in

MTG Arena | ‘Ruas de Nova Capenna’ chega com mecânicas renovadas

Os jogadores de Magic: The Gathering Arena já podem se aventurar pela coleção Ruas de Nova Capenna, que acaba de chegar à versão digital do principal trading card game do mundo acompanhado de novas mecânicas, atualizações no modo competitivo e novidades na forma de comprar boosters virtuais. Ambientado na metrópole de Nova Capenna, a expansão conta com visual inspirado na Art Decó, estilo artístico europeu típico dos anos 1920, foca na história de cinco famílias criminosas que disputam o controle local e conta com 281 cards.

A versão física da coleção será lançada nesta sexta-feira, 29/4, e um vídeo em português com mais detalhes de Nova Capenna no canal oficial do YouTube.

 

Construída por anjos e governada por demônios, Nova Capenna esconde um submundo criminoso por trás de suas festas extravagantes e cidadãos de classe. Neste cenário, cinco grupos rivais se enfrentam pelo controle da produção e fornecimento do “Halo” — uma substância especial que aumenta a magia de quem a consome e causa grande impacto por sua beleza física. Caberá aos planeswalkers Vivien e Elspeth prevenir que o conflito entre as famílias se transforme em uma grande guerra, e os jogadores deverão se aliar a uma das cinco facções tricolores: Obscura, Maestros, Rebiteiros, Cabaretti e Mediadores; cada uma encabeçada por um chefão e representada por mecânicas exclusivas.

Nova Capenna também marca a chegada de três mecânicas ao MTG Arena:

  • Refúgio” — já presente no jogo físico, permite ao jogador escolher um card para ser exilado e ficar ‘escondido’ abaixo daquele que desencadeou a habilidade. Este card poderá ser usado no momento mais oportuno para o jogador.
  • Marcadores de Limiar” – marcadores com novo distintivo de “limiar” que facilita o acompanhamento dos cards que se preocupam com outros. Contam com uma moldura dinâmica que se ilumina gradativamente de acordo com o valor atual e fica completamente acesa quando o limiar é atingido ou excedido.
  • Interações de virar automaticamente – ao virar automaticamente uma carta, o jogador sacrifica uma ficha de ‘Tesouro’ por mana para pagar um custo da habilidade (caso haja um benefício extra por fazer isso).

Além das mecânicas, uma outra novidade de Ruas de Nova Capenna é o formato ‘Explorador’, que se parece com o ‘Construído’, mas sem rotação e mais fiel ao jogo de mesa. Ele usa todos os cards válidos no formato ‘Pioneiro’ que estão disponíveis em MTG Arena e gradativamente deixará de existir justamente para ser chamado apenas de ‘Pioneiro’.

E aí, curtiu?

Escrito por Guta Cundari

Do cinema para o jornalismo. Amante de filmes e games, fã filmes de terror trash e joguitos que duram meses. As Premiações pelo mundo todo que me aguardem e os noobs que sofram.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

Loading…

0

Riot Games anuncia novos planos para os Esports do VALORANT

HyperX dá dicas para usuários configurarem e otimizarem seus microfones