblé. É  nela que o projeto se apoia desde sua criação em 2011.

“Orixás – Ikú” marca novamente o retorno de Alex Mir no roteiro ao lado de uma equipe de artistas que deixam a belezura de suas identidades em uma arte que apenas cresce com a história. Alex Rodrigues, Caio Majado, Jefferson Costa, Marcel Bartholo, Will, Al Stefano e Omar Viñole fazem parte da criação que soma com ilustração e cor.

HQ do Dia| Orixás-Ikú

Temos 72 páginas que passam como em um piscar de olhos e maneira cordial temos um vislumbre do significado da mitologia africana. A história gira em torno de Ikú, a Morte, a divindade é responsável por guiar os humanos para o além após a morte. Seu trabalho sempre é efetuado com cuidado e atenção apesar dele questionar determinadas ações de seus superiores.

A morte foi criada pelas grandes divindades para eliminar o desejo de imortalidade nos humanos. Um problema parece tomar conta de Ikú: a solidão. A divindade questiona sua existência só em meio a humanidade imensa, porém em um dia ele se apaixona por uma humana. E isso acarreta ações prejudicais que definiram o futuro de Ikú.

Leia mais: A Música da Minha Vida (2019) | A arte como necessidade para viver

HQ do Dia| Orixás-Ikú

Essa é uma das primeiras edições da séria “Orixás” que leio, os próprios organizadores da série separaram cada edição para ter uma história única e separada das outras, o que não atrapalha a oportunidade de aproveitar a história sem precisar depender das edições anteriores. Logo de cara, Alex Mir, seu idealizador deixa claro no roteiro o conhecimento, pesquisa e atenção para apresentar esse mundo para os leitores.

Sempre temos prólogos que trazem um melhor entendimento para o passado de criação dos personagens. Um outro grande ponto positivo é como o roteiro apresenta reviravoltas no decorrer da narrativa transparecendo que existe algo maior, esse cereja do bolo acarreta um dos melhores momentos na história.

Leia mais: HQ do Dia | Cais do Porto 

HQ do Dia| Orixás-Ikú

A abordagem de relacionar as divindades com conflitos semelhantes aos dos humanos é excepcional e toma boas proporções. Os conflitos mentais do personagem trazem um questionamento sobre a solidão não trabalhada e o fato dela ocasionar o aprisionamento pelos demônios mentais do ego em nossas vidas.

A arte transbordada em qualidade para relacionar nossos olhos com a mitologia. Cada um dos artistas presentes deixa registrada sua personalidade nos traços e cores que ajudam a fazer a história ser muito maior em sua profundidade. Justamente porque quando as cores são usadas elas intercalam tons vivos para demonstrar os deuses, os secos e corriqueiros para relacionar a humanidade.

HQ do Dia| Orixás-Ikú

“Orixás – Ikú” deixa claro sua importância no cenário de quadrinhos, respectivamente porque apresenta uma cultura de maneira fácil e atrativa. Sua história cria laços de curiosidade e deixa impressa a qualidade de sua realização.

Se você ficou interessado em ler “Orixás – Ikú”, ela está disponível na Comix e os outros títulos da série também.