Os 5 melhores filmes do Pelé

Grande Edson Arantes do Nascimento, o Rei do futebol, nosso querido Pelé, uma estrela nos campos, e até hoje lembrado e muito querido por todos os brasileiros. Ídolo no Santos, ídolo na seleção brasileira e também  nas telas do cinema.

Para provar que ele manda bem e historicamente fortaleceu a sétima arte nacional, toma aí os cinco melhores filmes do Rei, afinal, sempre “era melhor ter ido ver o filme do Pelé

 

Pedro Mico (1985)

Uma adaptação da peça de Antônio Callado, Pedro Mico (Pelé) é um malandro carioca que participa do assalto de uma gangue ao apartamento de rico árabe, onde são roubadas valiosas jóias. Mas ele decide ficar com o fruto do roubo, e acaba sendo perseguido por seus cúmplices e pela polícia pelos morros.

Fuga Para a Vitória (1981)

Pelé

Uma importante partida de futebol está para começar! Mais que um jogo, estamos falando de uma guerra. O campo de batalha: um estádio, em Paris, ocupado por forças nazistas. O exército: um time de jogadores profissionais alemães, contra um grupo de prisioneiros de guerra.

O objetivo: mais uma demonstração da superioridade da raça ariana. Para os Aliados, é a única chance de realizarem um incrível e perigoso plano de fuga.

O filme consegue misturar segunda guerra mundial com o esporte mais popular do mundo, não tem como não admirar uma obra dessas.

Bônus: Pelé e Stallone no mesmo filme.

Os Trapalhões e o Rei do Futebol (1986)

Em 1986 os trapalhões se juntaram ao Pelé e vamos falar a real: não tinha como ser melhor.  Na história, os trapalhões trabalham como faxineiros e roupeiros do Independência Futebol Clube. Devido às disputas de poder entre os cartolas, o técnico da equipe é demitido. Por acidente, o escolhido para assumir o cargo é ninguém menos que Renato Aragão, e para surpresa de todos o time começa a vencer seus jogos, o que não agrada a alguns cartolas da equipe. Com a ajuda do repórter esportivo Nascimento (Pelé) e de Aninha, que trabalha no bar do clube, Didi e seus amigos lutam contra a desonestidade dos dirigentes.

A Vitória do Mais Fraco (1983)

Primeiro eu preciso dizer, foi difícil decidir se A Vitória do Mais Fraco (1983) (recebeu o título de A Minor Miracle, na gringa) era um filme ou uma novela mexicana, mas vamos lá. O orfanato Saint Francis está sob ameaça de despejo por parte dos donos do terreno onde se encontra a instituição. E o que fazer para salvar as crianças? Um jogo de futebol beneficente entre as Crianças Pobres vs.  Crianças Riquinhas da cidade.

Porém o padre responsável pelo orfanato, aprendeu a jogar futebol com ninguém mais ninguém menos do que o Rei Pelé.  Não quero dar spoilers de um filme de 1983, mas posso garantir que vocês vão se surpreender com essa história de amor, luta, superação, padre com câncer, Pelé sequestrado e muito mais.

Fique com esse pedaço incrível, dos créditos do filme, onde temos Pelé cantando em inglês.

Os Trombadinhas (1979)

Eu não poderia encerrar esta lista sem falar de um dos melhores filmes que o cinema nacional já viu. Um bem sucedido empresário, que decide modificar a vida das crianças abandonadas que praticam furto em São Paulo – os chamados “trombadinhas”.

Mas a polícia sempre desencoraja, pois dizem que raramente os trombadinhas agem por conta própria e que, no geral, são comandados por marginais de maior idade que exploram a impunidade dos menores para agir. O empresário então entra em contato com o ex-jogador Pelé, que resolve colaborar com a polícia e ajudar a redimir as crianças delinquentes colocando-as em projetos sociais do empresário e outros.  

A partir daí, em uma de suas melhores atuações, Pelé faz de tudo para prender os marginais que comandam os trombadinhas e tirar os menores abandonados das ruas. Se liga:

Veja também: 10 filmes nacionais que mereciam um OSCAR


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2018 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.