Connect with us

Inscreva-se

Resenhas

Heresias, Cigarros e Morte | Resenha – O tarô niilista pós-apocalíptico (SEM SPOILERS!)

Num futuro distópico em que o mundo se divide entre os “bons” e os “maus”, Abraham afunda profundamente na culpa e na saudade em relação ao seu amor perdido. Primeiro livro de Jefferson Pereira, Heresias, Cigarros e Morte é uma viagem turbulenta pela mente deprimida e cansada desse jovem policial. Confira!

No primeiro trabalho de Jefferson Pereira (um dos redatores da casa), nos deparamos com um novelo embaraçado do que parecem ser várias linhas, mas que no final é um único (e longo) fio por onde toda a história é perpassada. O “trabalho” do leitor é puxar as curvas, trazer pedaços do novelo para longe do emaranhado a fim de desfazer a aparente confusão – que se manifesta de maneira técnica e no enredo.

Em cada parte somos apresentados de maneira aparentemente solta a um novo pedaço do todo, que não tem necessariamente uma sequência linear em relação ao trecho anterior e provavelmente não se liga (imediatamente) ao que virá. Conforme se avança na massa de fio, as partes vão se encaixando aos poucos, os nós vão sendo um a um desfeitos em relação aos personagens, quem eles realmente são e o que aconteceu com eles – e a distopia talvez seja um reflexo da dualidade de cada criatura no livro (e vice-versa).

O personagem central é o perturbado Abraham (Abe, para os íntimos), um jovem policial que, dentre suas idas e vindas à terapia, ao plano de suas próprias lembranças e suas andanças pelo mundo real, tenta encontrar com algo que deseja ardentemente: sua morte. No entanto, diante do momento crucial do suicídio, Abe nunca consegue seguir em frente, e ao fazer isso, ele tem de viver mais um dia diante do inferno que é o mundo sem sua falecida amada, Sara. Numa descida sem fim por um mundo sombrio cheio de alucinações e referências, muito do que é realidade é questionado – e ficamos em dúvida se aquilo que vemos é real ou se é um reflexo da decadência do policial.

Heresias, Cigarros e Morte Resenha - O tarô niilista do pós-apocalipse (SEM SPOILERS!) (5)-min

Ao avançar na leitura, percebi um padrão interessante que pode ser levantado em comparação à história e aos personagens: um tarô. Embora não tenha sido proposital, a maneira como tudo se delineia página a página, traz muito dos contornos das lâminas do baralho. Abe parece tirar (e vivenciar) carta após carta, e segue numa espécie de processo determinado em relação a si mesmo e ao mundo (que talvez não passe de um reflexo pessoal).

Ao longo do livro, Abraham, o personagem central, amargurado, desiludido e sempre voltando ao mesmo ponto (ao da solução suicida), vagueia entre O Louco, perdido de maneira alienada no próprio sofrimento, em busca de uma paz que ele não consegue dar a si mesmo (a cada proximidade de tentativa de suicídio, ele volta atrás), nem encontrá-la em qualquer outro lugar (seu grande amor, Sara, que está morta).

Heresias, Cigarros e Morte Resenha - O tarô niilista do pós-apocalipse (SEM SPOILERS!) (1)-min

O Pendurado, disposto a se sacrificar para desfazer a podridão de dentro de si (e talvez ao seu redor), mas sempre com o peso inconstante do Louco. Os Namorados, com a grande carga do amor que perturba Abe com a paz perdida (Sara), e os diversos antagonismos e dualidades com que ele tem de lutar (o paraíso dos “bons”, a podridão dos “maus”; a vida e a Morte; sanidade e insanidade). O prédio do nosso personagem central tem muito da A Torre, um arcano também conhecido como “A casa de deus”, que traz dentro de si a fragilidade da existência, o desmoronamento dos valores humanos e traz uma espécie de ironia com a inexistência divina no mundo – ainda mais do lado “podre” da cidade.

Finalmente temos A Morte, uma personagem real dentro do livro, que traz não tão somente o encontro contínuo de Abraham, mas o significado místico da carta e sua relação com o forte niilismo do enredo: o destino rumo ao nada, o renascimento rumo ao absoluto e o fim necessário – que Abe não encontra definitivamente, mas a toda e cada vez que ele se depara com uma imagem distorcida e alucinada de si mesmo e de suas memórias.

Heresias, Cigarros e Morte Resenha - O tarô niilista do pós-apocalipse (SEM SPOILERS!) (2)-min

O toque herético do livro não vem apenas da possível comparação com o místico, mas com a utilização de passagens e referências bíblicas, que carregam de acidez e ironia o cenário distópico pós-apocalíptico (num apocalipse que pode ser relacionado ao fim do mundo do próprio Abe quando sua amada morre) de um plano dividido entre os bons (merecedores) e os maus, que revelam pouco a pouco não uma podridão moral, mas uma conexão muito maior com a vida do que poderia se imaginar. A cada menção bíblica não pude parar de pensar se era mais u modo de representar o afastamento do próprio Abraham daquilo que era considerado “sagrado” em aceitação ao mundo ao seu redor.

O livro, num enredo transposto do que seria uma HQ, ganhou uma espécie de repaginação diferenciada, na qual o ritmo dos acontecimentos não é mais o dos desenhos nas páginas, mas dos tropeços sem fim de um homem que não para de caminhar rumo à sua própria perdição.

Heresias, Cigarros e Morte Resenha - O tarô niilista do pós-apocalipse (SEM SPOILERS!) (4)-min

Heresias, Cigarros e Morte é o primeiro trabalho de Jefferson, e vale a pena ser conferido com atenção por quem gosta de boas histórias com várias referências, momentos (muito) engraçados, situações que beiram o surreal e de tudo aquilo que desafia a nossa percepção de mundo, bem e mal.

Interessado(a)? Compre o livro autografado pelo autor clicando aqui.

Gostou? Clique aqui para mais resenhas literárias.

Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

Escrito por

26 anos, estudando de relações internacionais, cinéfilo de boteco, figurante de cutscene e maluco por literatura - sofrendo por um TCC e sobrevivendo à crise política. 93!

Comentários
Advertisement
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

    Parceiros:

  • xvideos
  • Porno
  • Xvídeos
  • filmes online
  • trechos de músicas
  • Ah Negão
  • Urso Preto
  • xnxx
  • Acompanhantes BH
  • Acompanhantes Belo Horizonte
  • Videos Porno
  • X videos
  • Xvideos Porno
  • Porno Nacional
  • Pornô
  • acompanhantes sp
  • x videos
  • Mr Pornô
  • Xvideo
  • acompanhantes em sp
  • Acompanhantes Campinas
  • xvideos brasil
  • Relatos e Contos Eróticos
  • Filmes Pornô
  • Xvideos Brasileiro
  • ACOMPANHANTES SAO PAULO
  • acompanhantes são paulo

Proibido Ler - Since 2009 - Copyright © 2018 Jawn Theme.

Connect
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.