in

Mon Mothma | Por que sua presença em Rogue One é tão importante

Ontem o primeiro trailer de Rogue One: Uma História Star Wars, o filme que dará início à nova série de spin-offs produzidos pela Disney com base na franquia Star Wars foi divulgado, e apesar de não ser muito revelador, alguns detalhes foram importantíssimos para os fãs.

Um desses detalhes foi a presença de uma figura importantíssima: Mon Mothma

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (2)

Mon Mothma é uma humana do planeta de Chandrila. Ela serviu como uma importante figura política tendo ascendido ao grau de Senadora Sênior na Velha República. Quando o Senador Palpatine fez seu movimento em direção a Chanceler Supremo, e Imperador posteriormente, Mothma permaneceu uma senadora até o fim, apesar da sua oposição às políticas de Palpatine. Quando as afrontas se tornaram muito difíceis de ignorar, e o debate saiu do piso do Senado até os campos de batalha de mundos distantes, Mothma, ao lado dos também senadores Bail Organa (pai adotivo de Leia) e Garm Bel Iblis, fundou da Aliança para Restauração da República – a Aliança Rebelde. Mon Mothma, então ex-senadora republicana, assumiu a posição de suprema comandante da Aliança Rebelde, que tombou o Império e restabeleceu liberdade para a galáxia.

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (5)
“Aliança para Restauração da República”

NO CINEMA:

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (1)

Interpretada pela atriz Caroline Blakiston, Mon Mothma fez sua primeira aparição no filme “Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi” (1983). Ela trabalha junto com o Almirante Ackbar e é lembrada por dizer friamente a frase “Muitos Bothanos morreram para nos trazer essa informação.” ao falar sobre a reconstrução da Estrela da Morte.

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (2)

Em “Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith” (2005) a personagem foi interpretada pela atriz Genevieve O’Reilly e gravou algumas cenas onde se reúne com o senador Bail Organa e com a senadora Padmé Amidala para discutir sobre o poder crescente de Palpatine.

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (4)mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (1)

Nessas cenas estão as raízes do que, mais tarde, se transformou na Aliança Rebelde, mas infelizmente o excelentíssimo senhor George Lucas preferiu cortá-las do filme, porque queria focar na transformação de Anakin em Darth Vader e, segundo ele, tais cenas poderiam tirar o foco do público.

Recentemente eu escrevi uma matéria com cenas cortadas da trilogia prequel que prejudicaram Padmé, e tais cenas são as mesmas onde Mon Mothma aparece, vale a leitura:

Padmé Amidala | 5 cenas cortadas e como prejudicaram a personagem

Rogue One: Uma História Star Wars:

Embora Rogue One não tenha uma sinopse oficial ainda, sabe-se que a trama será ambientada logo após a fundação do Império Galáctico e acompanhará um grupo de combatentes da Aliança Rebelde, que se reúne para realizar uma missão desesperada: roubar os planos da Estrela da Morte, antes que ela possa ser usada para impor o domínio do imperador e trazer uma nova esperança para a galáxia.

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (7)

Na época que o filme é ambientado – entre o Episódio III: A Vingança dos Sith e o Episódio IV: Uma Nova Esperança – Garm Bel Iblis e Mon Mothma começaram a recrutar secretamente ativistas, planetas e até mesmo sistemas inteiros para a Rebelião. Centenas de pilotos, soldados, técnicos e oficiais que desejavam a derrocada do Império juntaram-se a eles. Durante o crescimento da Rebelião, Bail Organa e sua filha, a Princesa Leia Organa, mantiveram suas posições no Senado Imperial, fornecendo informações importantes para os rebeldes.

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (8)mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (11)mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (10)

No primeiro filme da saga, “Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança” (1977), vimos que a Princesa Leia conseguiu os planos da Estrela da Morte, colocou-os no R2-D2 e o programou para uma missão secreta a Tatooine, antes de ser presa por Darth Vader, lembra?

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (12)

Em “Rogue One: Uma História Star Wars” vamos saber como a Aliança Rebelde roubou esses planos, quem estava envolvido na missão e – com sorte – até possamos ver os planos serem entregues para a Leia. Tudo isso encabeçado por quem? Pela suprema comandante da Aliança Rebelde, Mon Mothma!

mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (3)mon-mothma-por-que-sua-presenca-em-rogue-one-e-tao-importante (4)

Aliás, ela será interpretada por Genevieve O’Reilly! Então mesmo tendo sido cortada da primeira vez, agora ela ganhará a atenção que merece – pelo menos é pelo que eu estou torcendo.

Rogue One: Uma História Star Wars estreia no dia 16 de dezembro de 2016.

E aí, curtiu?

Escrito por Louise

Amo, respiro e me alimento de quadrinhos, acho completamente normal se envolver emocionalmente com personagens de séries e filmes, e já vou avisando: NÃO MEXA COM MEUS HERÓIS!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Novo livro da série Marvel/Novo Século narra o trágico fim de um símbolo americano

Sinfonia da Necrópole terá sessão gratuita no Cemitério da Consolação