O filme bizarro do Dr. Estranho dos anos 70

Caso você ainda não saiba, ou não me segue no twitter pra ver o surto que eu tive (inclusive siga @loucifre), um filme de um dos meus personagens favoritos já tá se preparando pra entrar em produção: Doutor Estranho! Essa semana, meu surto rolou porque foi divulgada a escolha do diretor do longa, que vai ser Scott Derrickson (O Exorcismo de Emily Rose).
scott-derrickson-doctor-strange-director
Pesquisa vai, pesquisa vem… E eu acabei encontrando essa coisa BIZARRA. Em 1978 foi produzido um filme do Dr. Estranho e, puta que pariu, o negócio é muito bosta.

Em 1978, a CBS tinha intenções de lançar uma série do Dr. Estranho. Um piloto/filme de produzido, escrito e dirigido por Philip DeGuere e protagonizado por Peter Hooten.

Sobre o filme:

A maior parte do filme mostra o Dr. Estranho apenas como um médico cuidando de seus pacientes. O que até faz sentido, já que que este era, supostamente, o piloto de uma série de televisão. Bom, o resumo do filme é o seguinte: um demônio vem à Terra e é derrotado por um mago, mas anos depois, o mago tá velho demais pra lutar contra demônios e o bicho volta. O demônio é Morgan Le Fay (???) e chega com sangue nos zóio pra matar o velho.
original_drstrange7
Pra fazer isso, possui o corpo de uma mulher chamada Clea (Eddie Benton) e, de fato, tenta assassinar o velhinho. Dr. Estranho testemunha tudo através de um ~sonho psíquico~.
dr strange 4
A moça acaba no hospital após a possessão e encontra o Dr. Stephen Strange. Clea se apaixona à primeira vista por ele. Na verdade, Morgan Le Fay também se apaixona por ele e resolve poupar sua vida, basicamente, porque Stephen é bonitão. Em poucas palavras: ele é bonito e as mulheres amam ele. Enquanto ele tenta desvendar o mistério em torno dela, o Sr. Lindmer (o mago velhinho) tenta dar explicações sobre magia e convencer Estranho a unir forças contra Morgan Le Fey.
dr strange 5
Só no final rola umas luzes psicodélicas e o Doutor Estranho veste um traje parecido com o que ele usa nos quadrinhos. O diretor DeGuere explicou que até tentou ser fiel aos quadrinhos, mas que aquelas roupas ficam esquisitas em pessoas reais. Aí ele acabou se inspirando no modelo de um gentleman indo à ópera porque “É o único caso na época moderna, em que um homem usaria uma capa”. Tá né.
strange
Independentemente dos cults que possam aparecer pra defender isso, foi um filme péssimo, que não resultou em série nenhuma e o personagem ficou esquecido por 36 anos. Espero que o objetivo agora seja um mago bonitão ainda, mas mais interessante e sem problemas com usar a porra da roupa original das hqs.

Ainda bem que a Marvel tá organizada e fazendo filmes de respeito, porque o passado dos super-heróis na TV e no cinema, é macabro.
ANTES QUE EU ESQUEÇA: tem esse filme completo no youtube, caso você queira assistir. Só não tá legendado, mas clica aí: Dr. Strange – 1978 Movie

Por Louise


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.